Geral

TS Brasil fabrica máscara de tecido

Empresa com mais de 35 anos no ramo têxtil, coloca em sua linha de produção máscaras personalizadas

Em tempos de pandemia, com o surto do novo coronavírus, a TS Brasil – a moda que veste o Agro, colocou em sua linha de produção máscaras de proteção, algo que se tornou um item indispensável para a proteção contra a doença. Inclusive, em praticamente 100% das cidades, o uso das máscaras tornou-se obrigatório em locais públicos.

“Assim sendo, porque não combinar a máscara com o uniforme dos seus colaboradores?”, reforça Thais Spilla Domingues, diretora da TS Brasil. De acordo com ela, “harmonia é fundamental na padronização da marca”.

Em nossa linha de produção, utilizamos os tecidos antimicrobianos, malhas e tricolines em 100% algodão. Recomendamos os de 100% algodão, pois o nível de proteção é maior. Lembrando que para atingir uma maior proteção, a máscara precisa ser dupla e com fios naturais.

TS Brasil fabrica máscara de tecido Empresa com mais de 35 anos no ramo têxtil, coloca em sua linha de produção máscaras personalizadas

Ministério da Saúde – Forma de Lavar

  • antes de mais nada, a máscara deve ser lavada separadamente de outras roupas;
  • lavar previamente com água corrente e sabão neutro;
  • deixar de molho em uma solução de água com água sanitária* ou outro desinfetante equivalente de 20 a 30 minutos;
  • enxaguar bem em água corrente, para remover qualquer resíduo de desinfetante;
  • evite torcer a máscara com força e deixe-a secar;
  • passar com ferro quente;
  • garantir, sobretudo, que a máscara não apresenta danos (menos ajuste, deformação, desgaste, etc.), ou você precisará substituí-la;
  • guardar em um recipiente fechado.

Por fim, Thais Spilla Domingues lembra: “não apenas a máscara nos previne  da COVID-19, mas também lavar as mãos e usar álcool em gel ou álcool 70% também são formas de prevenção.”

Serviço

https://www.tsbrasilmodacorporativa.com.br/
(11) 2428-9517 / (11) 94011-7441
Rua José Bruni, 458 – Novo Centro – Itu/SP

Por Equipe Cavalus
Crédito das fotos: Divulgação/TS Brasil

Veja outras notícias no portal Cavalus