Prepare-se para saber como reagir se perceber que seu cavalo está nessa situação

 Qualquer cavalo pode estar em risco de cólica. Não discrimina-se raça, sexo ou idade. Esta condição provoca dor abdominal geralmente a partir de gases, grãos em excesso, impactação, consumo de areia, parasitas, etc. É essencial que você saiba o que procurar e como reagir!

1 – Procure por fezes. Se você não vê nenhuma ou pouquíssimas fezes na baia do seu cavalo, você pode ter um problema.

2 – Não espere para ver o que vai acontecer se não consultar seu veterinário. A situação pode piorar consideravelmente com o passar do tempo.

3 – Não permita que seu cavalo tenha acesso a feno, grama ou grãos. A comida pode tornar essa condição ainda mais problemática.

4 – Passeie com seu cavalo para incentivar o movimento do intestino.

5 – Monitore seu cavalo de perto. Eles precisam de sua atenção total ou, no mínimo, a cada 15 a 20 minutos de check-in.

6 – Não permita que o seu cavalo tenha acesso a água até falar com um veterinário.

7 – Chame um veterinário imediatamente.

8 – Meça a temperatura do seu cavalo e verifique sua frequência cardíaca. Você também pode sentir calor nos cascos e rigidez muscular nos posteriores.

9 – Não medique o seu cavalo sem instruções claras do seu veterinário.

10 – Mantenha seu cavalo em uma área onde eles estarão seguros. Uma grande tenda, baia ou redondel.

Uma dica final: nunca subestime a cólica! Pode ser mortal quando não for gerenciada a tempo.

Fonte: Cowgirl Magazine

Escreva um comentário