A drenagem linfática (DL) é uma terapia manual, que se fundamenta na estimulação da contração de vasos linfáticos.

O objetivo é o de aumentar o transporte de fluidos linfáticos e, assim, restabelecer a circulação sanguínea no local. Esta terapia tem sido usada para tratar vários tipos de linfedemas (inchaço em membro) e como medida profilática em humanos atletas de alto desempenho.

Quando aplicada corretamente a DL não possui efeitos colaterais, bem como os cavalos toleram bem o procedimento mesmo em áreas doloridas. Ainda, a drenagem linfática não é considerada doping, podendo ser aplicada aos cavalos atletas a qualquer momento.

Geralmente, a DL é feita por um período de 30 minutos, no qual já pode ser observada, visualmente, redução no inchaço (Figura 1) e em imagens termográficas, aumento da temperatura da pele no local, devido a maior circulação sanguínea na região submetida ao procedimento manual (Figura 2).

Contudo, além da eficácia da DL sobre a redução de edema em cavalos, recomenda-se ao animal a realização de exercícios, para o mesmo obter estímulo adicional ao fluxo linfático.

Neste sentido, o melhor andamento para estimular o sistema linfático é o galope, devido a alta pressão negativa intratorácica gerada durante a respiração, ressaltando-se que esta atividade física deve ser realizada antes da drenagem linfática.

Por Profa. Dra. Kátia de Oliveira
Zootenicsta – Fundadora e Diretora Executiva do HorseMove

Escreva um comentário