Internacional

Ramon de Lima dá volta por cima ao vencer PBR Little Rock

Ano passado, nessa mesma etapa, o brasileiro entrou no corte da divisão principal por não figurar no Top 35 do ranking

O 2020 Bad Boy Mowdown foi uma doce redenção para o atleta brasileiro de Montaria em Touros Ramon de Lima. Eliminado da turnê principal da PBR ano passado nesse evento, foi o único com 100% de aproveitamento neste final de semana ficando com o título. A etapa de Little Rock, Arkansas, aconteceu dias 6 e 7 de março.

Dessa forma, em sua trajetória para a vitória, Ramon de Lima (foto) empatou com a quarta melhor nota na primeira rodada, 85,25 pontos. O segundo boi que montou na Simmons Bank Arena foi Rocket Man para 87,50 pontos. O brasileiro de 29 anos selecionou para o round final Big Black. Marcou 90,5 pontos, a maior nota da etapa, para ficar com o título.

“Cowboys têm altos e baixos. Então, nunca parei de acreditar em mim mesmo. Em resumo, consegui marcar minha primeira montaria na casa dos 90 pontos da carreira”, comenta Ramon de Lima logo após sua vitória. “Eu sabia que Big Black era um grande touro e que poderia dar uma ótima nota. Estava preparado e funcionou muito bem”.

Por seu desempenho, incluindo a vitória na rodada final, o brasileiro ganhou US$ 45.203,97 e 116 pontos para o ranking mundial. Antes de mais nada, a primeira metade da PBR Unleash The Beast se aproxima e ele agora é o 8° colocado na classificação do campeonato.

Ramon de Lima se redime ao vencer PBR Little Rock
João Ricardo Vieira

Outros resultados

Em sua primeira etapa na elite da PBR, Andrew Alvidrez foi o segundo colocado. Único com duas paradas em Little Rock, agora é o 22° do ranking. Em conclusão, os demais competidores todos ou tiveram apenas uma parada ou não obtiveram êxito.

Entre os que conquistaram apenas uma nota, a de João Ricardo Vieira foi a maior. Dessa forma, o brasileiro foi terceiro colocado na etapa de Arkansas. Aliás, foi sua única montaria nesse rodeio, já que viajou depois para Arlington, para competir o The American. Começou bem, portanto, o final de semana.

Sua nota foi 89,50 em Crossover. Por essa atuação, somou 56 pontos ao ranking mundial. João Ricardo permanece na terceira colocação da classificação geral, contudo, com uma diferença menor para os dois primeiros colocados. José Vitor Leme, líder, e Jess Lockwood não competiram por estarem fora devido a lesões.

“Sinto falta do José e do Jess. Essa competição não é contra seus amigos, mas sim contra os touros. Sem eles na etapa, fica a expectativa que eu assuma a liderança do campeonato, mas fico triste de competir sem eles”, afirma João.

Marco Eguche foi o quarto colocado. O campeão da final mundial 2018 adicionou pontos importantes. Assim sendo, foram US$ 9.158,97 e 41 pontos, que o colocam em 14° no ranking. Pelo Brasil, pontuaram ainda: João Henrique Lucas (7°), Dener Barbosa (8°), Kaique Pacheco (9°), Claudio Montanha jr (10°) e Fabiano Vieira (12°).

Dias 14 e 15 de março a PBR estará para a próxima etapa em Duluth, Georgia. Vale destacar que das nove etapas da temporada atual, seis tiveram brasileiros vencendo.

Fonte e Fotos: PBR
Tradução e adaptação: Luciana Omena

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus