Estamos em época de temperaturas baixas e temos que decidir um aspecto importante que pode afetar o rendimento do seu animal

Cavalos peludos no inverno. Suando. Em um horário ruim de dar banho. O que você faz? Os cavalos têm sua capa natural de proteção contra o frio que são seus pelos mais crescidos. Muitos cavalos engrossam o pelo no inverno, mas ele tem que trabalhar.

Então ele vai trabalhar e, conforme a seção de trabalho programada para ele, vai suar bastante, como se fosse nós humanos jogando bola de agasalho. Automaticamente, tende a cair de rendimento.

O que podemos fazer? Uma dica é começar a dosar o programa de trabalho que você tem para o cavalo para decidir se continua com ele peludo ou se vai tosquiar. Por exemplo, se um determinado cavalo está com o pelo mais comprido e sua seção de treino terminou perto do final da tarde, onde o sol já está quase se pondo.

O certo seria dar um bom banho nele para tirar o suor antes de guardá-lo na cocheira. Com a temperatura caindo, você vai dar uma ducha em um cavalo peludo, mas do mesmo jeito que ele demora para secar o suor, ele vai demorar para secar do banho.

Não pode ir para a cocheira molhado, de forma alguma. Soltar ele no pasto até secar com a temperatura ambiente abaixo do ideal, também não seria uma boa solução. O risco de cair de rendimento por conta de uma gripe começa a rondar a vida do cavalo.

A melhor solução para um cavalo que trabalha e tem em sua programação os treinos mais para o final do dia é tosquiar o corpo todo. E tirando a proteção natural do corpo dele para o frio, o ideal é deixa-lo aquecido com protetores, capas, peças especializadas para isso.

Para os cavalos que a gente passa máquina, então, duas a três capas no inverno ajuda a resolver a decisão de que precisamos tirar o pelo crescido para que seu rendimento não caísse. Ajuda o cavalo a proteger e assim o ajudamos a render mais no trabalho.

Protegido, ele não se desgasta tanto no momento de trocar calor para se aquecer. Caso ficasse pelulo e você desse um banho nele já com a noite chegando ou deixasse ele secar o suor naturalmente, ele faria um esforço maior para conseguir se aquecer, com maior gasto de energia.

Por Aluisio Marins

Escreva um comentário