A maioria dos meninos que montam em boi, têm o laço como segundo esporte, utilizando os cavalos para o lazer e vez ou outra ganham um dinheirinho em provas nos Estados Unidos

Campeão mundial pela Professional Bull Riders, ganhou o título em 2008. Já foi por quatro vezes o segundo melhor do mundo pela PBR (2005 a 2007 e 2012). É um dos competidores mais queridos por todos os fãs de montaria em touros. Estou falando dele mesmo, Guilherme Marchi. Quando não está nas arenas, entre outros afazeres, passa um tempo com seus amigos, também competidores de montaria em touros, treinando laço em dupla.

Sempre que a agenda permite, Guilherme laça em algumas provas, como as da USTRC e as provas de um dia da NRS que acontecem toda semana em Decatur, Texas, cidade que ele reside nos Estados Unidos. Pouco antes de arrumar as malas para a última etapa da PBR em San Jose, Califórnia, ele foi até o NRS Ranch encontrar os amigos, entre eles os brasileiros que foram para laçar na final da USTRC, e voltou para casa com um cheque na mão. No Jackpot de quarta-feira (18), na somatória 13, foi campeão com Justin, seu parceiro. Cada um paga um valor mínimo para a inscrição e a premiação é um rateio até terceiro lugar em  cada categoria. É como se fosse o famoso ‘bolão’ ou ‘treino pago’ aqui do Brasil.

“Toda quarta e quinta tem jackpot no NRS Ranch e sempre que posso estou por lá, laçando. Essa semana, alguns laçadores brasileiros estão aqui para competir na final da USTRC, então fui encontrar os amigos. Fui me divertir, por lazer mesmo e deu certo de ganhar, foi muito bacana”, contou ele, reafirmando estar focado nessa reta final de temporada da PBR e que está nos preparativos para o grande momento do ano, a BFTS PBR Finals, em Las Vegas. “Vai ser uma final muito boa, eu e todos os brasileiros estamos treinando e nos dedicando bastante para chegar bem. Os meninos estão liderando, a expectativa é grande, e eu também vou com tudo para essa final.”

Por Luciana Omena

2 Comentários

  1. You really make it seem really easy with your presentation but I to find this matter to be actually one thing which I believe I might never understand.

    It seems too complex and very huge for me. I am having a look
    forward in your subsequent put up, I will attempt to get the grasp of it!

Escreva um comentário