Internacional

John Crimber: “sonho em ser campeão Mundial um dia”

Aos 16 anos, o jovem traça planos para chegar à elite do rodeio em touros desde os 4 anos de idade

Publicado

⠀em

Quando temos o privilégio de ter certeza do que queremos fazer da vida desde pequenos, traçamos planos e seguimos firmes e fortes para conquistá-los. É o caso do jovem bullrider John Crimber, que tem como meta bater recordes no rodeio em touros e ser campeão mundial pela PBR.

“Sempre, desde pequeno, quando montava em carneiros, eu já queria ser peão de rodeio”, conta João, que tem dupla cidadania (americana e brasileira). De acordo com ele, nunca se viu fazendo outra coisa, desde os 4 anos de idade. “Minha mãe diz que eu sempre falava isso quando pequeno. Meus pais sempre me incentivaram em vários esportes, mas eu sempre quis montar”.

John Crimber é filho de Paulo Crimber, ex-competidor de montaria em touros, que fez carreira nos Estados Unidos. Ao lado da mãe, Maria Amélia, e da irmã, Helena, ele vem se desenvolvendo no mesmo meio que o pai. Mas começando de modo diferente, já que por morar na América está passando por todas as etapas do rodeio escolar.

Ao contrário de que se possa pensar, o circuito escolar de rodeio nos Estados Unidos é levado à sério. Muitos dos campeões mundiais que vemos hoje, em todas as modalidades, bem como a maioria dos competidores, passaram por esse caminho.

Há opção de rodeios e eventos desde 3 ou 4 anos de idade. Começando com os rodeios em carneiros, como vemos no Brasil. E, à medida que as crianças e os jovens têm interesse, seguem nos eventos destinados as suas faixas etárias. Conforme crescem, a disputa vai ficando cada vez mais acirrada.

John Crimber sonho em ser campeão Mundial um dia
Ao lado do pai, Paulo Crimber (Nationals Finals 2021)

Trajetória de John Crimber

Talentoso e determinado, John Crimber, ou João Crimber, conquistou sua primeira grande vitória aos 14 anos. Pensando em ser um profissional no futuro, ele concorreu ao campeonato mundial da Miniature Bull Riders e foi campeão em 2019. É um torneio para jovens, que montam em mini touros, bem famoso por lá.

No final de 2020, John Crimber se classificou para a Junior World Finals, uma competição para jovens atletas. O evento aconteceu paralelamente à National Finals Rodeo e ele terminou em sexto lugar. Quando entrou no colegial, em 2021, seguiu competindo nos rodeios do Texas e seus êxitos só aumentaram.

São quatro anos de High School e logo como calouro (Freshman), em seu primeiro ano no colegial, John Crimber conquistou todos os títulos à disposição dos atletas. Venceu o circuito do Texas da High School Rodeo Association, na Montaria em Touros, pela Região 3.

Com a vitória, ganhou vaga para a State Finals, que é a final entre todas regionais da High School Rodeo Association, todos os estados. Mais uma vitória para o talentoso competidor. Que seguiu para a disputa da National High School Finals Rodeo, representando o Texas. Fivela de ouro novamente.

“Para mim, foi muito importante representar o Texas na State Finals e a Região 3, que eu monto para classificar. Depois que ganhei a State, fui para a Nationals Finals, também representando o Texas. O nosso Estado é um dos mais difíceis para classificar, então para mim foi muito importante”, comemora.

“Acima de tudo, vários cowboys de renome hoje já ganharam a Nationals quando estavam na High School. É um título e muito Importante aqui para o circuito americano. E eu ainda ganhei no meu primeiro ano no colegial. Fiquei muito feliz mesmo”.

John Crimber sonho em ser campeão Mundial um dia
Durante a National High School Finals Rodeo

Futuro a curto prazo

De Freshman ele passou a Sophomore, como são conhecidos os alunos do segundo ano do colegial. Mais uma temporada de sucesso e novamente a classificação para a final estadual após vencer, outra vez, a temporada da Região 3.

Aguarda, então, a State Finals, que acontecerá dia 4 de junho, em Abiline, Texas. E se passar, John Crimber estará novamente na Nationals Finals.

Além de tirar boas notas, só assim para se manter no time do colégio de Decatur, Texas, John Crimber também disputa rodeios em equipe. E ainda alguns rodeios a YBR – Youth Bull Riders e o Junior Rodeo Champion. Outra competição que está indo bem é pela North Texas High School Rodeo Association.

“Agora, pela minha idade, estou competindo em touros maiores. Vou a todos esses campeonatos até completar 18 anos e poder competir profissionalmente na PBR”.

John Crimber sonho em ser campeão Mundial um dia
Montando esse ano no Tuff Hedeman Bull Riding

Em busca do topo

Aos 16 anos, John Crimber sempre foi ligado em esportes. Já jogou futebol americano, por exemplo, mas hoje dedica sua vida ao rodeio. “Eu prefiro montar, o rodeio é a minha vida”.

E ele não tem medo em dizer: “meu sonho é ser campeão mundial um dia. Eu luto por isso. E quero, sim, quebrar todos os recordes que eu puder”. Para que isso seja possível, ele lapida seu talento nato com muita dedicação.

“Eu treino toda semana e me preparo para os rodeios do final de semana. Gosto de treinar. Meu pai e os meninos aqui me ajudam muito. Como o José Vitor leme, o Luciano de Castro, o João Ricardo Vieira, que já são profissionais consagrados. Eles me incentivam bastante e eu gosto de estar perto deles”.

Além de ter certeza desde cedo de que queria ganhar a vida como peão, John Crimber também está certo de que pode chegar ao topo do mundo. “Sou agradecido a Deus e espero um dia estar perto de todos eles [os brasileiros profissionais] na PBR. Montando com eles e realizando rodos os meus sonhos”.

Aos 18 anos poderá começar como profissional. E esse é o próximo objetivo. Ele não pensa em fazer faculdade, por enquanto. Quando chegar a idade, quer entrar no circuito da PBR. “Eu já conversei sobre isso com meus pais”, reforça.

E os sonhos vão muito além de chegar à fivela dourada. John Crimber quer bater recordes. “Almejo fazer a final mundial com 18 anos, igual o meu pai fez. Mas quero muito ganhar o campeonato mundial e o Rookie of the Year (novato do ano) no meu primeiro ano disputando pela PBR. Vou lutar por isso e, se Deus quiser, vou conseguir.”

Por Luciana Omena
Crédito das fotos: Arquivo Pessoal

Mais notícias no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads