Geral

Pai, sinônimo de inspiração

Neste dia especial, mais três histórias inspiradoras de amor entre pais e filhos e o universo dos cavalos

Publicado

⠀em

Pai, sinônimo de inspiração

Continuando nosso especial do Dia dos Pais, vamos reportar mais algumas histórias inspiradoras entre pais e filhos no meio equestre.

No mundo do Rodeio, existe uma história de amor e parceria entre pai e filhos que inspira muitas famílias. Todo mundo que é apaixonado pela modalidade conhece a história de sucesso nas arenas de Adriano Moraes, mais conhecido como “The Phenomenon”, tricampeão mundial de montaria em touros pela PBR.

Sua carreira de sucesso é conhecida por todos no meio, mas o que muita gente não conhece é a relação de amor e parceria entre ele e seus três filhos: Jeremias (24), Antônio (22) e Pedro (19). Segundo sua esposa, Flávia Moraes, a paixão do pai pelos animais, pelos cavalos, foi repassada de pai para filhos. “Os três são apaixonados pela PBR, são fãs dos competidores, acompanham as provas, tudo em virtude da carreira de Adriano. Quando ele ia competir, ficávamos em casa, rezando para que tudo ficasse bem”, relembra.

Segundo a matriarca da família, o mais parecido com o pai é Antônio. “Ele ama os cavalos como o pai, laça e é o mais ‘cowboy’ dos três. Antônio é cantor, mora nos Estados Unidos, e até isso eu digo que herdou do Adriano, pois ele, para quem não sabe, é muito sensível para música”, afirma a mãe.

Jeremias e Pedro são o braço direito e esquerdo do pai. Estão atuando junto de Adriano à frente da PBR Brazil, Jeremias na parte dos negócios e Pedro na parte de design gráfico. “Quando Adriano aceitou o desafio de estar à frente da PBR Brazil foi uma decisão que tomamos em família, os cinco unidos. E Adriano sempre afirmou que não faria nada sozinho e como sempre, os filhos foram ajudar o pai”.

Para Flávia a principal característica que os filhos herdaram do pai foram os princípios do Código dos Cowboys. “Os princípios do pai são características que todos herdaram. São muito honestos, prestativos, e fico muito feliz com a família que tenho”, finaliza Flávia.

Das arenas para o Laço Individual

Fernando Pires é um nome de destaque dentro do Laço Individual, mas o que muita gente não conhece é a sua relação com seus filhos, Beatriz (27), Guilherme (19) e Tiago (14).

Sua filha Beatriz, que hoje mora em Portugal, também possui o mesmo amor que o pai pelos cavalos. “Beatriz já praticou Tambor, gosta muito de cavalos assim como eu, mas hoje seguiu outros rumos, está morando fora do país”, relembra.

Seu filho mais velho, Guilherme, já percorreu os caminhos do pai no Laço e hoje, se dedica mais aos estudos. “Todos nós sempre fomos próximos ao cavalo. Aliás, conheci minha esposa Lisandra numa prova de Laço! E ela também competiu nos Três Tambores por muitos anos, ou seja, não tinha como os meninos não gostarem de cavalos”, afirma animado o pai coruja.

Para ele, o fato dos filhos seguirem seus passos representa a sua continuidade. “Fico muito feliz de ter os três atuando comigo, cada um em um momento da vida. Hoje é o mais novo que me acompanha, me ajudando no aquecimento dos animais, no manejo com os bezerros, e isso me deixa muito feliz, é a continuação da minha caminhada”, relembra.

Mas não é só dos seus próprios filhos que Pires “toma conta”. O laçador também é conhecido pelo apoio que oferece a todos os novatos. “Gosto de acompanhar a evolução deles, temos grandes campeões hoje que eu acompanho desde o início, e isso me deixa muito orgulhoso”.

Pai e filhos mordidos pelo mosquitinho do cavalo

Finalizando a lista de pais exemplares do meio equestre, seguimos com a história de Ricardo Barbara, pai de duas figurinhas de destaque no meio, Eduardo e Gabriela Barbara, além da Fernanda.

Ricardo sempre foi um apaixonado por cavalos, e na sua infância, apesar dos pais não terem um haras, cresceu na propriedade dos primos, onde passava o dia inteiro montado nos cavalos e sonhando com o dia que teria o seu próprio animal.

Quando os filhos nasceram, foram morar em um condomínio que possui uma hípica e seus filhos, desde muito pequenos, já começaram a montar. “Com três para quatro anos, eu comecei a puxar eles nos cavalos, passei a leva-los para fazer passeios, comecei puxar, até que eles começaram a cavalgar sozinhos e passaram a fazer aulas. E como dizem no meio, eles foram ‘picados pelo mosquitinho do cavalo’, que hoje se tornou a paixão da vida de ambos”, relembra o pai.

Eduardo, hoje com 17 anos, participou de todas as categorias de base, é um multicampeão. Foi campeão Brasileiro, Sul-americano e campeão do ranking de todas as categorias que passou no Brasil.

“Como sou apaixonado pelo esporte, poder ver o animal com meus filhos é incrível e apensar da minha agenda de trabalho (sou executivo de uma multinacional), me organizei e consigo acompanhar meus filhos, pelo menos nos principais campeonatos. Isso me deixa muito feliz, vale todo o investimento”, afirma orgulhoso.

“Tive situações de vir correndo de um voo internacional e embarcar correndo para Curitiba para poder acompanhar eles em uma prova ou de ter um motorista na porta do aeroporto me esperando para irmos correndo para o interior acompanhar alguma prova.  Eles são muito dedicados e sempre que consigo, dou uma fugidinha até para acompanhar o treino deles”.

Ainda de acordo com Ricardo, o esporte é a paixão da vida da família inteira. “Fico muito feliz em poder acompanhar todo o trajeto deles. São motivo de muito orgulho para mim”, finaliza.

São histórias diferentes, com diversas realidade, mas com uma coisa em comum: o amor dos pais pelos filhos e a influência que eles exercem na vida de seus filhos. São mais quee pais, são espelhos, inspiração.

Que todos os pais possam sentir a importância que possuem na vida de seus filhos. Um feliz Dia dos Pais para todos.

Por: Camila Pedroso

Fotos: Divulgação

Mais notícias no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads