Hoje resolvi tocar num assunto que há muito tempo tenho vontade de escrever!

Então vamos lá! Pode soar até polêmico, mas acho super válido! 😉

Quem nunca ouviu alguém falar ‘Fulana? Ah, aquela ali é cowgirl de vitrine, nem monta a cavalo!’, “Ahhh, ali coloca bota e chapéu só pra sair no Instagram!’, ‘Virou moda ser cowgirl’.

Que preguiça que me dá desses comentários!

Uma coisa é verdade, o mundo country está na moda sim! Cada dia mais admiradores, novos atletas, o mercado do cavalo super aquecido, marcas renomadas se inspirando no nosso universo. E aí? Isso é ruim? Não! Pelo contrário, mostra quão lindo e admirado é o meio em que vivemos!

Acho tão mesquinho e pequeno esse tipo de julgamento. Quer dizer que para você aderir a esse estilo de vida necessariamente você tem que ser atleta, profissional, montar a cavalo há anos? Claro que não! Você simplesmente pode amar cavalgar (e para isso não quer dizer que você tenha obrigação de ser uma atleta), se inspirar na moda western, amar rodeio e provas funcionais. Simples assim!

A pessoa não encarna uma personagem quando ela se veste com o estilo country, mas não é uma competidora, por exemplo!

Então meninas, não se sintam ‘acuadas’ se te chamarem de ‘berola’, ‘cowgirl de vitrine’, ‘cowgirl de Instagram’. Você pode ser quem você quiser ser!

E se você ama uma bota, um chapéu, um sertanejo, um rodeio…VOCÊ É SIM UMA COWGIRL, E ESSE É O SEU ESTILO DE VIDA!

Beijão, fiquem com Deus!

Maria Paula Maia
Competidora de Três Tambores e sócia da She’s Country Store

Escreva um comentário