Estes cavalos estão no imaginário das pessoas e dão um vislumbre do que era a vida há centenas de anos

Nada capta mais o espírito do Velho Oeste como os Mustangs, majestosos e misteriosos, encontrados ainda em várias partes dos Estados Unidos. Oeste selvagem, inexplorado, com cavalos que vivem livres do contato humano. E é por isso que os Mustangs tem essa aura de mistério. Muitas vezes se afastam do olhar do público, correm para o lado oposto e preferem a paz e a companhia deles próprios. Despertam muito a curiosidade das pessoas e se você quer saber um pouco mais sobre esses cavalos selvagens, vai adorar os fatos abaixo.

Os Mustangs têm cascos de ‘aço’: Esses cavalos, frequentemente, viajam longas distâncias, razão pela qual é perfeito que tenham cascos mais duros e duradouros do que os cavalos domesticados.

Esses cavalos livres sobrevivem com pouca comida: O Mustang geralmente come cerca de 2,72 kg (seis libras) de feno ou grama todos os dias, mesmo quando eles têm mais alimentos disponíveis.

Os Mustangs não estão em perigo: Existem muitos defensores do cavalo selvagem que acreditam que é errado não ter os Mustangs classificados como ameaçados de extinção. Existiam, aproximadamente, dois milhões de Mustangs nos Estados Unidos, mas agora o número caiu para cerca de 25.000.

Mustangs tem uma vida útil média para um cavalo: Sem doenças ou grandes complicações, o Mustang geralmente vive de 15 a 20 anos na natureza. No entanto, alguns desses cavalos viveram até os 40 anos de idade.

Mustangs são multicoloridos: Cavalos selvagens podem ter todos os tamanhos e cores! Na verdade, os Mustangs podem ser encontrados em qualquer variação de cor que existe dentro do mundo do cavalo.

Fonte: Cowgirl Magazine

Escreva um comentário