Geral

Exercícios de chão que são úteis para o cavalo de cavalgada

Aluísio Marins comenta nesse artigo dicas importantes para você conseguir ter uma cavalgada tranquila

A proposta é simples: mostrar para seu cavalo, do chão, possíveis desafios que ele deverá enfrentar quando começar a ir para a cavalgada. Antecipar problemas, sobretudo, para evitar acidentes. Para isso, podemos treinar do chão algumas situações.

Antes de mais nada, é preciso colocar o cavalo para fazer alguns exercícios de guia. Então, tentar fazê-lo passar por um tronco. Ele tem duas opções: passar ou desviar. Em uma cavalgada, portanto, esse é um tipo de situação que você deverá encontrar bastante.

E se não tiver a opção de desviar lá na hora o seu cavalo vai parar? Certamente isso pode virar um problema. Todo mundo passou e você não. Nessa hora muitos palpites irão surgir para que você consiga fazer seu cavalo ultrapassar o tronco.

Contudo, quer uma dica infalível? Treine-o para essa situação. É muito mais fácil do que desce e puxar, dar ração, pegar um pouquinho de capim, entre outras coisas. De maneira que é só deixar seu cavalo explorar o tronco. Passar pelo medo, a dúvida, a curiosidade e a alternativa se ele fica ou foge.

Para treinar do chão essa situação, eu não insisto. Puxo-o para longe do tronco e deixo que ele explore, conheça o obstáculo até que se acostume e decida ultrapassar. É um desafio relativamente pequeno para o cavalo, entretanto. Mas, se ele faz isso com você no chão, montado também fará se treinado.

Exercícios de chão que são úteis para o seu cavalo de cavalgada

Evolução

Dessa forma, complique a vida do seu cavalo mais um pouco. Passe a treiná-lo com um tronco mais alto. Mostre o obstáculo e deixe que ele explore. Afaste-o um pouco depois de um tempo e peça para que ele ultrapasse. Repita o processo sem pressão até que ele realize.

Se for preciso, faço-o rodar na guia e tente até que ele transponha o tronco sem medo.  Vá, sobretudo, percebendo a evolução. Tudo isso pensando na hora do ‘valendo’ durante a sua cavalgada.

São momentos importantes, que muitos podem achar que não faz diferença. Mas eu te garanto que faz sim. O cavalo de cavalgada bem treinado para as situações de uma trilha, por exemplo, terá momentos muitos mais tranquilos. Assim como você. Então, tenha paciência e um programa bem estruturado de treinamento.

E quando perceber que ele já ‘tira de letra’ um obstáculo passe para outro. Buracos, ou depressões no solo, também são fáceis de se encontrar em uma cavalgada. Treine do chão também. Assim sendo, o processo é o mesmo do citado acima para começar, rodando na guia. E depois, faça seu cavalo andar em volta do buraco para reconhecer.

Da mesma forma com uma subida ou descidas. O desafio já é maior agora. Com a evolução e mesma ideia na cabeça do trabalho de chão, você conseguirá treinar seu cavalo para as diversas situações. Certifique-se de que ele aprendeu a lidar com isso tudo para que na hora que você o monte ele faça igual.

Portanto, não é só condicionamento físico para o cavalo de cavalgada, treinamento também é importante.

Por Aluísio Marins
Médico Veterinário e diretor da UC, instruindo cavaleiros a mais de 20 anos
Colaboração: Analúcia Araújo

Veja outras notícias no portal Cavalus