Fique de olho em alguns cuidados básicos essenciais no manejo de medicamentos

Algumas regras devem ser respeitadas para utilização de medicamentos em equinos. Cuidados com o ambiente, equipamentos, produtos, animais e funcionários são fundamentais para que a tarefa seja executada corretamente, proporcionando resultados positivos.

Cuidados com o ambiente

Procure sempre um local plano, calmo e silencioso para realizar a tarefa. Seu animal vai se sentir mais seguro se as condições de trabalho estiverem adequadas.

Cuidados com os medicamentos e suplementos

Verifique se os medicamentos que serão usados estão guardados em local limpo, seco, arejado e ao abrigo da luz e calor; Observe a data de validade do medicamento; Leia atentamente a bula para confirmar a indicação, dose e a via de administração recomendada do produto; Separe em uma bandeja todo o material necessário para a tarefa. É mais prático trabalhar de forma organizada; Descarte as embalagens vazias e o material utilizado em lixo apropriado e determinado pelo local de trabalho.

Cuidados com o animal

Evite acidentes. Contenha o animal adequadamente com cabresto de forma segura ou em tronco apropriado; Pese o animal para calcular a quantidade de medicamento que deve ser utilizada. Utilize a balança de precisão ou fita de pesagem própria para equinos.

Utilização de medicamentos e suplementos via oral

É a administração do medicamento pela boca do animal. Pode ser feita diretamente na boca ou no cocho, misturado na comida. Algumas bisnagas de medicamentos para administração oral já vêm com a quantidade exata para o dia do tratamento marcado na própria seringa; outros vêm com a dose total de tratamento calculada em Kg. Por isso a importância da observação e leitura da bula de todo medicamento a ser administrado em seu animal.

Aplicação de medicamentos injetáveis: injeção intravenosa

Em equinos, a veia jugular (pescoço) é a mais utilizada. Para esta aplicação é importante fazer a limpeza do local que receberá a injeção com algodão e álcool 70%. O garrote deve ser feito com os dedos a 10 cm abaixo do local de aplicação. É importante posicionar a agulha com o bisel (parte cortante) para cima, em um ângulo de 45° com a pele e introduzir delicadamente passando a pele, atingindo a veia.

Antes e após a aplicação é importante limpar o local da injeção com algodão e álcool 70%. Agulhas e seringas são descartáveis. É sempre importante lembrar: siga sempre a prescrição do médico veterinário, a aplicação de medicamentos por conta própria pode ser perigoso para seu animal.

Por Raquel Albernaz
Departamento Técnico Ourofino Saúde Animal

Escreva um comentário