Internacional

Rodrigo Taboga fez história em Apartação pela NCHA em Fort Worth

Brasileiro conquistou ontem (28) o terceiro lugar na final da NCHA Limited Open no Will Rogers Memorial Center

“Somente agradecer pelas bênçãos de Deus! Orgulho infinito de mãe e pai”! Foi assim que Luzia e Carlão Taboga deram a notícia de que o filho deles, Rodrigo Taboga, estava no pódio em Fort Worth. Depois de tantas conquistas, ele adicionou uma muito importante, fez história. Ficou com o terceiro lugar no NCHA Limited Open Futurity.

Rodrigo Taboga
Rodrigo, Luis Fernando e Nila

Distribuindo aproximadamente US$ 4 milhões em prêmios, o NCHA Futurity, para cavalos de três anos hípicos, é a prova mais aguardada da temporada mundial de Apartação. Começaram essa disputa, no dia 15 de novembro, 541 cavalos. No dia 9, três semanas e meia depois, o campeão será conhecido.

Antes disso, a final da categoria Aberta Limitada, destinada a cavaleiros da Open que ganharam menos de US$ 200.000,00 nos últimos dois anos. Portanto, funciona assim: todos os inscritos fazem o primeiro go, há uma nota de corte, uma quantidade menor avança para a segunda passada.

Rodrigo Taboga
Beau, Nila e Rodrigo

Concluído o segundo go, 65 conjuntos foram direto para a semifinal e ainda para quem está na faixa da Limited, 29 fizeram a final ontem. Rodrigo Taboga apresentou dois cavalos, foi com os dois para a segunda passada e passou com The Dewd, de propriedade de Alvin Fults, para a final do Limitado. E ainda, de quebra, também está na semi. Ou seja, ainda pode fazer muito mais história até o final do evento.

Sua nota na final de ontem foi 218. Ele está morando nos Estados Unidos desde agosto desse ano e faz parte do time do renomado treinador Beau Galyean. De pertinho, além de Galyean e família, Rodrigo tem o apoio constante de sua esposa Nila Mesquita Martins e do irmão. Luis Fernando Taboga também treinador. De longe, com o coração cheio de alegria, os pais. E claro, todos nós, seus fãs.

Premiação

“Uma experiência incrível. Tenho somente que agradecer a Deus; a Nila que está sempre do meu lado; ao Beau Galyean, pela oportunidade; meu irmão que veio e me ajudou muito dentro da pista, ele foi meu rebatedor de linha de fundo”, agradeceu Rodrigo.

Rodrigo Taboga
The Dewd

Ele reforça que está montando um cavalo muito bom. “Sabíamos que por ser final, precisávamos arriscar um pouco. Tentamos escolher uns bois mais ligeiros e deu tudo certo. O terceiro lugar é um ótimo resultado, estamos muito felizes. Está sendo incrível!”

Ficou com o título do NCHA Limited Open Futurity Kody Porterfield, com Cat Gethr, nota 223. Greg Wright, com Reycan In The Cash, assegurou a segunda posição no pódio, com 219 pontos.

A semifinal da Open acontece no dia 8 de dezembro, com a final dia 9. Até lá, está rolando as provas da Non Pro também e a final do World Series of Cutting, o campeonato mundial da NCHA, com a presença de grandes cavalos. Uma batalha épica entre Dont Stopp Believin, PG Heavily Armed e Hashtags.

Hashtags ainda lidera o ranking do World Series, mas Dont Stopp Believin vem logo atrás, ganhou a primeira passada, assim como PG Heavily Armed, a melhor nota da segunda passada. O título do campeonato mundial NCHA de Apartação será definido no sábado, dia 1°, mas antes os finalistas fazem a terceira passada hoje (29). Todos os resultados: nchacutting.com/shows/futurity.

Rodrigo Taboga
PG Heavily Armed e James Payne. Foto Hart Photography

Por Luciana Omena
Fotos: Cedidas