Geral

Quando a postura do cavaleiro eleva a performance e fornece resultados

Intensivo para amazonas e cavaleiros focado em Três Tambores aconteceu em Morungaba, interior de São Paulo

A edição 2019 da Clínica Intensiva de Equitação, com exercícios voltados para os Três Tambores, foi realizada nos dias 31 de agosto e 1° de setembro na Hípica Cenaem. A ideia de fazer esse ‘intensivão’ surgiu em 2013 e começou apenas com os alunos da hípica, como conta Paula Camargo.

Aos poucos, algumas pessoas de outros centros de treinamento foram se interessando, então abriram para todos. Juntos há 15 anos, Paula, competidora e instrutora de Três Tambores, e seu marido, Claudinei Pires de Oliveira, treinador de cavalos, receberam alunas e alunos para um final de semana de muito aprendizado. Confira o relato:

Trabalhando equilíbrio, guia à pelo

“Muitas das falhas que os competidores cometem na pista são reflexo de pequenos problemas na base da equitação que acabamos deixando passar nos treinos. A proposta de realizar um grande volume de exercícios básicos em um final de semana parece bem fácil para quem já está em nível competitivo.

Porém, na prática, a grande maioria dos competidores apresenta várias dificuldades. Todos os exercícios aplicados pela equipe da hípica foram supervisionados pelo nosso treinador, Claudinei Oliveira, para garantir o compromisso de não interferir no treinamento dos animais. Partimos do princípio que todos os cavalos estão prontos e que as falhas estão no competidor.

Treino de equilíbrios pernas e reio fora do cavalo
Treino de equilíbrios pernas e reio fora do cavalo

Acreditamos que a função de um competidor é estar preparado para executar exatamente o que seu treinador solicita e a única forma de realizar isso é através de uma equitação excelente.

Realizamos exercícios de técnica, equilíbrio, coordenação e reflexo. Trabalhamos todos os itens que um competidor necessita controlar, como posicionamento, andamentos, transições de andamentos, introdução de níveis de dificuldades, absorção, impulsão, retas, giros, etc…

Reforço de equilíbrio, guia à pelo introduzindo dificuldades
Reforço de equilíbrio, guia à pelo introduzindo dificuldades

A coordenação de pernas, reio e rédeas trabalhamos em pista e também em um tambor de plástico suspenso, que apresenta grande instabilidade e exige um esforço considerável de equilíbrio e resistência do atleta.

Os participantes demonstram à princípio grande surpresa ao notar dificuldades que desconheciam. Em seguida, apresentaram-se animados ao perceber que muitas das suas falhas na pista vinham daquela deficiência, que geralmente é bem fácil de corrigir.

Trabalhando repetições de movimentos específicos do tambor: reta, absorção, giro e impulsão
Trabalhando repetições de movimentos específicos do tambor: reta, absorção, giro e impulsão

Ficamos muito satisfeitos com os resultados! Todos os participantes terminam o curso com uma melhora significativa e muita vontade de introduzir os exercícios em seus treinos diários. A evolução é impressionante!

Terminamos o final de semana com uma sensação gratificante de ver nosso trabalho fazendo a diferença na performance desses atletas e felizes por mais uma vez atingir nossos objetivos”.

Fotos: Cedidas

X