Cavalo Árabe

Clínica de Hipismo Rural destaca as habilidades do Cavalo Árabe para a prática do esporte

Durante três dias, Jô Bernardino – cavaleiro com mais títulos na modalidade – compartilhou seus conhecimentos com os participantes da Clínica de Hipismo Rural

Publicado

⠀em

Clínica de Hipismo Rural destaca as habilidades do Cavalo Árabe para a prática do esporte

A convite da Associação Brasileira dos Cavaleiros de Hipismo Rural (ABHIR), com o apoio da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA), Jô Bernardino, o cavaleiro com mais títulos no Hipismo Rural, ministrou uma clínica de 02 a 04 de junho, na Hípica Vidotto, em Rio Claro (SP). Na ocasião, ele teve a oportunidade de mostrar um pouco mais das qualidades do Cavalo Árabe para a prática da modalidade.

“Como de costume com os cavalos da raça, os animais que participaram da clínica estiveram o tempo todo com olhar atento, vigor e energia, deixando os cavaleiros e amazonas confiantes e formando conjuntos que saltaram com facilidade, realizaram curvas rápidas e controladas, e deixaram a prática do esporte ainda mais gostosa”, conta o cavaleiro premiado que esteve no comando dos ensinamentos.

No último dia da clínica, os participantes puderam praticar o Cross-Country. “Vimos cavalos muito atentos ao trabalho, enfrentado em um piso irregular buracos, troncos e diversos outros obstáculos naturais com desempenho além do esperado. Dos mais experientes aos atletas com menos tempo de sela, tivemos dias repletos de aprendizagem, superação, confiança e segurança. Só posso agradecer ao Cavalo Árabe e meus parceiros”, finaliza Bernardino.

Sobre a Clínica de Hipismo Rural 

O objetivo da clínica foi proporcionar o aperfeiçoamento dos cavaleiros e amazonas atuais, bem como trazer novos adeptos para a modalidade. Lucas Mondanez, organizador da clínica de Hipismo Rural, cita que novas oportunidades de aprendizados devem ocorrer. “Essa parceria da ABCCA/ANCAF/ABHIR para cursos montados tem de tudo para ser cada vez maior, o cavalo Árabe e o Hipismo Rural são parte da mesma história, e penso que essa tradição deve ser mantida e incentivada”, finaliza.

Por Natália de Oliveira/Agência Cavalus
Fotos: Divulgação
Leia mais notícias aqui.

Cavalo Árabe

RG El Bak vence o Prêmio Versaddo Rach no Jockey Club de São Paulo

Páreo exclusivo do Cavalo Árabe agita tarde de sábado na pista de grama, com a presença de cinco animais da raça em disputa por uma premiação de mais de R$ 7 mil

Publicado

⠀em

RG El Bak vence o Prêmio Versaddo Rach no Jockey Club de São Paulo

Na tarde de sábado (17/02), o Jockey Club de São Paulo foi palco de uma emocionante disputa: o Prêmio Versaddo Rach páreo exclusivo do Cavalo Árabe. Em uma corrida acirrada nos 1.400 metros da pista de grama, cinco animais da raça, com 3 anos ou mais, competiram pelo título e pela bolsa de R$ 7.252,30 em prêmios.

A surpresa veio na reta final, quando RG EL BAK, montado pelo jóquei R. Vianna, fez uma arrancada impressionante pelo lado externo da pista, dominando a corrida nos 200 metros finais e cruzando a linha de chegada com uma condução impecável. O tempo registrado foi de 1:37.143.

RG EL BAK

De criação e propriedade de Claudio Roberto Guimarães Ribas, RG El Bak (filho de RG Karat e Endora) é treinado por Estanislau Petrochinski. Ribas expressou sua felicidade pela vitória, destacando o desempenho do animal e do jóquei: “Foi um páreo bem disputado, pois todos os cavalos estão muito bem preparados. Estamos felizes pela vitória, o El BAK foi muito bem conduzido pelo jóquei R. Vianna. Ele já tem cinco vitórias”.

A corrida foi promovida pelo Jockey Club de São Paulo com o apoio da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA), reforçando o compromisso com o desenvolvimento e promoção das corridas exclusivas da raça.

Para saber mais sobre o mundo do Cavalo Árabe, visite www.abcca.com.br ou siga @abccaarabe nas redes sociais.

Por Natália de Oliveira/Agência Cavalus
Fotos: Divulgação/Jockey Club de São Paulo

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Cavalo Árabe

Brasil fica no top 10 do Enduro Equestre na Arábia Saudita

Competição recebeu representantes de 50 países; montados em cavalos da raça Árabe, brasileiros ficaram com a 6ª e 7ª colocações

Publicado

⠀em

Brasil fica no top 10 do Enduro Equestre na Arábia Saudita

Atletas brasileiros alcançaram um feito inédito na Fursan Cup 2024. O evento foi sediado em Alula, na Arábia Saudita, no dia 11 de fevereiro. Os cavaleiros ficaram no top 10 do Enduro Internacional, pela categoria CEI 3* 160 km, organizada pela Comissão Real para Al Ula (RCU), em colaboração com a Federação Equestre Internacional (FEI) e a Federação Equestre da Arábia Saudita (SAEF).

Mais de 260 cavaleiros de elite, representando 50 países, participaram deste prestigiado evento mundial de Enduro Equestre, estabelecendo um novo recorde no número de nações participantes. Com prêmios que superaram R$ 23 milhões, a Fursan Cup atraiu alguns dos mais talentosos cavaleiros internacionais e foi reconhecida como o Try Out do Mundial de 2026.

O cavaleiro brasileiro Renato Moraes Salvador Silva, montando o animal Puro Sangue Árabe Uzes Trio, ambos representantes do Haras Trio, da cidade de Confins (MG), conquistou o 6º lugar da competição. Seguindo de perto, o conjunto formado por Mônica Pinto Lima Graziano e a égua PSA Proeza do Bom Viver, também se destacou, terminando a prova em 7º lugar.

Salvador descreveu a prova como desafiadora, ressaltando as dificuldades do percurso: “O local é espetacular em termos de belezas naturais, mas a trilha é muito difícil. Normalmente, as provas no deserto são planas. Mas, lá não. Montanha, areião e pedras nas partes mais planas, muita pedra. Daí o grande número de eliminações (42 conjuntos)”, explica o brasileiro.

Brasil é destaque mundial no Enduro Equestre

Renato enfatiza a importância do desempenho brasileiro na competição da Arábia Saudita, ressaltando a presença de 50 países e renomados cavaleiros. “Fiquei feliz com a colocação, comprovando que o trabalho que estamos fazendo está dando resultados. Trabalho de equipe sempre. O cavalo está em Dubai sob os cuidados e treinamento de Mônica Graziano e Mário Castro”.

Para o cavaleiro, Uzes Trio é um destaque das pistas de Enduro, contribuindo para promover o cavalo Árabe brasileiro globalmente. “O desempenho dos cavaleiros brasileiros nesta competição internacional evidencia o crescimento e a competitividade do Enduro Equestre no Brasil, além de reforçar a qualidade e o potencial dos cavalos da raça Árabe criados no país”, finaliza.

Para mais informações sobre o cavalo Árabe, acesse www.abcca.com.br ou siga a Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA) nas redes sociais: @abccaarabe.

Por Natália de Oliveira/Agência Cavalus
Fotos: Reprodução/Internet

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Cavalo Árabe

Estreante conquista vitória emocionante em corrida exclusiva do Cavalo Árabe

Após triunfar em corridas com outras quatro raças equinas, Eduardo Iared celebra sua primeira vitória nos páreos exclusivos de animais Árabes

Publicado

⠀em

Estreante conquista vitória emocionante em corrida exclusiva do Cavalo Árabe

O Jockey Club de São Paulo foi o palco de uma corrida marcante. Estreando nos páreos exclusivos de cavalos Árabes, o proprietário Eduardo Iared viu seu animal, Gulliver Rach, conquistar uma vitória emocionante durante o Prêmio Passionaddo Rach. Montado por W. Ariel, o animal conquistou o primeiro lugar com uma margem estreita, ultrapassando RG Era por um pescoço de vantagem.

Eduardo Iared, veterano no universo do turfe, expressou sua satisfação com a vitória. “Sou apaixonado por cavalo e crio desde pequeno. Já havia vencido corridas com outras quatro raças equinas, mas sempre pensava que ainda ganharia na raça Árabe. Essa vitória foi provavelmente a mais emocionante que já tive entre as cinco raças. Foi uma corrida muito disputada, cabeça a cabeça até o final”.

Desde o retorno das corridas da raça Árabe ao hipódromo de Cidade Jardim, na capital paulista, Iared acompanha com grande entusiasmo. Ele enfatiza: “Ao começar a participar com o animal Gulliver Rach, me encantei. É uma raça linda, as corridas são muito bem organizadas e fui muito bem recepcionado pela organização do evento”

Por fim, o proprietário de Gulliver Rach faz questão de agradecer a dois apaixonados pela raça que o ajudaram muito nesta conquista: “o Ricardo Saliba e o Bruno, presidente da Ancaf (Associação Nacional do Cavalo Árabe Funcional). Espero que essa vitória seja a minha primeira de muitas na raça”, pontuou.

Corrida do Prêmio Passionaddo Rach

O Prêmio Passionaddo Rach aconteceu em uma tarde de sábado (10/02), cheia de emoção, no Jockey Club de São Paulo. Com uma premiação total de R$ 5.610,00 em disputa, cinco animais de três anos ou mais, sem vitórias anteriores, se enfrentaram em uma pista de grama de 1.200 metros.

O exemplar da raça, Gulliver Rach, montado por W. Ariel, conquistou o primeiro lugar ao cruzar a faixa final em 1:22.447, um pescoço à frente de RG ERA, com T. Silveira no dorso, que ficou em segundo lugar com o tempo de 1:22.502. Vivina Rach e I. Silva completaram o pódio, chegando em terceiro lugar com o tempo de 1:23.189.

Gulliver Rach, filho de Bismarck Rach e Guinevere Rach, foi treinado por E. Petrochinski. O animal é de criação do Rach Stud e de propriedade de Eduardo Iared. A corrida foi promovida pelo Jockey Club de São Paulo com o apoio da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA), reforçando o compromisso com o desenvolvimento e promoção das corridas exclusivas da raça.

Para saber mais informações sobre o Cavalo Árabe, visite www.abcca.com.br ou siga @abccaarabe nas redes sociais.

Por Natália de Oliveira/Agência Cavalus
Fotos: Divulgação/Ricardo Saliba

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Cavalo Árabe

ABCCA anuncia premiação de mais de R$ 60 mil aos melhores do Ranking de Enduro 2023

Prêmio em dinheiro é resultado dos fundos arrecadados durante leilão dedicado ao fomento do esporte; os cinco melhores cavalos da temporada 2023, bem como os melhores cavaleiros e amazonas, em 17 categorias distintas, receberão a premiação

Publicado

⠀em

ABCCA anuncia premiação de mais de R$ 60 mil aos melhores do Ranking de Enduro 2023

A Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA) anuncia a distribuição expressiva de mais de R$ 60 mil em prêmios, reconhecendo os melhores do Ranking de Enduro 2023. A premiação em dinheiro contempla os cinco cavalos mais destacados e os melhores cavaleiros e amazonas, em 17 categorias diversas, marcando uma temporada de excelência e competição acirrada do esporte.

Ricardo Jamil Saliba, vice-presidente de Provas da ABCCA, explica que esta premiação é resultado do valor arrecadado durante o Leilão de Coberturas de Enduro, promovido no ano de 2022. No evento, os lotes vendidos foram doados pelos criadores para a ABCCA com o objetivo de ajudar no fomento do esporte no Brasil.

“Dessa forma, uma parte do valor arrecado foi destinada à aquisição de troféus da ABCCA, que foram distribuídos durante as provas da modalidade, e a outra parte voltada para premiar os melhores cavaleiros, amazonas e cavalos da temporada”, pontua Saliba sobre o Ranking ABCCA de Enduro, considerada a maior premiação em dinheiro da modalidade até o momento.

O vice-presidente de Provas da ABCCA enfatiza a importância dessa premiação como resultado da união dos criadores de Cavalo Árabe de Enduro dentro da ABCCA. “O ponto que eu considero mais importante de tudo é união dos criadores de Cavalo Árabe de Enduro, em promover o leilão e arrecadar fundos para o próprio esporte. Isso mostra que nós temos um grande núcleo hoje de enduristas e de criadores da modalidade dentro da ABCCA”.

Importância do Ranking ABCCA de Enduro

Em 2023, a ABCCA também realizou o Leilão de Coberturas de Enduro, mas com a inclusão da doação de óvulos, resultando em uma arrecadação ainda maior para a modalidade, totalizando cerca de R$ 80 mil. Este valor será utilizado para premiar os melhores cavaleiros e cavalos da temporada 2024 de Enduro.

“O ranking, em sua essência, é aberto a todos os cavaleiros que montam cavalos Árabes registrados. Além disso, proporcionamos um prêmio extra para aqueles que participaram efetivamente do leilão, adicionando um incentivo adicional ao cenário competitivo”, acrescenta Saliba.

Mais do que uma premiação, um banco de dados

O Ranking de Enduro, existente desde 2005, mas integrado à ABCCA a partir de 2009, não apenas premia os melhores, mas também serve como um valioso banco de dados para os enduristas, auxiliando na consulta e pesquisa de resultados e linhagens.

“Essa premiação ajuda muito para quem gosta de criar cavalos, porque pontua as melhores matrizes e os melhores reprodutores. Oferece uma base técnica muito boa, de consulta e pesquisa. O Enduro consome muitos animais Áabes, e premiações como essa contribuem para o desenvolvimento do mercado, destacando a importância da raça na modalidade”, finaliza o vice-presidente de Provas da ABCCA.

Para mais informações sobre o cavalo Árabe, visite www.abcca.com.br ou siga @abccaarabe nas redes sociais.

Por Natália de Oliveira/Agência Cavalus
Fotos: Divulgação/ABCCA

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Cavalo Árabe

Potranca brasileira conquista ‘medalha de ouro’ em exposição da raça Árabe na Arábia Saudita

Shahbrys HVP, de criação do HVP Arabians, obteve nota recorde de 93.8 na exposição de Psaiahf em Riyadh

Publicado

⠀em

Potranca brasileira conquista ‘medalha de ouro’ em exposição da raça Árabe na Arábia Saudita

A excelência da criação brasileira de Cavalo Árabe alcançou um feito histórico durante a exposição de Psaiahf, realizada em Riyadh, na Arábia Saudita. A potranca Shahbrys HVP, originária do HVP Arabians, de Indaiatuba (SP), destacou-se ao obter uma extraordinária nota de 93.8, conquistando o posto de pontuação mais alto entre todos os animais apresentados no evento.

Medalha Ouro Potranca

No tão aguardado campeonato, realizado no fim de semana de 27 e 28 de janeiro, Shahbrys HVP não apenas justificou sua pontuação, mas também conquistou a cobiçada medalha de Ouro na categoria Potranca. O pai de Shahbrys HVP, o cavalo brasileiro Royal Asad, também deixou sua marca ao ser reconhecido como o genitor dos Campeões Júnior Macho Ouro e Campeão Potro Ouro do evento.

Ainda entre os campeões da exposição da raça Árabe na Arábia Saudita, destacou-se o descendente da égua brasileira Scandall Mirage TGS, oriunda do Haras TGS, de Anápolis (GO). Shakar Pegasus e Meteor Arabco, outros representantes brasileiros no evento, também marcaram presença e promoveram disputas intensas na categoria dos machos adultos.

A presença dos animais nascidos no Brasil não foi apenas notável, mas também frutífera, com diversos brasileiros tendo sua prole premiada, incluindo nomes como RFI Farid, Bint Seduction HBV, Dasha Arabco, Delight’s Divah RB, Donna Bella HBV e La Fleur Carol.

Finalmente vale destacar que a exposição contou com a avaliação de 10 juízes, entre os quais o brasileiro Zico Guardia, solidificando a presença e o reconhecimento internacional dos profissionais do cavalo Árabe do Brasil.

Para mais informações sobre a criação nacional do cavalo Árabe, visite www.abcca.com.br ou siga @abccaarabe nas redes sociais.

Por Natália de Oliveira/Agência Cavalus
Fotos: Divulgação/Ewa Imielska-Hebda

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Cavalo Árabe

Passionaddo Rach garante a segunda vitória na temporada 2024 de corridas do Cavalo Árabe

Conduzido por I.Silva, o cavalo conquistou venceu o Prêmio Clapton AJR nos 1.400 metros da pista de areia do Jockey Club de São Paulo

Publicado

⠀em

Passionaddo Rach garante a segunda vitória na temporada 2024 de corridas do Cavalo Árabe

O Jockey Club de São Paulo foi palco na quinta-feira (25/01) da segunda corrida da temporada 2024 do Cavalo Árabe, o Prêmio Clapton AJR. A competição, disputada por seis animais da raça, entre machos e fêmeas de 3 anos ou mais, promoveu uma emocionante disputa nos 1.400 metros da pista de areia, distribuindo mais de R$ 6 mil em prêmios.

Novamente, o grande destaque da corrida foi o cavalo Passionaddo Rach, conduzido pelo jóquei I.Silva. Depois de vencer a primeira corrida da temporada, o Prêmio Cláudio Ângelo dos Santos, a dupla voltou a apresentar uma atuação impecável e cruzou a linha de chegada em primeiro lugar, completando o percurso em 1:41.135.

A vitória foi consolidada com uma vantagem de mais de três corpos em relação ao segundo colocado, a égua Normandia Rach, seguido de RG EL BAK, no terceiro posto. A corrida foi promovida pelo Jockey Club de São Paulo com o apoio da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA).

Mais informações sobre Passionaddo Rach

Passionaddo Rach, proveniente de uma linhagem campeã em pista, é filho de Atentaddo VE, que acumula oito vitórias, e de Passion Rach, coroada com três triunfos, incluindo uma vitória em uma corrida do Grupo Um, a mais prestigiosa do Brasil até o momento, superando até mesmo competidores do sexo masculino.

O exemplar é fruto da criação e propriedade do Rach Stud, sendo confiado aos cuidados do treinador Lucas Quintana. Saliba, ao comentar sobre o feito, destaca a satisfação ao testemunhar a criteriosa seleção para corridas, incorporando tanto sangues novos importados quanto aqueles já consagrados no Brasil.

Para mais informações sobre o cavalo Árabe, visite www.abcca.com.br ou siga @abccaarabe nas redes sociais.

Por Natália de Oliveira/Agência Cavalus
Fotos: Divulgação/JCSP

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Cavalo Árabe

Francisco Carrasco assume a presidência da ABCCA e traça planos para o futuro do Cavalo Árabe

Após dois mandatos sob a liderança de Rodrigo Foz Forte, a Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe passa o comando para Francisco Carrasco, que já delineia seus planos para dar continuidade ao legado e fortalecer a raça

Publicado

⠀em

Francisco Carrasco assume a presidência da ABCCA e traça planos para o futuro do Cavalo Árabe

Em uma Assembleia Geral Ordinária realizada na segunda-feira (22/01), na sede da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA) em São Paulo (SP), Francisco Carrasco, conhecido como Paquito, assumiu a presidência da entidade para o biênio 2024/2025. Após uma gestão marcada por desafios, Rodrigo Foz Forte passou o bastão, e agora Carrasco assume a responsabilidade de dar continuidade aos projetos e objetivos estabelecidos nos últimos anos.

O novo presidente destacou que sua gestão será uma continuação do trabalho realizado por Rodrigo Forte, do qual ele fez parte da diretoria como vice-presidente de Exposições. “Há quatro anos, iniciamos um projeto para fortalecer o Cavalo Árabe montado. Infelizmente, nos dois primeiros anos da gestão do Rodrigo enfrentamos a pandemia da Covid-19, que assombrou o mundo inteiro. No entanto, mesmo diante desse desafio global, conseguimos realizar esse trabalho e percebemos que o cavalo montado está sendo mais valorizado. Queremos, então, dar continuidade a essa trajetória”.

Francisco Carrasco, novo presidente da ABCCA

Carrasco enfatizou que a ABCCA seguirá incentivando as exposições de Halter pelo Brasil, que é a principal modalidade disputada atualmente pelo Cavalo Árabe, mas que o foco dos trabalhos será o fortalecimento do Cavalo Árabe de esporte. “Para isso, precisamos cada vez mais aumentar a quantidade de usuários do Cavalo Árabe de sela e promover a sua participação em diversas modalidades em todo o Brasil. Acreditamos que conquistar esse espaço é de extrema importância”.

Principais desafios na presidência da ABCCA e reconhecimento internacional

O presidente reconhece o desafio econômico que o país enfrenta e destaca a necessidade de aquecer o mercado para impulsionar o consumo em atividades esportivas, incluindo a criação e utilização de cavalos. “O principal desafio da minha gestão, sem dúvidas, é a situação econômica do país, que desde a crise de 2015, não anda. Depois, tivemos ainda a pandemia e, desde então, está tudo meio travado. Então, o maior desafio não é nem nosso, seria do governo. Seria de aquecer o mercado para as pessoas poderem consumir mais em esporte, em atividade e no próprio cavalo”, pontua.

Quanto ao reconhecimento internacional do Cavalo Árabe brasileiro, Carrasco salientou que a criação nacional é respeitada mundialmente. “Os nossos cavalos são reconhecidos no mundo inteiro, tanto ganhando exposições, como ganhando também colocações boas em provas de Enduro, quanto também como reprodutores e reprodutoras. Então, nossa criação é muito conceituada no mundo inteiro”.

Para o futuro, ele expressou intenções de organizar eventos em colaboração com nações árabes, incluindo os Emirados Árabes e o Qatar. No entanto, é crucial superar desafios, como a prevalência endêmica do mormo em algumas regiões, para viabilizar a realização de eventos internacionais no Brasil.

“Estamos dedicando esforços para solucionar esse desafio e avaliar a realização de um evento, mesmo que isso envolva a necessidade de uma quarentena específica para o ocorrido. Estamos empenhados nesse trabalho, pois acreditamos que seria extraordinário ter um evento internacional com a participação de árabes, europeus e americanos aqui no Brasil, promovendo uma experiência conjunta. Isso se justifica, pois em nossas competições nacionais já observamos uma expressiva presença de participantes estrangeiros”, finaliza Carrasco.

O novo presidente se mostra otimista em seguir trabalhando em prol da valorização do Cavalo Árabe, especialmente o montado, visando expandir a presença da raça devido à sua destacada versatilidade e beleza. Para obter mais informações sobre a raça, visite www.abcca.com.br e acompanhe a ABCCA nas redes sociais através do @abccaarabe.

Por Natália de Oliveira/Agência Cavalus
Fotos: Divulgação/ABCCA

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Cavalo Árabe

Criação nacional de Cavalo Árabe segue em ascensão nas exposições internacionais

Animais de origem brasileira, e que foram exportados para outros países, obtiveram conquistas impressionantes em eventos da raça no Qatar

Publicado

⠀em

Criação nacional de Cavalo Árabe segue em ascensão nas exposições internacionais

O Brasil segue mantendo o seu lugar de destaque no cenário internacional do Cavalo Árabe, com recentes vitórias de animais de origem brasileira, em duas prestigiadas exposições realizadas em Doha, no Qatar. De acordo com Luiz Antonio Rocco, criador e juiz da raça, já são mais de duas décadas de sucesso da criação nacional do Cavalo Árabe no exterior. “Inicialmente, nas exposições norte-americanas. Depois, a partir da virada do século, nas mostras da Europa e, na sequência, nos países do Oriente Médio”.

Rocco destaca que, embora o volume anual de exportações não seja muito alto, a qualidade dos animais brasileiros da raça Árabe garante uma presença consistente no cenário internacional. “É compreensível que os compradores busquem incessantemente o que há de melhor aqui, então estamos sempre bem representados”, afirma Rocco.

O criador e juiz reforça ainda a vantagem competitiva do Brasil, mesmo com um número anual de nascimentos relativamente moderado. “Apesar de não termos uma quantidade expressiva de nascimentos anuais, ainda assim registramos mais animais do que a maioria dos países, o que nos confere essa vantagem ao apresentarmos nossa criação aos criadores de fora”, pontua.

Além disso, ele ressalta o crescimento competitivo internacional e o aprimoramento constante na qualidade dos animais. O que confere ao Brasil, através dos resultados dos cavalos nacionais nas competições, destaque no cenário global da raça. “Tenho julgado extensivamente no exterior e percebo um aumento na qualidade dos equinos, tornando a competição cada vez mais acirrada”.

Resultados da criação nacional do Cavalo Árabe em Doha

Entre os dias 05 e 07 de janeiro, na Doha International Arabian Horse Show, a égua Aysha EV, de criação do Haras Estância do Vale, de Cuiabá (MT), conquistou o cobiçado título de Campeã Júnior Fêmea Prata, enfrentando a concorrência de 70 potras

apresenção de Aysha EV

Na mesma exposição, TM Galileah, de criação do Haras Trindade de Minas, de Nova Serrana (MG), assegurou o segundo lugar na categoria de éguas de 7 a 10 anos, enquanto o título do Campeonato Égua foi conquistado por D Fala, neta de Clio Fiera Branca, criada pelo Haras Clio, de Limeira (SP).

apresentação de TM Galileah

Posteriormente, entre 13 e 15 de janeiro, na Souq Waqif International Arabian Horse Show, TM Ipanema, também de criação do Haras Trindade de Minas, e Lady Lolita SPO, de criação do Haras Sete Flores, de Pilar do Sul (SP), conquistaram, respectivamente, Ouro e Prata entre mais de 50 potrancas.

apresentação de TM Ipanema

O pódio da Souq Waqif International Arabian Horse Show ficou ainda mais completo com uma filha do cavalo brasileiro Jyar Meia Lua, de criação do extinto Haras Meia Lua, de Sorocaba (SP), arrematando a medalha de bronze.

apresentação de Lady Lolita SPO

A impressionante performance da criação brasileira na exposição se estendeu à progênie premiada de outros equinos nascidos no Brasil, incluindo RFI Farid, Parys K, Laman HVP, Nirah Meia Lua e Jaipur El Perseus. Esses resultados evidenciam o legado genético incomparável, caracterizado pela elegância e força do Cavalo Árabe brasileiro.

Por Natália de Oliveira/Agência Cavalus
Fotos: Reprodução/ArabianEssence

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Cavalo Árabe

Passionaddo Rach vence páreo na abertura da temporada 2024 de corridas do cavalo Árabe

Em uma emocionante corrida no Jockey Club de São Paulo, o cavalo de criação do Rach Stud conquistou o primeiro lugar nos 1.200m da pista de areia

Publicado

⠀em

Passionaddo Rach vence páreo na abertura da temporada 2024 de corridas do cavalo Árabe

No último sábado (13/01), o Jockey Club de São Paulo foi palco da aguardada abertura da temporada 2024 de corridas do cavalo Árabe. O destaque da competição foi o Prêmio Cláudio Ângelo dos Santos, onde seis animais da raça, incluindo machos e fêmeas de 3 anos ou mais, sem vitórias, disputaram uma premiação total superior a R$ 5 mil.

O vencedor da abertura da temporada 2024 foi Passionaddo Rach, montado pelo jóquei I. Silva, que cruzou a linha de chegada dos 1.200m na pista de areia no tempo de 1:27.401, deixando RG ERA, com T. Silveira, na segunda colocação, seguido por VIVINA RACH e J. Bispo.

Veja o replay do páreo que foi a abertura da temporada 2024 no link a seguir: https://youtu.be/PEVgwHUSugs

Comprovação genética na abertura da temporada 2024 de corridas do cavalo Árabe

O cavalo vitorioso do Prêmio Cláudio Ângelo dos Santos é de criação e propriedade do Rach Stud, e foi treinado para o páreo por Lucas Quintana. Passionaddo Rach é filho de Atentado VE, com oito vitórias, e Passion Rach, que conquistou três vitórias, incluindo a corrida de grupo um, a mais importante do Brasil até hoje, vencendo inclusive machos.

Ricardo Saliba, do Rach Stud, enfatiza a “satisfação ao ver a seleção cuidadosa para corridas, tanto com sangues novos importados quanto com sangue já comprovados no Brasil, resultando em filhos de animais que se destacaram nas corridas e agora comprovam sua valia como reprodutores”.

A competição, promovida pelo Jockey Club de São Paulo com o apoio da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA), distribuiu uma bolsa superior a R$ 5 mil.

Homenagem a Cláudio Ângelo dos Santos

A corrida de sábado não foi apenas uma competição, mas também uma homenagem especial a Cláudio Ângelo dos Santos, gerente executivo da ABCCA. Afinal, ele celebra neste mês 60 anos de idade, dedicando pelo menos 30 deles à raça Árabe.

Desta forma, o evento contou com a presença de Santos acompanhado de amigos e familiares. Ao término do evento, ele agradeceu pela homenagem.

“É com grande felicidade e profunda honra que recebo essa homenagem. Meus mais sinceros agradecimentos à Diretoria da ABCCA pelo reconhecimento. Podem contar sempre com o meu comprometimento e dedicação em prol do Cavalo Árabe”.

Para mais informações sobre o cavalo Árabe, visite www.abcca.com.br ou siga @abccaarabe nas redes sociais.

Por Natália de Oliveira/Agência Cavalus
Fotos: Divulgação/Jockey Club de São Paulo

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Cavalo Árabe

Cavalo Árabe abre ‘Temporada 2024 de Corridas’ no Brasil

Associação da raça destaca a entrada de novos animais em treinamento na modalidade, apontando para uma temporada promissora

Publicado

⠀em

Cavalo Árabe abre ‘Temporada 2024 de Corridas’ no Brasil

A Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA) está em contagem regressiva para abertura da temporada 2024 de corridas exclusivas da raça, no Jockey Club de São Paulo. Ricardo Saliba, vice-presidente de Provas da entidade, revela que a expectativa é alta para as disputas, especialmente em decorrência da entrada de novos animais da raça Árabe em treinamento no Hipódromo de Cidade Jardim, desde o semestre passado.

“É a oportunidade para esses animais que entraram mais tarde no Jockey Club de São Paulo se destacarem. Em breve, teremos mais uma outra leva de novos animais iniciando na Corrida, de vários criadores que estão começando. Então, a expectativa é animadora, veremos pedigrees e gerações novas em pista”, ressalta Saliba.

Em breve, a ABCCA divulgará o calendário completo das corridas exclusivas da raça no Jockey Club de São Paulo, com detalhes sobre os grandes prêmios. Adicionalmente, serão revelados os montantes das premiações, resultado do apoio de patrocinadores dos Emirados Árabes Unidos que identificam no Brasil um cenário promissor para as corridas de cavalos Árabes.

Primeira Corrida da temporada 2024

Neste sábado (13/01), às 13h30, o Jockey Club de São Paulo sedia a primeira corrida da temporada 2024 do cavalo Árabe. O Prêmio Cláudio Ângelo dos Santos, com disputa nos 1.200 metros da pista de areia, promete emoções intensas.

Animais da raça Árabe, incluindo machos e fêmeas de 3 anos ou mais (sem vitórias), competirão por uma premiação superior a R$ 5 mil. Saliba explica que o primeiro trimestre da temporada 2024 de corridas do cavalo Árabe será voltado para a valorização dos cavalos iniciantes. “Agora é a vez dos cavalos novatos demonstrarem seu potencial na modalidade”, declara.

Homenagem a Cláudio Ângelo dos Santos

A corrida de sábado presta uma homenagem especial a Cláudio Ângelo dos Santos, gerente da ABCCA, que celebra seus 60 anos de idade, com, pelo menos, 30 deles dedicados à raça Árabe. Saliba faz questão de elogiar o empenho de Cláudio: “Ele é mais do que um profissional; é um verdadeiro entusiasta da raça”.

Cláudio Ângelo dos Santos, gerente da ABCCA há mais de três décadas, será homenageado no primeiro páreo da temporada 2024 de corridas do cavalo Árabe/Divulgação ABCCA

O Prêmio Cláudio Ângelo dos Santos será transmitida ao vivo pelo canal do YouTube do Jockey Club de São Paulo, permitindo que os amantes do cavalo Árabe, de todo o país, acompanhem as emoções da competição. Para mais detalhes, visite www.abcca.com.br ou siga @abccaarabe nas redes sociais.

Serviço

Prêmio Cláudio Ângelo dos Santos
Data: 13 de janeiro de 2024
Horário: 13h30
Local: Jockey Club de São Paulo
Transmissão ao vivo pela internet: https://www.youtube.com/user/JockeyClubdeSP

Por Natália de Oliveira/Agência Cavalus
Fotos: Divulgação/Porfírio Menezes

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo