Cerimônia do Gold Buckle Gala foi realizada, como todos os anos, antes da final mundial da PRCA

Já membro do ProRodeo Hall of Fame, Cotton Rosser foi homenageado na noite de 2 de dezembro em Las Vegas. O tropeiro foi reconhecido em 2019 como Legend of ProRodeo, ou seja, uma lenda da ProRodeo. A 12ª cerimônia do Wrangler Gold Buckle Gala aconteceu no South Point Grand Ballroom.

“Bem, eu já recebi alguns prêmios da PRCA, contudo fiquei realmente empolgado com esse”, afirma Cotton Rosser. Ele faz parte da PRCA desde 1947. Anos mais tarde, em 1956, comprou a Flying U Rodeo Ranch. É a mais antiga boiada de rodeio dos Estados Unidos.

Em 1985, Rosser foi nomeado PRCA Stock Contractor of the Year. Da mesma forma, foi introduzido no Hall of Fame em 1995. Todos os prêmios dados, inegavelmente, por uma vida inteira de contribuições para o desenvolvimento do rodeio profissional.

Além disso, na lista de homenagens, em 2015 foi concedido a Cotton Rosser o PRCA Donita Barnes Contract Personnel Lifetime Achievement Award. Antes de tudo, até hoje ele opera a empresa, ao lado do filho Reno.

Com sede em Marysville, Califórnia, eles produzem cerca de 50 rodeios por ano. Aos 91 anos, Rosser ainda anda a cavalo. Da mesma forma, sempre buscou inovar e levar novidades para o circuito mundial de rodeios. Pioneiro, sempre esteve à frente do seu tempo.

Veja também: National Finals Rodeo 2019: o que você precisa saber!

História

Há mais de 60 anos, entretanto, que Rosser é conhecido por suas espetaculares e extravagantes cerimônias de abertura em rodeios da Costa Oeste americana. Ao mesmo tempo que produziu muitas National Finals Rodeo.

“Acho que o que mais se destacou foi o trabalho para chegar às finais nacionais aqui em Las Vegas. Todas as noites fazíamos uma abertura diferente. Adoro ver artistas de música country, como Reba McEntire, cantando”.

O outro lado de Rosser é sua história como um dos melhores cowboys. Ele começou a competir em todas as modalidades do rodeio na adolescência. Logo depoi, fez parte da equipe da faculdade, quando estudou na Cal Poly University-San Luis Obispo.

“Sempre quis ser um cowboy. Os filmes estrelados por Roy Rogers, Gene Autrey e John Wayne me inspiraram”. Como profissional, ganhou fivelas, selas e troféus. Entre seus muitos títulos, um dos destaques de Cotton Rosser foi ganhar o All-Around em San Francisco, no Grand National Rodeo de 1951.

Cotton 14ª pessoa a ser homenageada com o prêmio Legendo f ProRodeo. Antes dele: Jake Barnes, Jim Shoulders, Clem McSpadden, Harry Vold, Larry Mahan, Shawn Davis, Dean Oliver, Donnie Gay, Benny Binion, Mel Potter, Neal Gay, Michael Gaughan e Keith Martin.

Fonte e Foto: PRCA