Saúde Animal

Crioterapia pode ser um método eficaz no tratamento do equino

Uma terapia que usa gelo, o melhor antiinflamatório natural que existe, no tratamento de lesão do equino

O tratamento com gelo – crioterapia – é importante, pois quando utilizado logo no início de uma lesão em um equino não vai evoluir para um processo inflamatório mais grave. Podemos utilizá-la para tratar uma lesão já instalada ou para prevenir lesões em cavalos atletas, por exemplo.

Um equino quando desempenha sua atividade esportiva é submetido ao esforço físico, muitas vezes repetitivo, entre treinos e competições. Dessa forma, tende a apresentar micro lesões em músculos, articulações, ligamentos e tendões. Se ocorrerem com frequência acabarão por originar uma lesão propriamente dita com manifestação clínica.

Uma forma muito eficiente de prevenir que estes cavalos atletas apresentem essas micro lesões é realizar o tratamento preventivo com gelo. A crioterapia pode ser aplicada logo após cada treino intenso ou competição. E ainda, depois do equino ser banhado e secar, através da aplicação de compressas ou bolsas de gelo nos membros. Local do corpo onde ocorrem a maior parte das lesões por esforço no cavalo atleta.

LEIA TAMBÉM

Crioterapia é uma terapia que usa gelo, o melhor antiinflamatório natural que existe, no tratamento de vários tipos de lesões no equino
Game Ready

Tratamento do equino com a crioterapia

A crioterapia com bolsas de gelo em gel é muito eficaz para controle de febre em potros. Quando o cavalo tem o acompanhamento de uma equipe de Fisioterapia Esportiva, realizamos esta terapia como rotina. Utiliza-se um equipamento chamado Game Ready, que realiza a crioterapia e a drenagem linfática, através de botas que transmitem vapor de gelo e pressão controlada para a drenagem e prevenção lesões e edemas de extremidade de membros.

Esse método de tratamento do equino atleta deve ser realizado no mínimo por 30 minutos, pois o tecido leva dez minutos para chegar à temperatura mínima. E os 20 minutos posteriores serão a terapia em si. Desse modo, o tratamento terá uma maior chance de sucesso.

Para casos de animais predispostos ou que já tiveram lesões como tendinites, desmites, problemas de casco, inflamações em articulações como boleto, curvilhão e carpo (joelho) consulte seu veterinário para lhe orientar na melhor forma de se realizar a crioterapia.

Por Vanessa Benetti, Médica Veterinária Horse Care
Crédito das fotos: Horse Care/Arquivo Pessoal

Veja mais artigos de Saúde Animal no portal Cavalus

X