Internacional

Dois cavalos brasileiros premiados pela AQHA Racing

A cerimônia organizada pela AQHA na noite de 15 de janeiro no auditório do Heritage Place premiou os campeões mundiais 2019

A tradicional cerimônia de premiação dos campeões mundiais em Corrida pela AQHA foi realizada em 15 de janeiro em Oklahoma City, no auditório do Heritage Place. Como resultado, dois cavalos brasileiros foram premiados durante o 2019 AQHA Racing Champions.

Diversos animais concorriam em cada uma das categorias. O anúncio dos escolhidos como os melhores do mundo em Corrida pela AQHA sempre causa expectativa para a indústria. ‘Um momento imperdível para a raça Quarto de Milha’.

Sobretudo, para os cavalos sul-americanos. Isso porque, nessa oportunidade, a AQHA introduziu a eleição para o AQHA South American Champion. Dessa forma, diversos animais brasileiros foram indicados para serem votados pelo Comitê Internacional de Corrida da AQHA.

Brilharam na cerimônia e foram declarados co-campeões Baby Fantastic, do Haras Prata, e Yoyo Verde, do Haras Vista Verde.

Baby e Yoyo

Baby Fantastic venceu cinco das oito corridas que disputou, ganhando US$ 122.165,00. Suas vitórias incluem o Brazilian Futurity e a I Triplice Coroa no Jockey Club de Sorocaba. Ele foi treinado por L. Levir e montado por AR Lima e EB Melo na temporada. Seu pai é Fantastic Corona Jr e sua mãe, Hustled (por Feature Mr Jess).

Enquanto Yoyo Verde é um garanhão de 2014, filho de No Secrets Here e Orly Vista (por Nordick Only VM). Venceu no Jockey Club de Sorocaba quatro das oito corrida que participou, embolsando US$ 37.263,00. Entre as vitórias, o cavalo treinado por S Sampaio e AJ Macedo venceu GP Campeão dos Campeões.

Concorreram nessa categoria: Granite Toll Lake, Libbys Chicks, Mestica Fly HWS, Miracle For Me PK, Ms Jessie, Shes Gold, Triger Jess MRL, Yankee Verde e Zion Verde.

De acordo com informações: Baby Fantastic foi o cavalo que mais dinheiro ganhou em 2019 no Brasil. Enquanto Yoyo Verde – AAAT venceu o Campeão dos Campeões disputando contra 17 dos melhores cavalos em atividade na América do Sul. Mais do que merecido!

Baby Fantastic. Foto: Cedida JCS

Orgulho

“Para nós do Haras da Prata é um prazer e uma honra muito grande esse reconhecimento do Baby Fantastic pela AQHA. Uma vez que nos estimula e nos motiva a criar cada vez melhor e a contribuir sempre com o crescimento do Quarto de Milha no Brasil”, revela Eriquinho Braga.

Ele conta ainda que história do Baby Fantastic é bastante interessante. “Todo ano a gente oferece 100% da nossa geração em leilão. No ano dele, o Baby sofreu um acidente e teve uma fratura no posterior, ficando fora do leilão. Até poder começar os treinos, foram mais de seis meses de tratamento”.

A volta por cima foi surpreendente, visto que ele conseguiu chegar onde está agora. “Ganhou duas provas de Grupo 1, foi o líder das estatísticas  por somas ganhas no Geral e no Estreante, foi líder das estatísticas por vitórias no Geral e no Estreante. Além disso, ele é o atual recordista dos 301 metros”, reforça Eriquinho, orgulhoso.

Érico Braga, titular do Haras Prata e atual presidente do Jockey Club de Sorocaba, também falou sobre o prêmio: “Estamos muito orgulhosos por termos criado o Baby Fantastic. Ele liderou todas as estatísticas brasileiras e quebrou o recorde dos 301 metros. Isso nos alegra e motiva a sermos cada vez melhores e a contribuir para o engrandecimento do Quarto de Milha. Muito obrigado!”

Mauro e o troféu de Yoyo Verde

Alegria

Yoyo Verde é a quinta geração desta família no Haras Vista Verde. “Compramos sua quarta mãe importada, Deck Watch. Dela nasceu Hip Deck por Dash For Cash Jr., que correu, ganhou e foi AAAT. Da Hip Deck nasceu Kelia Vista, AAAT, Tríplice Coroada, nove corridas e nove vitórias. Exportada, correu nos Estados Unidos”, conta Mauro Eli Zaborowsky, do Haras Vista Verde.

De Kelia Vista nasceu Orly VISTA, AAAT, que ganhou 11 corridas e se tornou Rainha da Velocidade. Essa história vencedora chega em Yoyo Verde, AAAT, filho de Orly Vista. “Foi multifinalista clássico. Sobretudo, vencer um grande prêmio onde só participam campeões, nos deixou muito emocionados”.

Acima de tudo, segundo Mauro, tornar-se campeão AQHA é um sonho que coroa os 30 anos de criação do Vista Verde. “Tenho que agradecer nosso amigo e agrônomo Dr. Muradas, que me inspira e ensina sobre como criar os melhores. Especialista no nosso modo de criar, com as melhores pastagens do planeta”.

Mauro faz questão ainda de agradecer a seu filho, Marcos. “Ele me acompanha no haras e nas corridas, sendo o Gerente da Cocheira do Stud dos Amigos & Haras Vista Verde no Jockey de Sorocaba. Atua junto aos nossos treinadores Samuel e Bochecha, que merecem nossos mais sinceros cumprimentos. Assim como Djalma Macedo, um excelente jockey. Por fim, agradeço a todos os tratadores da cocheira”.

Para o criador brasileiro, foi uma honra poder participar recebendo o prêmio de Yoyo Verde no palco onde tantos se consagraram. “Estar ao lado dos melhores do mundo, aumenta nossa responsabilidade.”

He Looks Hot. Foto: Scott Martinez

Outros campeões

Inegavelmente, He Looks Hot levou o prêmio principal da noite, 2019 World Champion Racing American Quarter Horse. Portanto, é o grande campeão mundial da temporada passada, o destaque. Criado pelo famoso Dr. Ed Allred, tem uma carreira de sucesso, atingindo seu pico com essa honraria.

Ademais, ele também foi coroado champion aged horse e champion aged gelding após uma temporada que o levou a vencer cinco das dez corridas que participou. Sua premiação acumulada ano passado foi de US$ 420.036,00.

Entre seus feitos, ganhou o Los Alamitos Two Million Futurity (G1). Logo após ficar sem correr em 2015, He Looks Hot passou os quatro anos seguintes no topo. É treinado por Scott Willoughby e montado por Vinnie Bednar. Filho de Walk Thru Fire e Look Her Over, ainda foi consagrado em 2019 como AQHA Supreme Race Horse.

Ainda mais, foram premiados: aged stallion – Admiral Sting; aged mare – As And Js; gelding – Apocalyptical Jess; 3-year-old filly – Flash And Roll; 3-year-old colt – Flying Cowboy 123; 2-year-old e 2-year-old colt – Uncle D; 2-year-old filly – Cartel Jess Rockin; gelding 2-year-old – Trump My Record; distance horse – Let There Be Sound; canadian – Had To Be Ivory; mexican – Lafishingonabugsmoon; breeder – Dr. Steve D. Burns; owner – Rosenthal Ranch LLC; trainer – Christopher G. O’Dell; jockey – James A. Flores.

Outras informações: www.aqha.com/racing.

Acesse também mais conteúdos como esses no portal Cavalus

Por Luciana Omena
Fonte: AQHA
Foto de chamada: Baby Fantastic e Yoyo Verde – crédito: Jockey Club de Sorocaba