Geral

Shagya-Arabian é uma raça é conhecida por sua versatilidade

Cavalo robusto, valente e rápido, com aptidão para esportes equestres como Adestramento, Enduro e Salto

Publicado

⠀em

Se você admira a aparência dos cavalos árabes, vai gostar de conhecer um pouco sobre o Shagya-Arabian. Trata-se de uma raça relacionado, esportiva, veloz e amigável, com aptidão para esportes equestres como Adestramento, Atrelagem, CCE e Salto.

Dessa forma, a raça Shagya-Arabian foi originalmente desenvolvida para criar um cavalo que tivesse a resistência do Árabe com uma construção mais pesada adequada para o trabalho de cavalaria e puxar carruagem. Seu início se deu em 1789, em Babolna, Hungria, quando os militares combinaram as linhagens dos principais beduínos árabes com cavalos nativos maiores.

O objetivo era ambicioso: um cavalo que combinasse atletismo, robustez, elegância e devoção ao cavaleiro. Assim, a nova raça não apenas serviria aos militares húngaros, mas também seria o início de um programa de criação para produzir cavalos desejados por uma ampla gama de usuários.

Shagya-Arabian é uma raça de cavalo robusto, valente e rápido, com aptidão para esportes equestres como Adestramento, Enduro e Salto

Por causa da natureza rigorosa do padrão da raça Shagya-Arabian, os testes de desempenho começaram cedo. Documentos registraram, portanto, o resultado e várias linhagens de sucesso nos cruzamentos. Eventualmente, adicionaram sangue Lippizan e puro-sangue, com o intuito de dar agilidade, força, tamanho. Bem como qualidades de movimento aos exemplares.

O Shagya-Arabian rapidamente se tornou a raça preferida do oficial de cavalaria húngaro. Ademais, o nome ‘Shagya’ teve inspiração no garanhão beduíno chamado Shagya, nascido em 1830. Criado pela tribo Bani Saher, na Síria, antes de chegar ao posto de reprodutor em Babolna em 1836. Cada linhagem, desde então, carrega seu DNA.

Por outro lado, a conformação do Shagya-Arabian combina muito das coisas que as pessoas amam nos cavalos árabes com uma maior construção e estrutura óssea. Ficou conhecido como um ‘primo’ um pouco mais robusto. A pelagem predominante é o tordilho, com uma expressão suave e exótica. Europa concentra a criação.

Fonte: FEI
Crédito das fotos: Divulgação

Veja outras notícias no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads