Viagem a cavalo em um paraíso culinário

O sul da França é conhecido por sua excelente culinária e seus vinhos. Percorrer a cavalo a rota do vinho na Provence é uma experiência única tanto pela beleza natural dos vinhedos como dos vilarejos aonde rótulos de prestígio são cultivados.

Rota do Vinho na Provença

A produção do mais nobre dos vinhos provençais remonta à época em que os papas se instalaram em Avignon, entre os séculos XIV e XV. Nostradamus escreveu em 1500 destacando a boa reputação do vinho de Châteauneuf-du-Pape, produzido na região.

Rota do Vinho na Provença

Cavalgamos em trilhas entre campos e vinhedos das regiões vinícolas de Cotes de Provence e Cotes du Rhone, cruzando pequenos vilarejos. Os cavalos ficam baseados perto da aldeia medieval de Lauris, próximo de Marselha.

Rota do Vinho na Provença

No primeiro dia a cavalgada seguiu florestas de pinheiros com vistas maravilhosas do vale do Durance com pomares, cujas frutas saboreamos no almoço piquenique em um pinhal: um delicioso buffet preparado pelo Chef. À noite, jantar em uma pousada charmosa, acompanhado por um Coteaux d’Aix-en-Provence.

No dia seguinte, a cavalgada seguiu uma rota de vinhas, pelo lado sul do Luberon, no caminho, uma parada para degustação de vinhos em uma ‘Cave de Vins’.

Rota do Vinho na Provença

Em mais um dia de viagem, entramos na área produtora de ‘Côtes de Ventoux’, através dos montes Vaucluse. Chegamos ao ‘mur du peste’, um muro construído em 1720 para proteger as populações da grande epidemia que se espalhou de Marselha. Mais uma degustação de vinhos em uma ‘Cave de Vins’.

Rota do Vinho na Provença

Já chegando ao final, no penúltimo dia, cavalgamos por campos e colinas, através de florestas de pinheiros e cerejeiras, de frente para o ‘Mont Ventoux’ chamado de ‘Gigante da Provence’.

Rota do Vinho na Provença

Antes do almoço, uma prova de vinhos no Domaine des Anges. No final da tarde, chegamos a aldeia Crillon le Brave, vila que leva o nome completo de Crillon-le-Brave, mais lendário de seus duques que foi um dos generais mais valentes de Henrique IV durante as guerras francesas no final do século XVI.

Rota do Vinho na Provença

Em nosso último dia de cavalgada passamos por várias aldeias, sempre com o ‘Mont Ventoux’ ao fundo. O almoço piquenique foi perto da aldeia Barroux e château. À tarde, vimos as ‘Dentelles de Montmirail’ (dentelle significa rendas). Prova de vinhos no Domaine de Cassan.

Em Gigondas, encerramos nossa viagem gourmet em que conhecemos a identidade gastronômica de uma das mais belas regiões da França.

Por Paulo Junqueira Arantes
Cavaleiro profissional e Diretor da agência Cavalgadas Brasil
www.cavalgadasbrasil.com.br

Escreva um comentário