Saúde Animal

Aprenda a escolher o médico veterinário certo para o seu haras

Sobretudo, considere sete qualidades antes de contratar um profissional especializado em equinos

Todo proprietário de equinos já passou ou ainda vai passar por uma situação como essa em seu haras: de repente, o seu cavalo passa a apresentar um comportamento incomum. Talvez ele esteja mostrando sinais de cólica. Ou talvez ele tenha sofrido algum tipo de lesão. Não se sabe.

Se a situação for séria o suficiente, você, certamente, pegará o telefone para ligar para o médico veterinário. E fará o apelo: “Por favor, venha agora!”. Mas, antes de mais nada, vale se perguntar se você escolheu a pessoa certa para atender a essa chamada.

Ou, na verdade, você se contentou com o custo mais barato? Isso sem levar em consideração a formação do profissional? Ou até mesmo a adequação às suas necessidades específicas?

Acima de tudo, especialistas garantem que algumas qualidades devem ser consideradas ao selecionar um veterinário. Portanto, para te ajudar nessa escolha separamos sete delas imprescindível. Confira abaixo!

1. Comunicação

Ser capaz de explicar as opções, e as vantagens e desvantagens de determinados caminhos de diagnóstico e tratamento é, certamente, uma das habilidades mais importantes para um médico veterinário ter.

Sendo assim, é necessário que os proprietários se perguntem se seus veterinários entendem suas necessidades. Como, por exemplo, explicam os exames ou procedimentos passo a passo.

Por outro lado, explicam as opções de diagnóstico e tratamento. Ou descrevem os resultados potenciais. E, assim, acompanham e fornecem suporte após a conclusão do trabalho.

Além disso, comunicar-se com um veterinário antes de selecioná-lo para tratar de seu cavalo pode ajudá-lo a descobrir se essa pessoa tem uma filosofia de cuidados semelhante a sua.

2. Experiência

A experiência de um candidato a veterinário pode ser tão importante para você quanto o currículo de um candidato a emprego é para o funcionário de recursos humanos de uma empresa.

Portanto, pergunte-se: onde e quando um veterinário recebeu seu diploma? Quanta experiência ele tem? Ele se especializou em um determinado campo?

Sendo assim, os proprietários podem questionar se esse profissional tem experiência suficiente. Contudo, tenha em mente que se um novo graduado estiver trabalhando ao lado de um clínico experiente, a sinergia resultante pode beneficiar o proprietário do cavalo.

3. Boa equitação

Observe como um veterinário lida com cavalos. Boa equitação deve fazer parte do pacote. O profissional de cavalos deve ser confiante, calmo e altamente eficaz. Afinal, os procedimentos devem ser fáceis e sem problemas.

Nem todo cavalo é fácil de manusear, é claro. Mas o veterinário não deve perder a paciência, mesmo com os difíceis. O profissional deve ser capazes de explicar ao proprietário o que fará para resolver o impasse. E, qualquer que seja a solução, deve parecer fácil e não uma luta épica.

4. Clínica ou particular

Se você deseja um veterinário que trabalhe sozinho ou faça parte de uma clínica maior, é uma escolha pessoal. Você só pode se sentir confortável quando a mesma pessoa vê seu cavalo todas as vezes.

Por outro lado, optar por uma clínica pode dar a você acesso a mais experiência e conhecimento. Isso, certamente, mais do que um somente um profissional pode oferecer.

Afinal, uma clínica conta com mais mãos à obra, os processos são padronizados e mais sustentáveis ​​do que quando uma pessoa tenta fazer tudo 24 horas por dia, 7 dias por semana.

No entanto, o controle de qualidade pode se tornar um problema. Sendo que profissional solitário pode, talvez, compensar as vantagens de clínica indicando clientes a hospitais ou outras instalações de referência.

6. Disponibilidade

Uma desvantagem que os profissionais solitários colocam é a disponibilidade limitada. Embora eles possam superar isso fazendo bons arranjos após o expediente.

Sendo assim, você deve discutir alguns pontos antes com o veterinários. Entre eles: os planos de backup noturnos/finais de semana, independentemente do tipo de prática.

Sobretudo, você deve decidir o quão importante é a disponibilidade. Por exemplo, você pode pensar que deseja o melhor veterinário que atenda a modalidade que você prática. Mas se esse profissional estiver localizado muito longe para ajudar seu cavalo rapidamente em uma emergência, talvez ele não seja a escolha certa.

Seja razoável em suas expectativas, entretanto. “Se o seu veterinário já está cuidando de uma cólica aguda, ele ou ela pode não ser capaz de chegar ao seu celeiro imediatamente após sua chamada”, diz Dwyer. “Às vezes, os proprietários podem esperar que seu único veterinário chegue dentro de duas horas após ligar para as vacinas no meio da semana.”

7. Como eles definem as expectativas

A forma como o seu cavalo responde ao tratamento do veterinário será uma consideração importante na sua seleção. Antes do início do tratamento, você e seu veterinário devem discutir o prognóstico e o que esperar.

“Você pode julgar a qualidade do seu veterinário se você percebe ou não que seu cavalo está ‘consertado’?” pergunta Thal. “Isso se relaciona muito com a expectativa que você tem sobre o que ‘fixo’ significa. Uma parte muito importante do nosso trabalho é gerenciar as expectativas do cliente. Isso inclui explicar quais são as probabilidades e o que procurar em um resultado positivo. ”

Nem todos os desafios de saúde terminam bem, não importa o quão habilidoso seja o veterinário.

Agora é com você!

Por fim, a decisão de qual veterinário contratar é pessoal e complexa. A relação se forma quando ocorre o alinhamento de ideais, filosofias, personalidades e respeito mútuo.

Sendo assim, pense em quais critérios são importantes para você e seu cavalo ao selecionar um veterinário. Peça referências a outros donos de cavalos. Não tenha medo de entrevistar potenciais veterinários.

Você deve se sentir confortável com o veterinário que escolher. Além de ser capaz de se comunicar bem com ele para cumprir o objetivo que ambos têm – apoiar a saúde contínua de seu cavalo.

Fonte: AV Comunicação Equestre e Assessoria de Imprensa
Crédito da foto: Divulgação/Pexels

Veja mais notícias de Saúde Animal no portal Cavalus

X