Evite cometer esses erros enquanto treina seu cavalo

Não é incomum ouvir, quando você está em uma prova ou com amigos reunidos, métodos populares de treinamento online. Infelizmente, você não deve acreditar em tudo que ouve.

Existem muitos mitos que circulam no mundo western do treinamento. Não deixe seu cavalo ser vítima dessas idéias incorretas e potencialmente prejudiciais.

1 – Mito: recompense a menor tentativa com algo grande

Na maioria dos casos, é bom recompensar uma tentativa de algo novo que seu cavalo faça. No entanto, se você recompensar apenas as menores tentativas, obterá apenas metade do resultado.

O cavalo precisa executar todo o movimento. Você precisa do seu cavalo para entender o que deseja. Ele pode não conectar sua tentativa à tarefa real.

Além disso, a liberação deve ser sutil e não interromper o movimento. Você poderá continuar trabalhando depois de uma pequena recompensa sem precisar reunir suas rédeas ou se recompor.

2 – Mito: Os bons cavaleiros constantemente dão ao cavalo pequenas puxadas na boca

Suas mãos devem estar macias e firmes. Você não quer que seu cavalo as evite ou não confie no seu contato com a boca dele.

Ele deve procurá-lo e ficar à vontade. Pequenos inchaços na boca o encorajam a ficar tenso quando as rédeas são apanhadas.

3 – Mito: Se o seu cavalo é forte de boca, force um pouco mais

A melhor razão para você precisar ir um pouco mais além é porque o treinamento do seu cavalo progrediu e ele se tornou mais refinado.

Um cavalo que é forte de boca, geralmente não é ensinado a respeitar o cavaleiro. Ele precisa entender as dicas e o que você quer dele.

Talvez seja hora de fazer algum trabalho de campo.

Pessoas que seguem esses três conceitos entendem mal os treinadores. É importante que você faça sua lição de casa antes de iniciar um novo método de treinamento.

Por Emily Fought/Cowgirl Magazine

Escreva um comentário