O Ministério da Agricultura do Brasil disse nesta segunda-feira ter recebido comunicação sobre a liberação de 25 novos estabelecimentos do país para exportações de carnes ao mercado chinês.

As unidades autorizadas a exportar para a China incluem 17 de carne bovina, seis de carne de frango, uma de carne de porco e uma de carne de asininos, acrescentou a pasta, sem detalhar.

As plantas frigoríficas brasileiras que estão habilitadas a vender carnes para a China foram anunciadas através de comunicado da GACC (órgão de sanidade chinês) enviado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

O número total de plantas habilitadas passa de 64 para 89. As empresas já podem exportar imediatamente. As negociações foram conduzidas pelo Mapa, pelo Ministério das Relações Exteriores e pela Embaixada do Brasil na China.

Em maio, a ministra Tereza Cristina e comitiva viajaram para China e outros países asiáticos com o objetivo ampliarem a venda dos produtos agropecuários brasileiros. Para ver mais conteúdo como esse clique aqui.

Fonte: Notícias Agrícolas | Reuters | MAPA
Foto: Embrapa

Escreva um comentário