A canadense Carman Pozzobon foi a campeã da etapa durante a National Finals Rodeo, em Las Vegas

Hailey Kinsel, montando DM Sissy Hayday, confirmou, no último dia 15 de dezembro, a temporada fantástica que teve. Conquistou título de campeã mundial 2018 nos Três Tambores pela Professional Rodeo Cowboys Association. Carman Pozzobon, com Ripn Lady, terminou a NFR em primeiro na média, enquanto Kylie Weast e Hell On The Red marcaram o menor tempo de toda a Finals, 13s37.

O título de Hailey foi incontestável! Chegou à NFR liderando e venceu quatro das dez rodadas. Pontuou em seis, terminando em sétimo na média. Por tudo que fez na temporada, estabeleceu o recorde de ganhos da modalidade em um ano ao somar no total US$ 350.700,00. A marca anterior era de Lindsay Sears, com US$ 323.570,00 em 2008.

Quando chegou a Las Vegas, a cowgirl de Cotulla, Texas, tinha US$ 192.834,00. Mesmo com uma vantagem substancial sobre o resto das finalistas, nada estava definido já que muito dinheiro rola durante a NFR. Foram US$ 84.615,00 por rodada e US$ 253.846,00 distribuídos por modalidade.

Hailey Kinsel e Sister

A dupla dinâmica, Hailey e DM Sissy Hayday, encontrou seu ritmo desde o início, vencendo a primeira rodada. Logo de cara já abriu a disputa para levar vantagem. Ao ganhar mais três rounds, selou sua vitória. Antes mesmo de entrar para o décimo round, já era campeã. Hailey ganhou US$ 157.865,00 durante a NFR 2018.

Ela se diz orgulhosa de seu cavalo e se sente abençoada pelo sucesso que teve este ano. “Sister ainda tem muito mais potencial a dar, mas foi incrível nessa temporada. Ela é excelente e merece todo o crédito por esse título. Assim como toda a glória vai para Deus. Eu não poderia chegar onde cheguei sem esses dois fatores”.

DM Sissy Hayday, ou Sister, é uma égua de 2011, filha de PC Frenchmans Hayday e Royal Sissy Irish. Todo o dinheiro que Hailey ganhou na NFR foi com ela. Tudo que vez na temporada toda, foi ao lado de Sister. Com o título garantido, ela deixou sua égua guerreira descansando e entrou na arena com seu outro cavalo Thunder Stones para a rodada final.

Carman Pozzobon

“Fiquei muito empolgada em correr no TJ naquele corredor e entrar a toda na pista. Ele provou que merece estar aqui. Foi com ele que corri quando estava ainda com o Permit e estava começando a ir nos rodeios maiores. Sem ele eu não estaria aqui. Independentemente da história dessa temporada, foi com ele que comecei essa trajetória”.

Carman Pozzobon evoluiu muito bem durante essa NFR. Entrou em 15° – são 15 finalistas – e terminou como campeã da etapa e em quarto no ranking mundial. Montando Ripn Lady (Frenchs Hula Guy x Bijou Betali) somou 139s46 em dez rodadas, a menor soma. Pozzobon foi a única a fazer dez passadas sem penalidades. Na última, selou a vitória na média com um 13s68.

Jessica Routier

Natural de Aldergrove, British Columbia, Canadá, ela somou US$ 67.269,00 na NFR e chegou ao final da temporada com US$ 204.831,21 em ganhos. A amazona conta que seu objetivo não era ganhar a etapa, mas da forma como tudo foi acontecendo round a round, viu que poderia ser uma possibilidade.

“Cheguei de mansinho em Las Vegas tentando absorver tudo. E funcionou bem”, disse Pozzobon com uma risada. “Quando cheguei entre as cinco primeiras na média, achei que tinha uma chance. Então, continuei fazendo corridas limpas. E esse foi meu objetivo, fazer as dez passadas sem penalidades”. Deu certo!

Aliás, o resultado final provou que fazer uma boa NFR pode render muitos frutos. Jessica Routier se classificou em oitavo lugar e com a segunda melhor performance da Finals alcançou US$ 251.704,23 para terminar o ano como vice-campeã mundial de Três Tambores.

Amberleigh Moore também deu um salto com o terceiro lugar na etapa. Entrando na NFR em 13°, encerrou a temporada em terceiro lugar no geral, US$ 246.357,40.

Kylie Weast

Jessica Telford, esposa do treinador de Working Cow Horse, Jake Telford, também voltou para casa feliz. Chegou a Las Vegas em 14° lugar e terminou a temporada em quinto. Ficou com a terceira melhor média da Finals e somou para no ranking geral US$ 201.572,72.

O tempo mais rápido dessa NFR foi marcado no 10° round por Kylie Weast e Hell On The Red. “Tivemos uma semana de altos e baixos, mas eu sabia que minha égua tinha potencial para isso. Esperei apenas o momento certo. Sabia que precisava pedir um pouco mais dela, mesmo sendo um longo rodeio. Mas para minha primeira vez na NFR, acho que me sai bem”.

Por Kailey Sullins
Tradução e adaptação: Luciana Omena
Fotos: Kenneth Springer

Escreva um comentário