Internacional

Pela primeira vez Brasil tem um campeão mundial AQHA no Working Cow Horse

O AQHA World Championship Show acontece de 27 de outubro a 19 de novembro em Oklahoma com mais de 7500 inscritos

Publicado

⠀em

Pela primeira vez Brasil tem um campeão mundial AQHA WCH1

Matheus Moreira Bento é o mais novo campeão mundial AQHA Open Senior Nível 2 de Working Cow Horse. O brasileiro competiu o AQHA World Championship Show com Lidos Miss Dual Play (Little Lido x Miss Dually Doc) e marcou 419 pontos. Com essa nota, também ficou em quinto no Nível 3 Open Senior (cavalos de seis anos ou mais).

O AQHA World Championship Show é o campeonato mundial do Quarto de Milha, disputado nas categorias Open, Amador, nos níveis 1, 2 e 3, nas modalidade de Western, English e Halter. As provas acontecem no OKC Fairgrounds. A edição 2022 registrou mais de 7500 inscrições, aproximadamente 1300 competidores e 1650 cavalos. Premiação total de US$ 2 milhões.

“Foi uma ótima competição, mas é sempre muito difícil, pois a pressão é muito grande. Tinham ótimos cavalos disputando junto comigo, mas graças a Deus conseguimos fazer uma boa prova”, afirma o brasileiro, que se qualificou ao somar os pontos necessários em provas chancelas pela AQHA.

Pela primeira vez Brasil tem um campeão mundial AQHA
Matheus Bento e Lidos Miss Dual Play, de propriedade da Sisters View Perf Horses LLC

Um pouco da história do brasileiro campeão mundial AQHA de Working Cow Horse

Hoje, com seu centro de treinamento situado em Wynnewood, Oklahoma, Matheus Bento é natural de Morrinhos (GO). Após fazer faculdade de veterinária em Jataí (GO), o agora campeão mundial AQHA de Cow Horse foi para os Estados Unidos em 2018.

“Vim para fazer meu estágio e quando terminei fui contrato para trabalhar. Acabei ficando por aqui. Em agosto de 2019, passei a atuar como assistente de treinador em uma fazenda no estado de Oklahoma”, conta.

Nessa época, Matheus trabalhava com laço e quando estava em uma prova, um outro treinador o convidou para que trabalhasse para ele. O campeão mundial aceitou e ficou um ano nesse rancho. Em seguida, sentiu-se seguro para abrir seu próprio centro de treinamento.

Pela primeira vez Brasil tem um campeão mundial AQHA no Working Cow Horse
Recebendo o prêmio dos funcionários da AQHA

“Mudei para o Working Cow Horse por indicação de amigos, que sempre me falaram que meu estilo de trabalhar com os cavalos era ideal para essa outra modalidade. Peguei algumas dicas com o Russell Dilday, tricampeão do World’s Greatest Horseman, o campeonato mundial da NRCHA – National Reined Cow Horse Association”.

Assim começou sua história do Cow Horse. O ano de 2022 é o primeiro em que Matheus, 27 anos, foi com os cavalos dessa modalidade para os eventos. Foram seis provas e em cinco ele entrou na zona de premiação. Casado e com uma filha de um aninho, o campeão mundial tem a certeza de estar indo no caminho certo com esses resultados obtidos na temporada.

“Aqui eu treino os cavalos de Working Cow Horse e Team Roping. Minha esposa, McKenna Bento, treina os cavalo de Três Tambores. Também temos um programa de criação completo, que vai desde os garanhões e as éguas de cria, até animais de desmama, um ano, dois anos, três anos”, finaliza.

Por Luciana Omena • Redação Cavalus
Crédito das fotos: Shane Rux/Divulgação AQHA
Na foto de chamada: Matheus ao lado da esposa, da filha e de amigos

Mais notícias de Internacional no portal Cavalus

 

WordPress Ads
WordPress Ads