Geral

Exemplo no meio dos cavalos e do gado Nelore

Conversamos com Maria Cecília Garcia, nome de destaque no Ranch Sorting, Team Penning e na criação de gado Nelore

Publicado

⠀em

Cabanha Kalunga

Basta entrar nas redes sociais de Maria Cecília Garcia para logo reconhecer: a vida no campo, os cavalos e o gado são a sua paixão.

Proprietária da Cabanha Kalunga, em Bauru, interior de São Paulo, Maria Cecília Garcia é criadora de cavalos das raças Quarto de Milha e Crioulo. “Criamos por volta de 30 animais. Porém apenas para a criação interna, fazemos apenas um potro por ano”, confirma. Mas seu criatório, mesmo pequeno, possui uma grande representatividade no cenário nacional.

Começou a atuar na fazenda em 2011, no serviço de campo, onde conheceu o amor pelos animais. Apaixonada pelos cavalos, Maria Cecília já atuou nos Três Tambores, mas foi nas modalidades de Ranch Sorting e Team Penning que seu coração bateu mais forte.

“A primeira vez que assisti uma prova de Três Tambores foi em 2011, no Barretão e me emocionei. Mas, depois de algumas provas, senti que não era o meu esporte. E então fui apresentada para Paola Gomes que era uma profissional de Ranch Sorting e Team Penning. E ai foi paixão mesmo. Boi e cavalo junto!”, relembra.

Sua história dentro dos esportes equestres possui vitórias expressivas. Em 2021, por exemplo, Maria Cecília montando Bethdrive foi a grande campeã na categoria Amador da modalidade de Team Penning.

Já no Ranch Sorting, a amazona conquistou o Campeonato Nacional da Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo Crioulo (ABCCC) no Rio Grande do Sul, casa da raça crioula do país. Este resultado mostra a qualidade da atleta e de seu criatório.

Mas não são só os cavalos que despertam o amor de Maria Cecília. A amazona é proprietária da Fazenda Kalunga, reconhecida nacionalmente como um dos melhores criatórios do ranking brasileiro da raça Nelore.

Localizado em Bauru (SP), atua há mais de 17 anos na criação de gado Nelore, edificando uma seleção com alicerces sólidos em genética de extrema consistências avaliadas nas pistas e nos campos por programas de melhoramento e analises genômica.

“O maior desafio é conciliar a parte do Nelore com os treinos dos cavalos e conseguir ir para as provas, sempre deixando os atletas e cavalos bem treinados e prontos”, afirma.

Maria Cecília ainda afirma que os bois são uma paixão a parte. “O Nelore Kalunga é minha paixão e onde eu realizo o trabalho diário das propriedades, gerenciando e atendendo os animais, focando objetivos para ter os melhores animais de elite e melhorando a genética nacional”, enfatiza.

E não pense que para por ai. Essa multi-mulher ainda ministra workshops. “O workshop foi uma realização pessoal e profissional, para repassar todo o conhecimento que tenho e adquiri em 12 anos à frente da fazenda. Conseguimos receber palestrantes, falamos de nutrição, desenvolvimento, manejo animal, manejo de pastagem e propriedade”, afirma.

Mais uma grande mulher dentro do agro nacional que se destaca pelo trabalho, garra e dedicação em prol da valorização do trabalho no campo. Um grande exemplo.

Por: Grupo Cavalus Comunicação

Fotos: Divulgação

Mais notícias no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads