Calendário segue a toda no Jockey Club de Sorocaba, a ‘casa’ do Quarto de Milha de Corrida

O Jockey Club de Sorocaba foi inaugurado em março de 1991 e, desde então, é o mais importante centro do cavalo Quarto de Milha de Corrida na América Latina. São mais de 400 animais alojados na vila hípica e cerca de cinco milhões em prêmios distribuídos anualmente. É lá que os cavalos de destaque no cenário nacional fazem suas apresentações e recebem suas glórias.

Corona Daytona MRL

No dia 28 de julho, a programação contou com as classificatórias do Grande Prêmio Taça de Bronze, nos 275 metros, e Grande Prêmio São Paulo – a primeira prova de Tríplice Coroa do JCS -, nos 301 metros. E ainda três páreos especiais, totalizando novo páreos realizados nesse dia. A premiação do GP Taça de Bronze será de R$ 80 mil e a do GP São Paulo, R$ 100 mil.

Para cavalos de três anos hípicos, nove animais disputaram três classificatórias, ganhando vaga na final os vencedores de cada páreo e ainda outros três por melhor tempo. As corridas finais serão dia 11 de agosto. Segundo Mauro Zaborowsky, presidente do JCS, os cavalos que disputaram estas classificatórias são os melhores em atividade hoje no Jockey Club de Sorocaba aos três anos.

Corona Daytona MRL

Black Granite PK, do Haras San Can, foi o primeiro finalista do GP São Paulo ao vencer seu páreo com 16s533. Esse ano contabiliza um primeiro lugar, um segundo, um terceiro e um quarto. Depois veio Corona Daytona MRL, do Haras Porto Fino, vencedora do GP Sorocaba Futurity esse ano, classificatórias e final, e ainda do Páreo Especial Haras Brasil, que marcou 16s521 e venceu sua classificatória. Por último, Zidorf Verde, de Edson Freitas e Jaime Santana, que já tem dois terceiros, um segundo e um primeiro lugar nessa temporada, ganhou seu páreo ao correr em 16s605.

Kadilac Gold

Já no Taça de Bronze, 14 corredores disputaram três classificatórias, indo para a final os três vencedores e mais dois por tempo. É uma corrida para animais de três anos hípicos também. Os vencedores foram Kadilac Gold, do Haras Weisheimer, com 15s380; Fortuna Gold, do Haras JC, com 15s414; Carpe Diem RLT, de German Eduardo Moraeles, com 15s434. As finais também acontecerão no dia 11 de agosto.

Se você quiser conhecer melhor como correm esses animais e outros que se apresentarão nas próximas corridas, o JCS disponibiliza na home de seu site os arquivos em vídeo das apresentações de cada reunião. Além das finais do GP São Paulo e Taça de Bronze, no dia 11 ainda teremos as classificatórias do III Derby e páreos especiais.

Fique por dentro de tudo: jcsorocaba.com.br

Por Equipe Cavalus
Fonte e Fotos: JCS

Escreva um comentário