Parceiros durante décadas, desde 2011 Houston optou por seguir um modelo próprio de competição que fez sucesso entre o público

A Professional Rodeo Cowboys Association e o Houston Livestock Show & Rodeo anunciaram em outubro do ano passado uma nova parceria. O RodeoHouston, um dos maiores e mais famosos rodeios do mundo, volta a fazer parte do calendário da PRCA, a maior e mais antiga entidade do rodeio mundial.

Com 19 dias de duração, a principal competição do RodeoHouston, que reúne 40 competidores em cada uma das sete modalidades do rodeio completo, distribui mais de 1,8 milhões de dólares em prêmios. O campeão de cada modalidade embolsa 50 mil dólares pela vitória, além da premiação acumulada durante os rounds.

“Nossos atletas ficarão animados ao ver o RodeoHouston e a PRCA trabalhando juntas novamente, sabendo que a vitória em Houston terá um grande impacto enquanto perseguem seus sonhos de uma fivela de ouro”, declarou George Taylor, diretor executivo da PRCA.

Com uma parceria que durou décadas, o RodeoHouston deixou de ser sancionado pela PRCA em 2011, após a diretoria de ambos não entrarem em acordo devido ao formato da competição. A PRCA padroniza o formato dos eventos que sanciona, variando de acordo com a quantidade de dias de cada evento, mas não permite formatos fora do pré-estabelecido em seu regulamento.

Em 2008, buscando tornar a competição na arena mais atrativa devido a diminuição do interesse do público, a organização do RodeoHouston pediu uma autorização especial a PRCA. Queria colocar em prática um formato próprio, dividindo os competidores em cinco grupos, onde cada grupo competia durante três noites seguidas.

Além disso, o novo formato previa definir a lista de atletas que iria participar da competição com meses de antecedência. E o dia que cada um iria para a arena, permitindo assim um trabalho de mídia muito maior em cima dos atletas. No formato tradicional da PRCA, são feitas inscrições e o dia que cada atleta compete é definido pelo sistema, poucos dias antes do evento.

A autorização especial foi concedida por três anos, como forma de teste e obteve muito sucesso na avaliação dos organizadores, causando grande impacto perante o público. Porém, a diretoria da PRCA, que na época passava por reformulações, decidiu não renovar a autorização, exigindo que o RodeoHouston voltasse ao formato tradicional para poder continuar sendo sancionado pela entidade.

Diante do sucesso da competição nos três anos, a organização do evento preferiu romper com a PRCA e seguir com seu próprio modelo. De acordo com a direção do RodeoHouston o público total do estádio onde ocorre as competições e os shows aumentou quase 15% nos últimos dez anos. Sendo nítido um interesse muito maior em relação as montarias e as provas cronometradas.

Esta retomada da parceria é importante principalmente para a PRCA, que vem sem grande brilho nos últimos anos e nesta temporada ainda viu o lançamento da WCRA – World Champions Rodeo Alliance. Uma nova entidade que surgiu da extinta ERA – Elite Rodeo Athletes e chegou ao mercado em parceria com a PBR – Professional Bull Riders.

Coincidentemente, durante o lançamento oficial da WCRA em maio de 2018, o diretor executivo da PBR, Sean Gleason, citou o RodeoHouston quando declarou que a PRCA não reconhecia as necessidades dos organizadores. Principalmente em relação a formatos e por isso alguns grandes eventos preferiram realizar competições independentes, ao invés de ser sancionado pela entidade.

Logo em seguida, a PRCA anunciou uma parceria com o The American, o rodeio que paga a maior premiação em apenas um dia de competição, dando o primeiro passo para uma possível flexibilização em relação a aceitar o formato de grandes eventos. A volta da parceria com o RodeoHouston reafirma isto, demonstrando a preocupação da diretoria em evoluir para não perder mercado e público.

O comunicado oficial das duas entidades declarou que é um acordo para vários anos, mas não especificou quantos. Tudo o que se sabe a princípio é que a PRCA vai permitir que o RodeoHouston mantenha o formato que utiliza a mais de dez edições e que se tornou sucesso perante a mídia e o público.

Colaboração: PrimeComm
Fotos: RodeoHouston

Escreva um comentário