Internacional

Irmãos Taboga competem juntos no NCHA Futurity após 4 anos

Evento acontece no icônico Will Rogers Coliseum, em Fort Worth, Texas, de 14 de novembro a 10 de dezembro, com milhões de dólares em jogo

Publicado

⠀em

Irmãos Taboga competem juntos no NCHA Futurity após 4 anos

A maior competição de Apartação do calendário mundial está acontecendo Fort Worth, Texas, no Will Rogers Coliseum. O NCHA Futurity é uma prova exclusiva para animais de três anos, que estão estreando nas pistas. Em 2022, serão 27 dias de evento – 14 de novembro a 10 de dezembro, abrigando além do potro do futuro Open, Non Pro e Amador, o campeonato mundial e leilões.

O primeiro NCHA Futurity aconteceu em 1962 em Sweetwater, Texas. O evento mais esperado da Apartação na temporada cresceu nos últimos 60 anos, e hoje recebe mais de 2.100 inscrições de todo o mundo e paga milhões de dólares em premiações. Entre os conjuntos que competiram nas duas primeiras passadas do NCHA Futurity Open, os irmãos Taboga. Juntos em pista novamente após quatro anos.

Irmãos Taboga competem juntos no NCHA Futurity após 4 anos
Rodrigo Taboga apresentou dois cavalos de criadores brasileiros no NCHA Futurity 2022; nessa foto, ele com Hot Candid Cat

Rodrigo Taboga mora nos Estados Unidos desde 2018, enquanto Luis Fernando Taboga permanece no Brasil. Os dois não se viam há quatro anos, e com a oportunidade de apresentar dois cavalos na competição, Luis pode rever o irmão e também montar junto, como sempre fizeram desde criança.

“O Luis foi ficar um mês com o Rodrigo. Ele volta ao Brasil dia 14 de dezembro e eu vou com o Carlos dia 24 para ficar até maio do ano que vem. O Carlos vai ajudar o Rodrigo a trabalhar com os potros, um projeto que eles têm. Além de ver os meninos juntos em pista de novo, foi muito legal que eles não se viam praticamente desde que o Rodrigo foi morar nos Estados Unidos”, conta orgulhosa Luzia Taboga.

Irmãos Taboga competem juntos no NCHA Futurity após 4 anos
Luis Fernando Taboga e Prince em ação no NCHA Futurity 2022

Infelizmente, os Tabogas não passaram para a fase final do NCHA Futurity. Cada um apresentou dois potros. Rodrigo avançou para a segunda rodada com Hot Candid Cat (Hottish x Cancan Kitty), do criador brasileiro Norberto Soares Leite, mas por dois pontos ficou fora da zona de classificação para a Semifinal. Já Luis foi melhor com Prince (Sigala Rey x Queen Of Hots), mas acabou não entrando em pista na segunda passada.

Armando Costa Neto, que mora nos Estados Unidos, José Roberto Cavalcante e Lucas Araújo, que viajaram do Brasil, também competiram na primeira passada da Open. A melhor soma foi de Kenneth Platt e Countin, 440 pontos em duas rodadas. A nota de corte foi 433,5, classificando 78 conjuntos para o dia 9 de dezembro. A grande final acontece no dia 10. Resultados completos, clique aqui.

Por Luciana Omena • Redação Cavalus
Crédito das fotos: Seth Petit/Divulgação NCHA

Mais notícias de Internacional no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads