Geral

Marketing de serviço

Marcelo Pardini comenta em sua coluna da semana sobre a importância do Marketing de Serviço

Publicado

⠀em

Marketing de serviço

Mix de atividades, vantagens e satisfações que são oferecidas à venda ou proporcionadas em conexão com a comercialização de produtos e préstimos

A cada boa ideia sua, a concorrência ficará no seu pé, afinal, “nada se cria, tudo se copia”. Então, é preciso não estagnar e, sim, sempre inovar, buscar soluções inteligentes e comercialmente rentáveis. Neste sentido, faz-se necessário estabelecer o Marketing para a sua prestação de serviço, apontando as diferenças que o classificam positivamente em relação à concorrência, destacando-o no setor em que atua.

Leia mais:

Marketing de serviço é composto por todas as atividades, vantagens e até mesmo satisfações que são oferecidas à venda ou que são proporcionadas em conexão com a comercialização de mercadorias e préstimos. O consumo é dividido em conveniência (I), escolha (II) e especialidades (III):

(I) O consumidor não quer perder tempo em procurar uma empresa prestadora de serviços; não há diferenças perceptíveis entre os concorrentes.

(II) O consumidor pesquisa preço e características do serviço; há custos diferenciados de acordo com a qualidade e o prestígio da empresa.

(III) Serviços altamente técnicos e especializados.

Melhoramento da marca

  • Alterar crenças sobre a marca e os concorrentes (peso de importância).
  • Chamar atenção sobre atributos negligenciados.
  • Analisar situações de risco e dar total suporte para minimizá-las.
  • Trabalhar maneiras de lidar com a insatisfação.
  • Substituir ideais do comprador.
  • Transformar intenção em ação.

Um novo jogo

  • Mercado mais aberto e competitivo.
  • Estabilidade de preços (facilitar comparações).
  • Consumidor melhor informado.
  • Pressão por lucratividade.

Economia em rede

  • O profissional de Marketing é visto como um jardineiro, uma vez que os clientes ensejam relacionamentos a serem cultivados.
  • A ideia é maximizar o valor vitalício do cliente.
  • Uso da internet para comunicar-se com os consumidores, coletar dados sobre o seu comportamento, segmentar o mercado e contatar potenciais clientes.
  • Objetivo: criar conhecimento, consciência e posicionamento da marca.
  • Entender o comportamento do consumidor, analisando o seu contexto de vida e consumo, antecipando as suas necessidades, oferecendo-lhe alternativas em serviços e produtos que o satisfaçam.

Fonte:
A Bíblia do Marketing, Kotler, Philip; Keller, Kevin Lane (Ed. Pearson Education Brasil, 2012).

E-mail: [email protected] / Instagram: @marcelopardinioficial
Crédito da imagem: Arquivo Pessoal

Mais notícias no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads