Após recente vitória, o laçador conta um pouco de como tudo começou

Catcher Gasperson, 14 anos, é de Decatur, Texas. Ele vem fazendo uma temporada muito boa esse ano. Recentemente, ganhou a categoria Junior NFR #10 no Panhandle Classic, em Amarillo, Texas, e no Oklahoma Winter Championships, em Guthrie, Oklahoma. As duas vezes laçando com seu amigo Taylet Rademacher.

Quando ele tinha cinco anos de idade, aprendeu a laçar com seu pai, Willy. Desde então, são nove anos competindo na modalidade Team Roping. Ele gosta mais de laçar pé, acha que se sente bem e se dá melhor nas provas. Sempre amou mais laçar pé do que cabeça.

Catcher Gasperson

Ele tem laçado com Taylet Rademacher nos últimos tempos. Os amigos se conheceram indo a provas e rodeios juntos. É muito comum que parcerias se formem após algum tempo os laçadores se encontrando em provas e rodeios. Mesmo que não haja uma amizade antes, ao observar o estilo de determinado laçador, é crucial para escolha de um novo parceiro.

Gasperson ama laçar, o faz desde muito novo. Mas o futebol também o encanta. É o esporte preferido da maioria dos garotos, e que na vida do jovem laçador divide seu tempo entre o laço e os treinos no campo. Nos jogos pelo seu time da escola, ele atua de ponta-esquerda.

Nas últimas conquistas pela categoria Junior NFR #10, Gasperson vem montando Graysons Peppy, seu cavalo de Pé, de cinco anos de idade. Ele e o pai o compram ainda potro, de um amigo. E eles mesmo que fizeram toda a doma e o iniciaram no treinamento para o Laço.

Como todo o jovem que se preze, os sonhos de Gasperson incluem chegar à National Finals Rodeo um dia, a grande final mundial da Professional Rodeo Cowboys Association, e ganhar a tão sonhada fivela de ouro. Para ser campeão mundial ele sabe que é preciso muito treino e disciplina.

Antes de chegar à grande meta de sua carreira no Laço, ele persegue o título da Junior NFR #10 esse ano. Entre seus ídolos, está Kaleb Driggers, o parceiro do brasileiro Junior Nogueira, ambos atuais líderes do ranking mundial. E ele escolheu Kaleb porque, em sua opinião, é o melhor cabeceiro do mundo.

Fonte: Chelsea Shaffer/ The Team Roping Journal

Escreva um comentário