Ele foi o primeiro campeão antecipado da PBR e hoje, aos 42 anos, continua em atividade

Único a suportar os oito segundos nos três touros da etapa, o brasileiro Ednei Caminhas foi o campeão da Real Time Pain Relief Velocity Tour (RVT), divisão de acesso da Professional Bull Riders, no último domingo, 22 de outubro, na Tucson Arena, em Tucson, Arizona. No round 2 ele montou Time Shared para marcar  87 pontos e no round final montou Grave Digger para selar a vitória com 86.5 pontos. A premiação foi de US$ 6.300,00 e ainda 80 pontos somados ao ranking mundial.

Ednei Caminhas em Tucson com sua fivela. Foto: Andre Silva

São muitos anos como profissional de montaria em touro, a maioria deles montando nos Estados Unidos. Aos 42 anos, Ednei continua na ativa, viajando e competindo nos rodeios.

Muitos brasileiros competem nas divisões de acesso da PBR, então não é somente na BFTS, categoria principal, que vemos a bandeira verde e amarela no topo. Em Tucson, Alex Cardozo, conterrâneo de Ednei, de Indaiatuba/SP, ficou com o segundo lugar. Cardozo caiu do seu touro no round 2, mas se recuperou ao montar Luke, no round final e marcar 87.5 pontos. A classificação final do rodeio lhe deu US$ 4.700,00 e mais 50 pontos no ranking mundial. No Top 5, outro brasileiro. Robson Aragão, de Aracaju Sergipe, foi o quinto melhor. Mesmo caindo no round final, assegurou uma boa colocação.

Skeeter Kingsolver lidera o ranking da Velocity Tour. O melhor brasileiro é Alex Marcílio, segundo colocado. Entre os dez melhores, ainda mais quatro vestem a camisa verde e amarela. Tem brasileiro enraizado por todos os lados na PBR e essas oportunidades são única na carreira dos competidores.

José Vítor Leme

A final da Real Time Pain Relief Velocity Tour acontecerá em Las Vegas, este final de semana, de 28 a 30 de outubro, na South Point Arena. Além do título da temporada e da etapa, o competidor pode sair de lá com uma vaga para a grande final mundial, que acontece na sequência. Por isso também que Sage Kimzey, tricampeão de montaria em touro pela PRCA, aceitou o convite da PBR para competir na final da RVT.

É o segundo ano que a PBR convida os campeões: do ano anterior da PRCA (Kimzey), do College National Finals Rodeo 2017 (Cole Melancon), do National High School Finals Rodeo 2017 (Trey Holston), do Indian National Finals 2016 (Cody Jesus) e ainda os quatro campeões internacionais da PBR em 2017 – Troy Wilkinson (Austrália), Jose Vitor Leme (Brasil), Zane Lambert (Canadá) e Francisco Morales (México) para competir na Velocity Tour Finals.

Por Luciana Omena
Fonte: PBR Now

Escreva um comentário