Marcos Alan Costa e Keyla Polizello também estiveram nesse rodeio

Algumas etapas selecionadas da temporada da Professional Rodeo Cowboys Association contam para um campeonato paralelo o 2019 Prorodeo® Tour. Começou em Denver, Colorado, e terminará em Pendleton, Oregon. Então, além do ranking mundial, medido em dinheiro ganho nas etapas, os competidores também tem a chance de se classificar para a final do Tour. São dólares importantes a serem conquistados quando a temporada chega perto de encerrar.

Ainda temos muito chão pela frente, mas o que interessa no momento é que Junior Nogueira conquistou o segundo lugar junto ao seu parceiro Kaleb Driggers no Team Roping. Eles estiveram no Clark County Fair & Rodeo, em Logandale, Nevada, de 10 a 14 de abril, o 11° rodeio da temporada a pontuar para o tour. O resultado final foi definido na média, tendo Juninho e Kaleb somado 16s.

Junior Nogueira

Na primeira rodada, ficaram em terceiro lugar com um boi de 5s1. O mesmo tempo que marcaram no segundo round, para empatar em sétimo lugar. Suficiente para classifica-los para a rodada final. Na decisão, laçaram em 5s8, empatados, dividindo o prêmio de terceiro lugar, mas ficando com o segundo na somatória. Para o ranking, somaram mais de US$ 5.600,00 de premiação em toda a etapa.

O total de ganhos dele no ranking aumentou para US$ 30.134,77, mas o 12° lugar se manteve. Após Logandale, Juninho e Kaleb ficam na Califórnia por um mês laçando provas e rodeios nessa região. Depois voltam para casa, se dedicando aos rodeios sediados mais perto, para então começarem a maratona da temporada de verão em julho. “Ai começa aquela correria. Entrando na reta final de classificação para a NFR em um momento importante da temporada”, conta Juninho.

Marcos Alan Costa também esteve em Logandale. Pontuou apenas segunda rodada do Tie-down Roping, com uma laçada de 8s6. Nesse rodeio, eram dois rounds, e os melhores dez tempos só avançavam. Ele ganhou a premiação desse round, US$ 1.633,00, e segue, degrau por degrau, em busca de uma vaga na classificação final para a National Finals Rodeo. Seu nome ainda não aparece entre os 50 melhores do ranking, mas talento e garra ele tem para recuperar o tempo fora por conta de cirurgias.

Clark County Fair & Rodeo

Sua esposa, Keyla Polizello, também fez uma boa passada nos Três Tambores nesse rodeio, fez a melhor da noite na sexta, 17s79, mas não se classificou. “Eu estava fazendo a final com esse meu tempo. Esperei mais 20 meninas se apresentaram e entrou ate 17s74. Por pouco não entrei para a final, mas fiquei muito feliz por ter feito um tempo bem parelho com os demais cavalos. É um rodeio grande, muito difícil de entrar, com muitos conjuntos de ponta da modalidade”, contou a brasileira.

A PRCA destacou a vitória de Taz Olson no Steer Wrestling. Ele fará uma pausa para estar em casa, na cidade de Prairie City, South Dakota, e ajudar seu avô e seu pai na fazenda da família. Chegará, no entanto, com um grande sorriso no rosto. O atleta de 24 anos finalizou sua participação com um tempo de 4s, o que lhe deu a menor soma, 14s5 e a vitória em Logandale.

Taz Olson

Em sua quarta viagem a essa etapa, foi a primeira vez que ele levou para casa qualquer tipo de prêmio. Feliz ainda mais por ter chegado à vitória e a soma de US$ 5.500,00. “É a primeira vez que ganho dinheiro lá e isso é muito legal. Foi um bom momento. Eu sempre gostei daquele rodeio, especialmente da boiada”. Com a premiação, saltou de 37° no ranking mundial para 24° lugar, US$ 19.113,86.

Após alguns dias com a família, ele retorna em maio, para a etapa de Guymon, Oklahoma. A premiação total foi de US$ 246.318,00 e também foram campeões: Bareback Riding – Austin Foss (172 pontos); Team Roping – Garrett Rogers/Jake Minor (15s9); Saddle Bronc Riding – Isaac Diaz (174 pontos); Tie-Down Roping – Tuf Cooper (27s6); Barrel Racing – Leia Pluemer (35s01); e Bull Riding – Stetson Wright (174 pontos).

Por Luciana Omena
Fonte e Fotos: PRCA

Escreva um comentário