O internauta Henrique Moura nos enviou uma mensagem pelo Facebook com uma sugestão de matéria, por sua dificuldade nesse processo.

Conversamos com o médico veterinário, juiz de bem-estar animal da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Quarto de Milha – ABQM e horsemanship, Leonardo Feitosa, sobre o que pode ser feito nesse caso.

A primeira coisa que devemos analisar é que em grande parte das vezes, cavalos podem conter fungos dentro da orelha, podendo então ocasionar essa sensibilidade. E a outra coisa, temos que ter paciência e tempo, caso contrário nunca resolverá esse problema. Cavalos com esse problema devem ser trabalhados diariamente, com muita paciência, pois a região é muito sensível e como em relação ao fungo, tratar isso também requer paciência, pois a medicação é local e os animais se incomodam com a aplicação.

E aí, Henrique, ajudou?


Quer ter a sua dúvida respondida por profissionais?

Utilize nosso formulário na página de Dica do Profissional ou envie um e-mail para dicadoprofissional@cavalus.com.br.

Escreva um comentário