Geral

“Cavalo está virando cavalo”, diz treinadora sobre a quarentena

Nas redes sociais, Bruna Tedesco Cortelini trouxe à tona uma reflexão positiva sobre esse período longe de provas ou rodeios

Desde que a quarentena começou, surgiram diversas pautas aqui no portal Cavalus relacionadas ao tema. E ainda continuam sendo veiculadas. Assuntos dos mais variados, sobretudo, cancelamento/adiamento de provas, cuidados com os cavalos, entrevistas com diversos competidores e associações. E ainda matérias mais específicas a respeito da COVID-19 em si, como o uso de máscaras e cuidados de higiene.

Antes de mais nada, é um campo que podemos explorar de infinitas maneiras para levar informação ao nosso leitor. Por exemplo, aqui no portal Cavalus você encontra uma agenda de lives do meio equestre.  E ainda conteúdo de saúde animal, matérias internacionais e nacionais de provas, raças, campeonatos e associações. Já publicamos também como alguns brasileiros que moram e trabalham lá fora estão vivendo essa pandemia, entre outros.

De fato, a onda do novo coronavírus mudou muito a rotina do mundo todo. E um story nos chamou muito atenção há alguns dias, por isso fomos conversar com a treinadora de cavalos de Três Tambores Bruna Tedesco Cortelini. A reflexão inicial dela foi: “Estou achando essa quarentena sensacional, pois cavalo está virando cavalo”. Em resumo, há mais de dois meses sem provas ou rodeios, os cavalos naturalmente ficam mais soltos nos piquetes, sendo apenas treinados para manutenção.

O que a quarentena pode proporcionar de bom na relação com os cavalos? Sem provas e rodeios, quem pode está vivenciando algo diferente com seu cavalo

Tempo de qualidade com seus cavalos

Aquela agenda cheia de compromissos e a premissa de conseguir resultados não existe durante a quarentena. Então, quem pode estar perto dos seus cavalos, uma grande maioria, está vivenciando momentos totalmente novos. “Sem as provas e rodeios, percebi que muita gente está aproveitando para de fato conhecer o seu cavalo, montando sem pressão, por prazer. Montando para melhorar sua equitação, por exemplo, ou apenas para dar um passeio com o cavalo, passar um tempo de qualidade com ele”, relata Bruna.

E a treinadora lembra ainda a diversão online que se alastrou entre os competidores, já que muita gente tem realizado desafios, gravado vídeos com os amigos do cavalo, a exemplo do challenge que mostramos abaixo que reuniu algumas competidoras. “Na verdade, eu acho que essas coisas deveriam ser as primeiras quando alguém começa a montar ou compra um cavalo. Ver como ele age, deixar que ele se acostume, conhecer ele a fundo, entre outras coisas. Contudo, a competição e resultados, que são importantes, não deveriam ser o foco principal”, reforça.

Ainda de acordo com Bruna, “em primeiro lugar deveria vir a interação com o cavalo. Afinal, é por isso que estamos nesse negócio, porque a gente ama cavalo.”

Por Luciana Omena
Crédito das fotos: Lucas Campos

Veja mais notícias sobre o Coronavírus no portal Cavalus