Geral

Gerson Verga fala com emoção da sua carreira e conquistas

Gratidão é a palavra que o define nesse momento. Gratidão a Deus, à vida e a todos que passaram e estão nela

Sempre que um trabalho novo fica pronto, é com gratidão que o fotógrafo Gerson Verga o admira. Orgulho de uma trajetória pautada pelo profissionalismo e profundo amor ao que escolheu como profissão. Formado em jornalismo, a fotografia entrou em sua vida ainda na época da faculdade. “Sempre gostei de imagem e de animais, sempre fui fascinado por isso. Dessa forma, fui pegando cada vez mais gosto por essa profissão. Ao concluir o curso estudei dois anos de fotografia na Escola Panamericana de Arte, em São Paulo, cidade que nasci e moro até hoje”.

Quando se sentiu seguro, Gerson Verga deixou o emprego de bancário e foi trabalhar na Editora Três, que editava na época a Revista Hippus. Então, entre os mais diversos títulos, passou a fotografar cavalos como freelancer e nunca mais parou. Aos poucos, os trabalhos foram aumentando, amizades foram sendo construídas, e seu nome passou a ser cogitado para outras frentes. Como ser fotógrafo da ABHIR – Associação Brasileira dos Cavaleiros de Hipismo Rural, Revista do cavalo Árabe, Revista Horse Business, Revista Cavalos, entre outros.

Gratidão é a palavra que define Gerson Verga nesse momento. Gratidão a Deus, à vida e a todos que passaram e estão nela em todos esses anos
Dual Spark
Dual Patron

Até que foi contratado para fotografar o saudoso Country Dun It e o Quarto de Milha passou a fazer parte da sua carreira. “Meu sonho era chegar ao Quarto de Milha e depois de fotografar o Country nunca mais sai do QM. Graças a Deus, fui perdendo a vergonha, me reinventando, conhecendo outras pessoas e estou até hoje”. Entre suas frentes de atuação, GV, como é bem conhecido no meio, é fotógrafo oficial dos eventos da ABQM desde o começo dos anos 2000, e fotografa animais de leilão, garanhões e matrizes.

Emoção

No ‘trecho’ há quase 30 anos, Gerson Verga ainda se emociona quando reconhece os presentes que a profissão de fotógrafo lhe dá a cada trabalho. Entre tantas histórias memoráveis que ele viveu ao longo desses anos, alguns dias atrás foi tomado por uma emoção inexplicável no momento em que seu deu conta de que, recentemente, fotografou cavalos cujo seus pais também haviam passado por suas lentes.

Ticket
Gratidão é a palavra que define Gerson Verga nesse momento. Gratidão a Deus, à vida e a todos que passaram e estão nela em todos esses anos
Chester

Ele fez fotos de Dual Spark e seu filho Dual Patron e também do With All Probability ‘Ticket’ e seu filho Looks Like A Ticket ‘Chester’, todos importados ao Brasil e expoentes em seus nichos de atuação. “A semana passada veio um filme todo na minha cabeça. As historias se entrelaçam, comecei a lembrar, e fiquei muito emocionado. Tenho a sorte de ter clientes que são meus amigos, que devo tudo, e entre deles o Luiz Paulo Ramos, que sou extremamente grato, da Clínica Equus, onde estão alojados esses cavalos citados acima”.

Povoaram a mente de Gerson e o fizeram marejar os olhos também os momentos aqui no Brasil fotografando animais como garanhão que tinha feito foto deles competindo em Rédeas nos Estados Unidos. Como o caso de The Best Gunner, que está alojado na Clínica Equus, e Tunes In Hollywood, alojado no Haras Monte Belo. “Foi, de fato, uma semana puxada, em que estava cansado, e lembrar de tudo isso me emocionou muito, foi muito especial”, reforça GV.

Gratidão é a palavra que define Gerson Verga nesse momento. Gratidão a Deus, à vida e a todos que passaram e estão nela em todos esses anos
The Best Gunner nos Estados Unidos com Eduardo Salgado
The Best Gunner

Gratidão

Ainda envolto a toda essa atmosfera, Gerson Verga conversou com a nossa reportagem e disse: “Não sei se consigo descrever muito bem o que foi toda essa emoção que senti. Mas foi algo grande, uma gratidão imensa. Não só pela historia que construí, mas também pelos cavalos e pessoas que passaram e ainda estão na minha vida. É muita gratidão saber da confiança das pessoas no meu trabalho”.

Quem trabalha com cavalo ou com evento, sem dúvida, irá entender o que ele sente. São muitos dias fora de casa, pois é o que essa profissão pede. “É muita entrega, uma vida na estrada, deixando de participar de muitos momentos em família. Aproveito para agradecer imensamente à minha esposa Danuza, que aguenta meus momentos ruins e se alegra com as conquistas todos os dias, pois eu sei que não é fácil viver ao lado de uma pessoa que trabalha viajando sempre, principalmente em datas importantes”, reforça.

Gratidão é a palavra que define Gerson Verga nesse momento. Gratidão a Deus, à vida e a todos que passaram e estão nela em todos esses anos
Tunes In Hollywood nos Estados Unidos com Gabriel Diano
Tunes In Hollywood

No final da entrevista, ficou preocupado em não citar nomes de todos os amigos que dividem com ele essa trajetória no dia a dia, como outros colegas fotógrafos, profissionais que ele admira desde sempre, clientes que são a base de tudo para seu trabalho. De acordo com ele, o nome do Luiz Paulo representa todos que são importantes e têm papel fundamental para uma vida de conquistas.

“Enfim, é um amor enorme pelos cavalos, misturado com gratidão e dedicação. Eu amo tudo isso! E, cada conquista tem um especial, quando a gente sabe o que passou para chegar onde está. E, acima de tudo, olha para trás e sente orgulho de tudo. Deus é maravilhoso e age o tempo todo na vida da gente.”

Gratidão é a palavra que define Gerson Verga nesse momento. Gratidão a Deus, à vida e a todos que passaram e estão nela em todos esses anos

Por Luciana Omena

Veja mais notícias no Portal Cavalus

X