Brasileiro aumentou seus ganhos e melhorou sua pontuação no ranking mundial

Foram 24 etapas realizadas pela PRCA no período de 5 a 10 de julho. O ‘Natal’ dos cowboys e cowgirls segue quente no verão americano, uma das melhores oportunidades para somar pontos importantes ao ranking mundial. O campeonato entrou em sua reta final já que o prazo para encerramento da temporada é final de setembro. Com muitos e importantes rodeios acontecendo desde o começo de junho, os atletas ficam quatro meses na estrada em busca do sonho de estar classificado para a cobiçada National Finals Rodeo.

Estes Park

Acompanhamos todos os resultados, na medida do possível, é claro, mas um em especial. O brasileiro Junior Nogueira está entre os dez melhores no Laço Pé e somou quase dez mil dólares, até o momento, a mais do que tinha na semana passada, e isso é muito especial. Se posicionou na zona de premiação em três rodeios e qualquer dólar somado é essencial. Ele busca seu primeiro título mundial em sua modalidade. Sua trajetória em quase cinco anos de América é invejável: entrou em todas as NFRs desde que mudou para os Estados Unidos, tem um título mundial All-Around e dois vices no Laço Pé.

Dustin Egusquiza e Kory Koontz quebraram
recorde em Oakley City

No St. Paul Rodeo, em Saint Paul, Oregon, de 3 a 7 de julho, Kaleb Driggers e Junior Nogueira fizeram o terceiro melhor tempo no segundo round, empatados com Jake Cooper/Logan Medlin, Andrew Ward/Reagan Ward, 4s5, somando US$ 2.009,00 cada um. Porém, na soma dos dois rounds, o brasileiro não se classificou entre os premiados do resultado final. Foram campeões Garrett Rogers/Russell Cardoza e Kolton Schmidt/Cole Davison, com 10s. Um recorde foi quebrado nesse rodeio, quando Rowdy Parrott marcou 3s4, o menor tempo no Bulldog da arena.

No mesmo período, 4 a 7 de julho, o Oakley Independence Day Rodeo, em Oakley City, Utah, Kaleb Driggers e Junior Nogueira, com 4s0, foram terceiro lugar, ganhando cada um US$ 3.116,00. Outra quebra de recorde nesse rodeio. Os campeões no Team Roping Dustin Egusquiza e Kory Koontz marcaram 3s5, o menor tempo da arena. O recorde anterior desse rodeio era de Kaleb e Juninho e John Alley/Clark Adcock, 4s1 marcados em 2016, e também de Charly Crawford/Joseph Harrison, que igualaram o tempo em 2017.

Juninho e Kaleb recebem premiação pelo menor
tempo no dia 8 de julho em Estes Park

Encerrado dia 10 de julho, o Rooftop Rodeo, em Estes Park, Colorado, tinha Kaleb Driggers e Junior Nogueira na liderança até a última rodada, com 4s4. Tendo começado dia 5, os competidores em todas as modalidades se apresentam por turmas, é um rodeio de uma só passada, e aguardam até que o último entre em pista para definir o resultado final. Ao término do rodeio, Juninho e Kaleb encerraram sua participação em terceiro lugar, somando US$ 3.506,00.

Em nossa última atualização, dia 5 de julho, após os rodeios do feriado da Independência dos Estados Unidos, Juninho somava US$ 40.738,27 e estava em nono lugar no ranking. Hoje, 12 de julho, dia que esta matéria está indo ao ar, após mais uma semana intensa de etapas, sua soma é   US$ 49.352,29 e ele ocupa a sétima colocação. Os três rodeios citados acima contaram para o ranking. É sempre bom lembrar que dos mais de 650 rodeios anuais, entram para o ranking de cada competidor apenas 75 resultados, escolhidos por eles previamente.

Juninho e Kaleb estão, por hora, aparecendo na zona de premiação do Pikes Peak or Bust Rodeo, em Colorado Springs, Colorado. Marcaram 5s5 e estão em segundo lugar. O rodeio termina dia 14.

Também estamos de olho no tricampeão mundial pela PBR Silvano Alves, que no momento é o 39° do ranking mundial – subiu uma posição – em Montaria em Touros, com US$ 24.329,21. Classificaram para a NFR os 15 melhores e o sonho do brasileiro é disputar a final mundial. Se não for possível esse ano, ele já alegou que irá tentar em 2019.

Por Luciana Omena
Fonte e Fotos: PRCA

Escreva um comentário