Internacional

Brasileiro Franco Bertolani obtém vitória em Ardmore

Publicado

⠀em

O Hardy Murphy Coliseum recebeu competidores de Rédeas de 20 a 25 de outubro; Franco Bertolani repetiu a dose, já que também venceu essa prova em 2017

O SWRHA Futurity foi promovido pela Southwest Reining Horse Association, uma afiliada à NRHA. Assim sendo, a vitória na principal categoria do evento, o Futurity Open Nível 4, ficou para o brasileiro Franco Bertolani. Com Gangsta Sixtysix o treinador marcou 222,5 pontos. Realizado em Ardmore, Oklahoma, foi o último potro do futuro da temporada americana antes do importante NRHA Futurity. A principal prova para potros dos Estados Unidos começa no próximo dia 26 de novembro.

Com a agenda alterada por conta da pandemia, os treinadores estiveram em peso em Ardmore para o teste final dos potros. Franco Bertolani ainda foi sexto na Open Nível 4 com Blueyedgirl, nota 221. Outro brasileiro no Top 20 dessa prova foi Fernando Salgado. Com Gunmetal Whiz marcou 219,5 para ficar em 11° lugar. Enquanto no Nível 3 a vitória foi de Gabriel Diano, com MMB Colonels Chexi, 222 pontos. O uruguaio, que morou no Brasil e é casado com uma brasileira, a Dra. Niki, foi ainda segundo lugar Nível 4

Rodrigo Nives, uruguaio e que também morou no Brasil, encerrou a competição em segundo lugar nos Níveis 1 e 2. Com Tagin Stiletto Chics, marcou 219,5 pontos. Só para ilustrar, em todos os resultados da NRHA ao lado do nome de Nives a bandeira é a do Brasil. Outros brasileiros em destaque: Ricardo Amaral com Gunnaroost – terceiro Nível 1 e sexto Nível 2 – nota 217,5. Marcos Guimarães com Xtra Beetle Juice – quarto Nível 1 e décimo Nível 2 – nota 216. Marcelo Cruz com Charlie By The Tale – 18° lugar Nível 1. Resultados completos, clique aqui.

https://www.instagram.com/p/CGvviz-H2nV/?utm_source=ig_web_copy_link

PRCA

Mais brasileiro no pódio, só que dessa vez pela PRCA, a associação do rodeio completo nos Estados Unidos. Marcos Alan Costa foi quarto colocado no Roping Fiesta, em San Angelo, Texas. A prova, que contou apenas com as modalidades Tie-Down Roping e Steer Roping, aconteceu dias 24 e 25 de outubro. Marquinhos somou 42s7 em quatro rodadas, empatado com Cory Solomon. Cada um levou US$ 2.076,00 de prêmio. Todos os resultados, clique aqui.

Vale lembrar que em 2020 a PRCA premiou os atletas com o total de US$ 17.581.408,00. Antes de mais nada, todos os eventos desde 1° de outubro já contam para a temporada 2021. A saber, a temporada regular da PRCA vai de outubro de um ano a setembro do ano seguinte. Os campeões mundiais 2020, portanto, serão definidos durante a National Finals Rodeo, marcada para o Globe Life Field, em Arlington, Texas, de 3 a 12 de dezembro.

O Hardy Murphy Coliseum recebeu competidores de Rédeas de 20 a 25 de outubro; Franco Bertolani repetiu a dose, já que venceu em 2017
Sara Dawson – Foto: QHN/Molly Montag

Working Cow Horse

No último dia 24 de outubro, a National Reined Cow Horse Association encerrou o Snaffle Bit Futurity 2020. Assim como nas demais associações e modalidades, o evento de potros mais importante do ano para o Working Cow Horse. E a vitória na Open ficou para Sarah Dawson e Selvarey (Dual Rey x Shine Smarte). A dupla levou para casa nada menos que US$ 125 mil e muitos outros prêmios. A nota final foi 660 pontos. 

Acima de tudo, ela é a segunda mulher a ganhar o Snaffle Bit Open Futurity em toda a história da NRCHA. A primeira foi Sandy Collier, em 1993, com Miss Rey Dry (Dry Doc x Starlita Sequin). “Sem dúvida, foi muito especial. Sempre falamos sobre ter aquele cavalo especial que dá início à nossa carreira. E isso é o que a mãe de Selvarey significa para mim. Sem ela eu não estaria aqui”, conta a campeã à reportagem da Quarter Horse News. Resultados completos, clique aqui.

Por Luciana Omena
Fonte: SWRHA, PRCA, NRCHA
Crédito da foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads