Quem trabalha com cavalos está muito acostumado a termos como ‘condicionamento físico’ ou ‘estado geral’, etc.

A parte física de um cavalo, ou seja, a parte externa, que conseguimos enxergar, é sempre mais fácil de ser analisada e é assim que a maioria das pessoas julga um cavalo. Pela beleza e estado geral, ou mesmo por quanto ele agüenta no trabalho. No entanto, existe uma outra parte – a mental, que tem uma importância gigantesca no dia a dia de um cavalo e principalmente nos resultados a serem alcançados seja no trabalho, no esporte ou lazer.

Vejo cavalos lindos, gordos, com pêlos brilhantes e maravilhosos, no entanto completamente estressados, bravos, nervosos, quentes e sem controle. É a parte física em aparente bom estado e a parte mental totalmente destruída. Em compensação, vemos cavalos que crianças montam no final de semana, aceitam o trabalho, fazem tudo o que lhes é solicitado, são cavalos tidos como mansos, bons e eficientes e continuam bonitos como os outros. É a parte mental em dia fazendo com que a parte física entre em dia.

Pensemos nesta semana sobre a parte mental e física do seu cavalo. Um cavalo de aparência lida e bela tem uma saúde mental em dia? E, um cavalo de saúde mental tem a saúde física em dia? Com certeza sim. O mental transforma o físico, enquanto que o excesso de gordura, repelentes, lustra pêlos, etc. podem até deixar seu cavalo bonito, mas não transforma a parte mental. E, para se ter uma parte mental em dia, se faz necessário que estes cavalos tenham uma certeza muito clara: que terão coisas naturais da espécie eqüina e também o que queremos ou precisamos para os nossos cavalos. Equilíbrio – esta é a chave para que seu cavalo tenha uma vida repleta de bons momentos.

Por Aluísio Marins, MV

Foto de chamada: Portal Cavalo Atleta

1 Comentário

  1. What’s Going down i’m new to this, I stumbled upon this I’ve discovered It absolutely useful and it has helped me out loads. I hope to contribute & help other customers like its helped me. Great job.

Escreva um comentário