A prova aconteceu no dia 7 de abril, durante o Festival do Cavalo da cidade

A Associação Nacional do Cavalo Árabe Funcional realizou a primeira etapa de seu Circuito ANCAF de Três Tambores com saldo positivo. O presidente Brunno Zanotta conta que foi um dia de provas super empolgantes e tempos muito bons marcados pelos conjuntos.

“Devido as fortes chuvas que caíram no final de semana, tanto em São Paulo capital, como no interior, na região de Campinas, Jundiaí, Vinhedo, Valinhos, acredito que a prova foi um sucesso. Tivemos 26 inscrições e 15 cavalos diferentes participando em diversas categorias. Distribuímos R$ 15.000,00 em prêmios”, contou o presidente.

Brunno ressalta que a ANCAF hoje está no processo de mostrar o cavalo Árabe para o mercado nacional, especialmente focado na modalidade Três Tambores. A ANCAF se uniu à Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe para promover ativamente ações com o intuito de atrair novos proprietários de cavalos da raça montados. A ideia é de também incentivar criadores a trazerem seus animais para os Três Tambores, como uma alternativa ao Halter.

“Essa foi a primeira prova do ano, só de Três Tambores por enquanto. Teremos mais sete etapa. Três delas em eventos da raça, como a ExpoNacional em julho, retomando a Copa ANCAF. E as demais em parceria com outras provas, como essa do Festival do Cavalo de Vinhedo e outras junto com a NBHA Brazil”. Que engloba os campeonatos Circuito Barrel Race, Copa Avaré de Três Tambores e Super Semana do Tambor, todas realizadas pela NBHA Brazil, cujas categorias já são oficializadas pelo Quarto de Milha e agora também serão oficializadas pela ANCAF.

Ele conta que, por enquanto, o foco foi o Estado de São Paulo, mas que a ideia é ampliar os eventos para fora, para outros Estados. “Também estamos em busca de novos parceiros, tanto para realizar competições como apoiadores e patrocinadores. Queremos divulgar ainda mais o cavalo Árabe, que já tem uma base solidificada com alguns treinadores renomados, que estão montando cavalos Árabes”.

Outro ponto que Brunno reforça é o foco nos jovens, no futuro do esporte. “Além de estarmos fazendo um trabalho para trazer mais criadores, proprietários e treinadores para as provas de performance, queremos focar no público jovem, nas crianças, que são o futuro, os que vão perpetuar a raça, para que ela continue crescendo”.

Para a ExpoNacional, Brunno conta que farão esforços para agregar à programação, além dos Três Tambores, provas de Seis Balzias e Cros Crountry. O Árabe é historicamente conhecido não apenas pela sua beleza, mas também pelas suas habilidades em relação à velocidade, inteligência, força, resistência e destreza, o que o torna altamente versátil.

E os campeões foram: Aberta Sênior – Almir Faleiro dos Santos – Aysha Sams; Potro do Futuro: Almir Faleiro dos Santos – Fortunes HVP; Feminina – Juliana Couto Faleiro – Rayyan El Madan; Amador – Juliana Couto Faleiro – Mig Davon; Cruza Árabe: Luis Fernando da Silva – S-Amirah; Kids – Renata Godoy – Mig Davon.

A próxima etapa do Circuito ANCAF de Três Tambores está marcada para 2 a 4 de maio, durante etapa do Circuito Barrel Race.

Por Luciana Omena
Fotos: Martin Vianna

Escreva um comentário