Oito vezes campeão mundial pela PRCA, laçador entrou pro ProRodeo Hall of Fame em 2002

Joe Beaver cresceu sonhando em ser um cowboy de rodeio profissional. Nascido em 13 de outubro de 1965, em Victoria, Texas, começou sua carreira no Laço aos cinco anos de idade, trilhando cabras. Essas provas são tradicionais nos Estados Unidos para crianças. Ele montava o pônei Shetland que era de sua família.

Logo, seus pais Walter e Bonnie Beaver, apostaram nele e passaram a levarem-no aos rodeios. Quando tinha oito anos, foi a cerca de dez rodeios, mas no ano seguinte, esteve em um rodeio a cada final de semana durante toda a temporada. Aos 15 anos, Beaver já se destacava para o mundo e parou de ir aos rodeios escolares para estar em etapas maiores, mais profissionais.

Joe Beaver

Quando estava com 20 anos, em 1985 – com quase 15 anos de carreira, foi Rookie of the Year pela PRCA e o mais jovem laçador de bezerros a se classificar para a National Finals Rodeo em Las Vegas. Após dez dias de intensa competição, ele deixou a ‘cidade luz’ com seu primeiro título de campeão mundial no Tie-Down Roping.

Beaver voltou a Las Vegas outras vezes e saiu coroado campeão por diversas oportunidades. Foram mais quatro títulos mundiais no Tie-Down Roping (1987-88, 1992-93) e três de All-Around (1995-96 e 2000). Foi em 2002 que ele entrou para a galeria mais importante do rodeio completo, o ProRodeo Hall Of Fame, deixando seu legado imortalizado.

Joe na NFR

Em 1999, ele já sofria com lesões. Ficou fora de boa parte da temporada e foi a Las Vegas como comentarista de televisão para a ESPN. Mas retornou em 2000 para ganhar seu terceiro título All-Around e o oitavo da carreira. E foi histórico, já que ele tinha que tirar uma diferença de US$ 75.000,00 para o líder. Ao todo, foram 22 qualificações para a NFR em Tie-Down e Team Roping.

Também foi campeão na média da NFR por quatro vezes no Tie-Down: 1987-88, 1992, 1996. Ao todo, em 34 anos que participou do circuito da PRCA, somou mais de US$ 3 milhões em prêmios como Team Roping Header (Laço Cabeça) e Tie-Down Roper (Laço Individual). Em 2014, quando atingiu essa marca, era apenas um entre cinco atletas a somarem essa quantia em ganhos.

Ensinando

Morando em Huntsville, Texas, com a esposa Jenna, que é amazona dos Três Tambores, e o filho, Brody, que também compete em rodeios, Joe se dedica agora a ministrar clínicas de laço por todo os Estados Unidos. Suas aulas são realizadas para crianças, jovens e adultos, que querem aprender ou melhorar suas habilidades. Ele também é comentarista e promotor da Labor Day Roping.

Fonte: ProRodeo, Priefert e Website Oficial
Fotos: Website Oficial

Escreva um comentário