Internacional

Lucas Divino emplaca sua segunda vitória na série principal da PBR

Ainda lutando com uma lesão na mão direita, brasileiro se mantém firme no top 10 do ranking mundial

Seguindo o formato do final de semana passado, a PBR realizou mais uma etapa de portões fechados na Lazy E Arena, em Guthrie, Oklahoma. Estiveram por lá os 35 mais bem posicionados no ranking mundial no momento – tirando os que estão fora por lesão -, já que se tratou da Unleash the Beast – a série principal da associação. O campeão foi Lucas Divino, somando ao ranking 102 pontos e US$ 18.250.

Dessa forma, Lucas Divino teve 100% de aproveitamento em todos os touros que montou. Primordialmente, o terceiro round foi de deixar os fãs que assistiam ao vivo pelo RidePass de boca aberta. Dos 15 finalistas, apenas três paradas e todas na casa dos 90 pontos. E, justamente, dos três atletas que brigaram pelo título da etapa.

Lucas Divino era o mais bem pontuado e teve o poder de ser o primeiro a escolher o touro que montaria na rodada decisiva. Selecionou Chiseled, o touro número 2 na atualidade e um dos mais temidos. Quer dizer, depende do ponto de vista, já que quem deseja pontuar bem não deve temê-lo. Vale lembrar, antes de mais nada, que Rubens Barbosa montou Chiseled  na PBR World Finals 2019 e marcou 95,75 pontos.

E foi com esse segundo pensamento que o brasileiro se preparou para enfrentá-lo. Quando a campainha soou os oito segundos e sua nota veio, 90,75 pontos, título confirmado da etapa e mais do que merecido. Lucas Divino saiu de 12° para sétimo lugar no ranking mundial com a vitória e agora tem 458,50 pontos de diferença para o líder.

Etapa

O campeão havia vencido pela primeira vez na Unleash the Beast no começo de março, na etapa de Kansas City. Curiosamente, no mesmo final de semana, outro brasileiro, Alex Cerqueira, venceu uma etapa do Velocity Tour em North Charleston. E os dois estão juntos novamente, só que dessa vez Alex na série principal e ocupando o segundo lugar em Guthrie. Foi o outro competidor a parar nos três touros do rodeio.

Bem posicionado logo após as duas primeiras rodadas, foi o segundo a escolher o boi que montara na final e selecionou ninguém menos que SweetPro’s Bruiser. Touro tricampeão mundial, o melhor da temporada até o momento. Fez uma montaria de arrepiar e marcou 91,25 pontos, carimbando o segundo lugar. Somou 78 pontos e US$ 14.625 para o ranking mundial e subiu 26 posições – agora é o 22° colocado.

Stetson Lawrence ficou em terceiro lugar na etapa, embora tenha marcado 91,25 pontos na terceira rodada também. Contudo, com duas paradas ao todo. Cody Teel foi o quarto, enquanto Silvano Alves ficou com a quinta posição. O brasileiro, tricampeão do mundo, marcou outro recorde pessoal ao alcançar sua 415ª montaria de oito segundos. Pontuaram ainda pelo Brasil Amadeu Campos Silva (7°) e João Henrique Lucas (9°).

A PBR agora faz uma pausa para retornar dias 20 e 21 de julho com o Last Cowboy Standing no tradicional Cheyenne Frontier Days. Antes disso, a PBR está programando dois eventos inéditos para o mês de junho.

Lucas Divino emplaca sua segunda vitória na série principal da PBR Ainda lutando uma lesão na mão direita, brasileiro se mantém firme no top 10 do ranking mundial
Silvano Alves em sua 415ª montaria válida na PBR americana

Mundial

O líder do campeonato mundial da PBR, o brasileiro José Vitor Leme não competiu no domingo. Na noite de sábado, ele machucou algumas costelas ao desmontar de MAGA em 1s84 logo na primeira rodada. A boa notícia, no entanto, é que a lesão não deve ser séria.

De acordo com o diretor de medicina esportiva da PBR, Rich Blyn, não há indícios de que Leme tenha quebrado as costelas pela segunda vez nesta temporada. Antes de mais nada, o líder perdeu dois eventos esse ano por conta de fratura em três costelas na etapa de Kansas City. Recuperado ele segue em busca do título mundial.

Vitinho tem agora 778,50 pontos, 235 a ais que o segundo colocado, Jess Lockwood. Que se mantém em segundo mesmo estando fora temporariamente para se recuperar de uma cirurgia no joelho.  João Ricardo Vieira, Daylon Swearingen e Kaique Pacheco completam o Top 5.

Fonte e Fotos: PBR
Tradução e adaptação: Luciana Omena

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus