Internacional

Aos 19 anos, Cade fica com o título do NRHA Futurity Open 2019

Publicado

⠀em

Aos 19 anos, Cade fica com o título do NRHA Futurity Open 2019

Franco Bertolani, com Hollys Hijacker, foi o melhor resultado brasileiro na competição

Dez dias intensos com o que há de melhor na Rédeas culminaram no sábado, 7 de dezembro, com as finais do NRHA Open Futurity. Aos 19 anos, Cade McCutcheon fez história ao tornar-se o mais jovem competidor a vencer a maior prova da modalidade no mundo.

Promovido pela National Reining Horse Association, o NRHA Futurity, começou em 28 de novembro no State Fair Park, em Oklahoma City. Desse modo, contou com os melhores cavalos e cavaleiros de Rédeas da atualidade.

Coroando um ano que ele nunca mais vai esquecer, Cade McCutcheon saiu da arena campeão Nível 4 Open do potro do futuro de Rédeas da associação americana. Sobretudo, consagrou-se o mais jovem vencedor dessa prova.

Com Guns And Dynamite. E na foto de chamada com Super Marioo

De linhagem vencedora na Rédeas – seu avô é Tim McQuay, sua mãe Mandy McCutcheon e seu pai Tom McCutcheon – aos 19 anos o garoto não só ganhou a categoria principal como também venceu os Níveis 2 e 3, ficou reservado nos Níveis 2 e 3 e co-reservado no 4.

Com Super Marioo marcou 224,5 para ficar com os títulos e US$ 196.175,00 de premiação.  Com Guns And Dynamite a nota na final foi 223,5 e mais US$ 144.972,00 foram adicionados à conta de Cade.

Entretanto, as boas notícias não acabam ai. Ele ainda classificou Deja Vu With A Gun . Ou seja, em seu primeiro NRHA Futurity Open, não só ficou com o título principal, mas também colocou seus três cavalos na final. Some ai mais uns US$ 20 mil dólares de prêmios.

Leann Spurlock e Flashin Benjamins ficaram com o título NRHA Futurity Open Nível 1 ao marcar 218 na final.

Aos 19 anos, Cade fica com o título do NRHA Futurity Open 2019
Leann Spurlock e Flashin Benjamins

Cade

Acima de tudo, foi um ano marcante para Cade McCutcheon. Ele entregou seu cartão Non Pro em janeiro para se tornar um profissional da NRHA. Antes do NRHA Futurity, seus ganhos na carreira somavam US$ 706.616,00.

Não está nesta soma os US$ 307.500,00 que ganhou em agosto no the Run For A Million, contudo. Ainda assim, ele não estava contando com essa vitória. “Eu não esperava ganhar em meu primeiro Futurity como profissional, mas esse é o objetivo de todos”.

A performance com Super Marioo veio alta desde as classificatórias. “Desde a primeira parada na final, no começo do percurso, senti que seria uma ótima prova. Só apenas pensei comigo: ‘apenas certifique-se de seguir os planos, não estrague tudo’”.

Aos 19 anos, Cade fica com o título do NRHA Futurity Open 2019
Franco Bertolani e Hollys Hijacker

Super Marioo, de propriedade do Story Book Stables, é filho de Gunnatrahya e HA Chic A Tune. Cade o treina desde o meio do ano.

Cada treinador tem uma forma de aguardar o final de uma prova importante. O jovem foi para o fundo das baias e ficou tentando não prestar atenção no que acontecia na arena. “Fiquei vendo um jogo de futebol na TV esperando minha mãe me ligar”, revela.

Shawn Flarida entrou na arena com Shine Colt Shine cinco cavalos depois. Por alguns minutos pareceu que ia ficar com o título. Similarmente, executou círculos graciosos e paradas poderosas. A nota foi 223,5, terminando como reservado campeão, empatado com Cade.

Fernando Salgado e Gunnabeabrightstar

Brasil

Cinco brasileiros confirmaram vagas para a final do NRHA Futurity Open de Rédeas em Oklahoma.  Apontado como um dos favoritos, por ter vencido o All American Quarter Horse Congress, Franco Bertolani foi, portanto, o melhor brasileiro no resultado final da competição.

Com Hollys Hijacker marcou 221,5 na final. Sexto lugar Nível 4– quinta melhor nota, empatado com Americasnexttopgun e Casey Deary. Franco ainda foi para a final com Gunna Be A Hot Topic. Marcou 217 pontos e encerrou a prova em 15° lugar.

Também classificado para a final do Nível 4 com dois cavalos, Fernando Salgado ficou em 17° lugar com Gunnabeabrightstar, 216 pontos. E 27° com Xtra Shiners Taboo, 202 pontos.

Aos 19 anos, Cade fica com o título do NRHA Futurity Open 2019
Jesse Asmussen e Ruf Style Of Play

Thiago Sobral com Gunna Cee Sparks; Marcos Guimarães com Sonshinewhiz; e por fim, Lucio Pontes Casalecchi com Xtra Hickorys Wimpy, todos pelo Nível 1, participaram da decisão. Com o melhor resultado para Thiago Sobral, 211 pontos, 12° lugar na categoria.

Após um começo com mais de 370 conjuntos na categoria Open, 75 mais empates passaram para a semifinal em cada nível. Em seguida, 30 em cada nível fizeram tão esperava final. O Brasil iniciou a competição com 11 cavaleiros.

Outros resultados

Jesse Asmussen foi para o desempate no NRHA Futurity Non Pro na sexta, 6 de dezembro, montando Ruf Style Of Play. O encontro de duas gerações, já que havia empatado com o jovem Luca Fappani, filho de Andrea Fappani, e Gotta Get Diamonds. Ambos marcaram 220 pontos.

Luca Fappani e Gotta Get Diamonds

“Estava nas baias tentando me ocupar para passar o tempo e esperar o resultado da prova. Realmente, não esperava o empate. O que a gente fica pensando é que outro conjunto vai fazer uma melhor nota, eventualmente”, conta Asmussen. Como resultado, decidiram pelo desempate e tiveram 15 minutos de preparação.

A passada do run-off ocorre na mesma ordem da passada original. Asmussen foi o primeiro a entrar e sabia que precisaria definir o ritmo. A égua dele de três anos – filha de Not Ruf At All e UB Stylin With Me – deu o seu melhor marcando 222 pontos.  Luca ficou com o segundo lugar ao receber dos juízes 218 pontos.

Mesmo resultado do Non Pro Nível 3. Contudo no Nível 2, Lucca Fappani ficou com o título. E Blair McFarlin levou o Nível 1 com 215 pontos em Starlight N Dreams. Jose Vazquez, 219 pontos com Xtra Winding Step, ficou com o título do Futurity Prime Time Non Por. Enquanto Martin L. Larcombe foi campeão e reservado da Prime Time Open – Shines Like Spook e One Sensationaldream.

Aos 19 anos, Cade fica com o título do NRHA Futurity Open 2019
João Marcos, diretor internacional da ANCR, e Francisco Moura, presidente da ANCR, representando a America do Sul como Afiliate Ambassador

A programação contou ainda com o Adequan® North American Affiliate Championships (NAAC), as finais regionais dos campeonatos afiliados à NRHA. Confira todas as informações www.nrhafuturity.com e resultados completos.

Veja mais notícias de Internacional no portal Cavalus

Por Luciana Omena
Fonte: NRHA
Fotos: NRHA e Cedidas

Comentar com o Facebook

Internacional

NFR: brasileiro Junior Nogueira pontua na primeira noite

National Finals Rodeo acontece de 3 a 12 de dezembro, em Arlington, Texas; assista a transmissão em português

Publicado

⠀em

Começou a National Finals Rodeo 2020 no bonito e gigante estádio Globe Life Field, em Arlington, Texas. Logo após dez rodadas, conheceremos os campeões mundiais da PRCA da temporada e um deles pode ser Junior Nogueira. O brasileiro disputa pelo sétimo ano consecutivo o título mundial no Laço Pé (Team Roping). Ademais, entrou na NFR em quinto lugar no ranking geral da sua categoria.

A primeira rodada da NFR aconteceu no dia 3 de dezembro e Juninho entrou na zona de pontuação. Ao lado de Cody Snow, seu parceiro esse ano, o brasileiro marcou 5s7, o sexto melhor tempo. Somou, portanto, US$ 4.231,00 ao ranking. Vale lembrar sempre que o ranking mundial é medido por dinheiro ganho, por isso é importante pontuar.

Juninho, Isabela e Jaque – Foto: PRCA

Na NFR, estão em jogo nada menos que US$ 10.000.000,00 para todas as modalidades. Cada rodada premia com US$ 676.923,08 (US$ 84.615,38 por modalidade) do primeiro ao sexto colocado por ordem de tempos ou notas. Antes de mais nada, ao final dos dez rounds, a soma dos tempos e notas dos 15 finalistas em cada modalidade fornece uma classificação geral da etapa e mais dólares são somados.

A premiação do average (média) é de US$ 2.030.769,23 (US$ 253.846,15 por modalidade). Só assim os campeões mundiais são conhecidos em Bareback Riding, Saddle Bronc Riding, Bull Riding, Steer Wrestling, Team Roping Heading (Cabeça), Team Roping Heeling (Pé), Tie-Down Roping e Barrel Racing. Dessa forma, com o intuito de assegurar o título, Junior Nogueira precisa pontuar em todas as rodadas e torcer para que seus adversários pontuem menos que ele.

JACA PRODUÇÕES – LAÇADA JUNINHO ROUND 1

Resultados Round 1

National Finals Rodeo NFR acontece de 3 a 12 de dezembro, em Arlington, Texas; Junininho pontua no Round 1; assista a transmissão em português
Bareback Riding
Saddle Bronc Riding
National Finals Rodeo NFR acontece de 3 a 12 de dezembro, em Arlington, Texas; Junininho pontua no Round 1; assista a transmissão em português
Bull Riding
Steer Wrestling
National Finals Rodeo NFR acontece de 3 a 12 de dezembro, em Arlington, Texas; Junininho pontua no Round 1; assista a transmissão em português
Team Roping
Tie-Down Roping
National Finals Rodeo NFR acontece de 3 a 12 de dezembro, em Arlington, Texas; Junininho pontua no Round 1; assista a transmissão em português
Barrel Racing – A saber, nos Três Tambores, Sheley Morgan monta HR Famekissandtell, animal domado e iniciado pelo brasileiro Marco Toledo Filho quando morou nos Estados Unidos.

Resultados completos, clique aqui.

Assista a transmissão em português

Programação da ZRTV:

  • 21h – Pré-show – um ‘esquenta’ com análises de competidores, números, estatísticas;
  • 21h45 – Abertura
  • 22h às 00h30 – Rodeio – a rodada completa ao vivo com as disputas em todas as modalidades
  • 1h – Pós-show – entrevistas e ‘recaps’ dos principais acontecimentos da noite

Como proceder:

  • Acesse o https://portuguese.cowboychannelplus.com para efetuar sua assinatura.
  • O pacote que dá direito a transmissão em português é o Pacote de Transmissão 2020 NFR, que hoje custa US$ 129.99.
  • Ao clicar ASSINAR no começo da página você será redirecionado, então, e precisará criar uma conta.
  • Em seguida, siga todos os passos para efetuar o cadastro e o pagamento.
  • Incluso: aos 10 rounds da NFR em alta definição, direto de Arlington. Todas as rodadas estarão à disposição dos assinantes em até 24 horas para assistir de novo qualquer hora.
  • Nos dias do evento, de 3 a 12 de dezembro, com seu login em mãos, acessará a plataforma do The Cowboy Channel. Quando ‘logar’, aparecerá a opção acompanhar em português.

Fique por dentro: ProRodeo | fb.com/PRCAProRodeo | @prca_prorodeo

Por Luciana Omena
Fonte: ProRodeo
Crédito da foto de chamada: André Silva

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Comentar com o Facebook

Continue lendo

Internacional

Programa de treinamento de João Leão é elogiado por Fallon Taylor

Treinador brasileiro de Três Tambores trabalha há um ano e meio para uma das competidoras mais famosas e vencedoras dos Estados Unidos

Publicado

⠀em

Quando chegou aos Estados Unidos em dezembro de 2018, o treinador João Leão buscava novos desafios e muito aprendizado. Nos primeiros seis meses, então, ele, a esposa Joseli e a filha Julia tocaram um centro de treinamento em Gainesville, Texas. Entretanto, há um ano e meio tudo mudou. Hoje moram em Collinsville, Texas, e trabalham para Fallon Taylor.

“Morávamos na mesma região, por isso, corríamos as mesmas provas. Um dia, ela pediu para fazer um curso comigo. Logo depois desse curso recebemos o convite para trabalhar no rancho dela e treinar os cavalos. Ela deixou a gente levar alguns animais que já estavam comigo, separou algumas cocheiras. E os demais cavalos que treino hoje são os dela. Já estamos com a Fallon há um ano e meio, graças a Deus”, conta João.

Treinador brasileiro João Leão trabalha há um ano e meio para Fallon Taylor, uma das competidoras mais famosas e vencedoras dos EUA

Bicampeã mundial da WPRA/PRCA em Três Tambores, Fallon Taylor falou, recentemente, à Cowgirl Magazine, o quanto está feliz com o programa de treinamento brasileiro de João Leão. De acordo com a publicação, desde que adotou as novas técnicas está colhendo muitos frutos dentro das arenas e é muito grata ao treinador. Com 30 anos de carreira, a norte-americana, inclusive, disse que antes dele montar os filhos de sua grande égua, Babyflo, ela e seu time já eram seus maiores fãs.

“João trabalha mais duro do que qualquer outro competidor de Três Tambores que conheço. Ele, literalmente, dedica de 16 a 18 horas por dia para garantir, em primeiro lugar, amor e conforto aos cavalos. Só depois ele os ensina a vencer. O nível de disciplina e a integridade que João mostra ao nosso esporte me dá orgulho”. Por fim, ela afirma que a união deles, toda a colaboração, tem sido espetacular.

Rédeas

Terminou ontem a semifinal do NRHA Futurity Open de Rédeas e cinco brasileiros classificaram-se para a final. A saber, essa é a prova mais importante da temporada para a modalidade, exclusiva para cavalos de três anos hípicos. Franco Bertolani, com Hey Roy, e Fernando Salgado, com Step Out N Rock It e Vinny Gun, disputam o título do Nível 4, a categoria de mais peso dentro do evento. Pelo Nível 3 teremos Gabriel Bittar Borges, com Dunsurprizedya.

Gabriel e Dunsurprizedya também concorrem na Open Nível 2, assim como Eduardo Salgado e Zapp, Leonardo Kellerman e A Cool Back Story. Leonardo e A Cool Back Story  também disputam pelo Nível 1, da mesma forma que Rodrigo Nieves. O uruguaio, que morou muitos anos no Brasil, está há um ano e meio nos Estados Unidos e carrega a bandeira brasileira na ordem de entrada em todas as competições. 

Antes de mais nada, Nives classificou seus três cavalos para as finais: Tagin Stiletto Chics nos níveis 1 e 2; Alphasushienterprize, do brasileiro Fernando Botteon; e Theoneyourelookinfor, de Eduardo e Tati Salgado, ambos no Nívei 1. A final do NRHA Open Futurity, que premiará pela primeira vez o campeão do N4 com US$ 250 mil, acontece sábado (5) na Jim Norrick Arena, em Oklahoma. (Fonte: NRHA)

Por Luciana Omena
Crédito das fotos: Arquivo Pessoal

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Comentar com o Facebook

Continue lendo

Internacional

ZRTV é responsável pela transmissão da NFR em português

A National Finals Rodeo acontece de 3 a 12 de dezembro e você poderá acompanhar tudo em tempo real e em português

Publicado

⠀em

Acompanhar em tempo real os melhores do mundo no rodeio completo da PRCA e em português será possível a partir do dia 3 de dezembro. Uma parceria entre a ZRTV e a Rural Media Group permitirá que os apaixonados por rodeio em todo o Brasil assistam ao vivo à transmissão da National Finals Rodeo.

Antes de mais anda, a Rural Media Group é proprietária dos canais de TV a Cabo The Cowboy Channel e RFD-TV e do prestigioso The American. De acordo com Gabriela Conde e Dudu Vaz, da ZRTV, plataforma de streaming do agronegócio, a parceria entre as duas empresas é antiga.

“Conhecemos o Patrick Gottsch, presidente do Rural Media Group, há mais de 15 anos. Então, quando ele lançou o The American em 2014, começamos a organizar aqui no Brasil os eventos que classificam competidores brasileiros para competir lá”.

No final de 2019, a PRCA anunciou um acordo com o Rural Media Group. Transformou os dois canais especializados no setor rural e esportes western nos detentores exclusivos dos direitos de transmissão das competições da PRCA a partir de 2020. Dessa forma, The Cowboy Channel e RFD-TV detém os direitos de transmissão até 2024.

“Portanto, foi a partir daí que nasceu a ideia de fazer uma transmissão narrada em português da NFR, grande final mundial do rodeio completo. Começamos a trabalhar em julho, entretanto, a pandemia nos impediu de fazer a transmissão do evento direto de Arlington, Texas. Mas, ano que vem, se tudo der certo, faremos a transmissão in loco”, reforçam Gabi Conde e Dudu Vaz da ZRTV.

ZRTV x Rural Media Group

Ainda de acordo com os diretores da ZRTV, o mais importante nessa parceria com o Rural Media Group é trazer para o público apaixonado por rodeio e por provas funcionais o maior evento deste gênero no mundo.

“Assim como os fãs de rodeios, nós também não poderemos viajar aos Estados Unidos para acompanhar ao vivo. Como resultado, vamos fazer a transmissão dos dez dias de NFR através das plataformas on demand do The Cowboys Channel”.

Gabi e Dudu reforçam ainda que a parceria não se restringirá apenas à NFR. “Ano que vem teremos mais rodeios narrados em português. A ideia é que tenhamos o maior número possível de rodeios narrados em português em 2021.”

A National Finals Rodeo acontece de 3 a 12 de dezembro e você poderá acompanhar tudo em tempo real e em português através da ZRTV
Dudu Vaz

Como proceder

Ao assinar o Pacote de Transmissão 2020 NFR, o apaixonado por rodeio terá acesso, em português, às dez rodadas da final mundial da PRCA. Dudu Vaz e Esnar Ribeirão serão os apresentadores. A cada dia, um ‘esquenta’ de 45 minutos abrirá a transmissão.

Nesse pré-show, o assinante verá análises de competidores, números, estatísticas. Em seguida, acontecem as rodadas completas, com as disputas em todas as modalidades. Logo depois, o pós-show, com entrevistas e ‘recaps’ dos principais acontecimentos da noite.

  • Para assistir a National Finals Rodeo em português e, antes de mais nada, torcer ao vivo pelo brasileiro Junior Nogueira, que disputa o título mundial no Laço Pé, acesse o https://portuguese.cowboychannelplus.com para efetuar sua assinatura.
  • O pacote que dá direito a transmissão em português é o Pacote de Transmissão 2020 NFR, que hoje custa US$ 129.99.
  • Ao clicar ASSINAR no começo da página você será redirecionado e precisará criar uma conta.
  • Em seguida, siga todos os passos para efetuar o cadastro e o pagamento.
  • Incluso: aos 10 rounds da National Finals Rodeio em alta definição, direto de Arlington, Texas. Todas as rodadas estarão à disposição dos assinantes em até 24 horas para assistir de novo qualquer hora.
  • Nos dias do evento, de 3 a 12 de dezembro, com seu login em mãos, acesse a plataforma do The Cowboy Channel. Quando ‘logar’, aparecerá a opção acompanhar em português.

Fique ligado: @zrtvcombr

Por Equipe Cavalus
Crédito das fotos: Divulgação/PRCA e ZRTV
Na foto de chamada, o estádio onde acontecerá a NFR, o Globe Life Field, em Arlington, em processo de preparo para receber o rodeio

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Comentar com o Facebook

Continue lendo
X
X