Foram US$ 38 mil em prêmios e prova inédita de Working Cow Horse aconteceu em Edmonton, Alberta, Canada

Cavalos altivos e atléticos estão chamando a atenção em grandes eventos canadenses, provando mais uma vez que os Paints são verdadeiramente marcados pela grandeza. Durante o Canadian Snaffle Bit Futurity, que realizou sua primeira edição, em Alberta, no começo de novembro, Noreen Fenske e Spooks Delta Dude deram show.

Noreen apresentou seu garanhão de 2007 bay tovero, filho de Spooks Gotta Gun e Deltas Spicy Diamonds para ficar com o título da categoria Non Pro Bridle. ‘Spook’ foi criado por Jim e Cheryl Lucas, de Trout Creek, Montana, e treinado por sua dona.

Noreen Fenske e Spooks Delta Dude recebem a premiação

“Fui para esta competição para encerrar a temporada de forma suave neste final de ano. Nessa prova, fizemos uma performance muito boa, que sei que somos capazes de fazer o ano todo”, disse Noreen. “Nosso primeiro boi teve que ser trocado por estar muito agitado. Mas o segundo foi exatamente o que precisávamos. Sabia que tínhamos feito um bom trabalho, mas não esperava que fosse ganhar!”

A vitória deixa Noreen feliz ainda mais por ser a volta por cima do garanhão, que só recentemente se recuperou de um problema no casco, incorrido na primeira prova da temporada.

Enquanto não estava em pista, Spook viu seus filhos brilharem. DFN Spooky Cat, um alazão tovero castrado de 2015, conquistou campeonatos tanto na Aberta Limitada quanto na Aberta com o treinador Tyler Darroch, de Yorkton, Saskatchewan, Canadá. Até agosto de 2017, Noreen não tinha mexido muito com ‘Little Larry’.

DFN Spooky Cat

Mas Tyler a incentivou e disse que o cavalo ia se dar bem nas pistas de Working Cow Horse. E isso já começou a acontecer. “Foi mais do que incrível vir a um evento tão grande e ter os dois cavalos voltando para casa como campeões. Espero que tenhamos aberto mais olhos das pessoas para o fato de que os Paints também podem ser cavalos de Cow Horse”.

Uns dois meses atrás, um Paint subiu ao pódio no Canadian Supreme Cutting, que aconteceu em Calgary, Alberta, Canadá. Frecknsweet, uma égua red roan de 2015 (Sweet Lil Pepto (QH) e Dandy Lil Freck), foi campeã da Aberta, no World Futurity, e também do Canadian Supreme Open Futurity, com Dustin Gronnet. Somou mais de US$ 16.000,00 nessa prova e é de propriedade de Doug e Angie Wiens, de British Columbia, Canadá.

Outros resultados, clique aqui.

Fonte e Fotos: APHA

Escreva um comentário