Geral

Seguro de equinos é uma forma de proteger esse bem precioso

As companhias seguradoras e as respectivas corretoras estão cada vez mais especializadas e quem ganha é o proprietário e criador de cavalos

O seguro é uma poderosa ferramenta de transferência e gestão de risco, onde o proprietário do bem transfere à seguradora a responsabilidade de reparação da perda e dos danos do objeto segurado.

Dessa forma, a cobertura básica do seguro de equinos tem por objetivo garantir a indenização em caso de morte do animal segurado, ocorrida durante o período de vigência da apólice. Além disso, é preciso que a causa seja pelos riscos cobertos, sendo algum deles: acidentes; síndrome cólica; eletrocussão; incêndio; envenenamento; intoxicação. Bem como a morte durante o transporte do animal.

Acima de tudo, além da cobertura básica, esta modalidade de seguro oferece contratação facultativa de coberturas especiais, que auxiliam e trazem mais segurança ao proprietário do animal.

Como por exemplo:

  • Reembolso Cirúrgico: tem o objetivo de garantir o pagamento de reembolso das despesas de procedimento cirúrgico e de internação hospitalar. Que venham a ser necessárias exclusivamente para preservação da vida do animal segurado.
  • Reembolso Clinico: que tem o objetivo de garantir o pagamento de reembolso das despesas de internação. Que podem se tornar necessárias exclusivamente para preservação da vida do animal segurado.
  • Fertilidade: objetivo de garantir o pagamento de indenização em caso de infertilidade permanente do animal segurado.
  • Perda de Função Esportiva: tem o objetivo de garantir o pagamento de indenização caso o animal segurado torne-se total e permanentemente invalido à utilização para o qual é mantido.
  • Prenhez: o objetivo é garantir o pagamento de indenização em caso de morte do feto do animal segurado.
  • Necropsia: garante o pagamento de reembolso das despesas de necropsia e da realização de exames complementares, necessários para a verificação da causa mortis do animal segurado.
  • Roubo e Furto: tem o objetivo de garantir a indenização em caso de roubo ou furto qualificado do animal segurado no local de alojamento.

Precauções

Todas as coberturas acima mencionadas terão validade na ocorrência durante o período de vigência da apólice e decorrentes dos riscos cobertos e descritos nas condições gerais do produto.

“Ao optar pela adesão do seguro de animais é imprescindível que a contratação seja feita através de um corretor especializado e habilitado junto à SUSEP. Visto que os esclarecimentos no ato da contratação, durante a vida útil da apólice e nos casos de sinistros, são fundamentais para que a experiência com o seguro não seja traumática. Assim o corretor pode oferecer um produto adequado as necessidades do proprietário”, reitera Sônia Delaterra, da Delaterra Seguros.

O mercado para este tipo de seguro ainda é tímido, mas o potencial é imenso com inúmeros desafios. Sendo o principal a desmistificação junto ao setor de equideocultura. Por isso, entre em contato, tire suas dúvidas e solicite um orçamento sem compromisso: contato@delaterra.com.br |  sonia@delaterra.com.br | (11) 97152.0864

Proteja seu Patrimônio e fique Tranquilo! Faça Seguro, Seguro é Proteção!

INFORME PUBLICITÁRIO

Por Equipe Cavalus
Crédito da foto: Divulgação/Susie Dickerson

Veja outras notícias no portal Cavalus