Moda

A calça flare tem origem no século 19

Quer acertar nesse look? Use salto alto e aposte também em blusas mais sequinhas até altura do osso da bacia ou por dentro da calça

Sem dúvida, a calça flare é uma tendência entre as fashionistas de plantão. Também chamada de ‘boca de sino’, essa calça possui modelagem justa no quadril e na coxa, em seguida começa a se alargar em formato de sino a partir do joelho.

A história conta, sobretudo, que no início do século 19, quando ainda não existia um uniforme padronizado na Marinha dos Estados Unidos, alguns marinheiros adotaram um estilo de calças largas, terminando em punhos em forma de sino.

Assim, em 1960 esse estilo de calça, hoje chamada de flare, virou moda entre homens e mulheres. Podem ser feitas de qualquer tecido, contudo o jeans é a escolha principal. Foi nos anos 70 que a cantora Cher adotou esse estilo e popularizou a peça.

Perdeu a força durante alguns anos, entretanto voltou a ser moda nos anos 90 e 2000. A principio como boot-cut. Em 1999, os jeans flare estavam em voga entre as mulheres.

Como combinar? Os especialistas indicam que a calça flare deve ser usada com salto. Não só sandálias, de salto fino ou plataformas, como também botas, de cano curto ou longo. Dependendo do tecido da calça ou ocasião, um scarpin cai super bem.

Uma vez que você prefere usar rasteiras ou sapatilhas, preste atenção na barra da flare. Combine com t-shirts sequinhas. O ar clássico pode vir com a flare de couro ou camurça.

A calça flare tem origem no século 19
Foto: Damyller
Foto: Damyller

Fonte: Wikipedia, Etiqueta Única, Bia Kawasaki, Claudia, Dicas de Mulher
Foto de chamada: Mike Powell/Wikipedia

Veja mais notícias da editoria Moda no portal Cavalus