Na ocasião, a Italia Reining Horse Association realizou o 2018 IRHA Maturity Open em Manérbio, de 25 a 30 de setembro

Voltando de um espetacular Jogos Equestres Mundiais, os atletas de Rédeas retomam suas vidas normalmente. Entre as competições que seguem o calendário, o 2018 IRHA Maturity Open, para cavalos mais velhos. A realização foi da NRHA Italia Reining Horse Association, que existe de 1985.

Foi nomeada primeiro como Associazione Italiana Cavallo Reining e, posteriormente, Associazione Nazionale Cavallo Reining. A sede é Cremona, Itália, organizada por um grupo de redieiros que havia começado a praticar a modalidade. Em 1993, tomou mais força ao se adequar as normas da Federazione Italiana Sport Equestri.

Antes de se ter uma associação específica para Rédeas na Itália, as provas eram regidas pela Associazione Italiana Quarter Horse, filiada à American Quarter Horse Association. Já em 1985, ano de sua criação, a AICR realizou um Futurity, com apoio total da National Reining Horse Association. Sem desanimar, seguiu fomentando a Rédeas na Itália e na Europa, angariando cada vez mais adeptos. Hoje IRHA, tem mais de 1500 membros em seu quadro de associados.

Disputado na Open e na Non Pro, o Maturity é uma das provas tradicionais de Rédeas na Itália. Na Open, os títulos dos Níveis 4 e 3 foram decididos após desempate. Massimiliano Ruggeri, com Mister Little Uno, e Mirko Piazzi, com Jessies Lil Dreamer, somaram 148,5 pontos e resolveram não dividir o título.

Quando entraram em pista novamente, a arquibancada foi só suspense. Em mais duas belas apresentações, o melhor acabou para Massimiliano Ruggeri, com nota 150, contra 149 de Mirko Piazzi. Ficaram, respectivamente, em primeiro e segundo nos Níveis 4 e 3. Com a nota, Piazzi venceu também o Nível 2. Montando Walla Spat Olena, Nicola Sergio levou o prêmio máximo da Open Nível 1.

Além dessas duas provas, também estiveram em pista competidores pelo campeonato regional, em Open, Non Pro e Youth. Além de categorias exclusivas para cavalos da raça Paint Horse, e ainda Futurity.

Cavalos resgatados do acidente

Após as provas, um acidente na Autocisa/A1, uma autoestrada italiana, matou oito cavalos que voltavam para casa. O caminhão, carregado com 18 cavalos, saiu da pista e cabine acabou pegando fogo. O incêndio se espalhou rapidamente, atingindo o primeiro compartimento. Os oito cavalos que estavam nesse local não tiveram chances.

Os funcionários da empresa de transporte conseguiram escapar, tentaram salvar esses animais do compartimento principal, sem sucesso. Mas puderam salvar os outros dez cavalos que estavam em um anexo, tipo reboque. Os animais foram colocados à margem da rodovia, sãos e salvos.

Entre os cavalos mortos, Automatic Gun, filho de Colonels Smoking Gun (Gunner), que pertencia a Slide Or Die LLC, mesmo dono de Inferno 66, que o brasileiro Franco Bertolani apresenta. Domenico Lomuto, dono do Inferno, e também de Automatic, lamenta muito o ocorrido. Era com esse cavalo que ele competia nas provas de Rédeas da Itália, como o Rome Shoot In.

Por Luciana Omena
Fonte: Quarter Horse News e IRHA

2 Comentários

  1. Pingback: Rédeas de Ouro define campeões do ciclo na raça Crioula - Cavalus

  2. Superb website you have here but I was wanting to know if you knew of any community forums that cover the same topics discussed in this article? I’d really like to be a part of community where I can get feedback from other experienced people that share the same interest. If you have any recommendations, please let me know. Bless you!

Escreva um comentário