Os dois prêmios conquistados esse ano foram os mesmos que ele conseguiu ano passado

Saiu o nome do AQHA Racing Champion 2017: Jessies First Down, filho de FDD Dynasty e Jess A Classy Lassy, castrado, nascido em 2011 sob os cuidados do criador Ted Abrams. Após os resultados da temporada, Jessies First Down foi consagrado como o cavalo de Corrida campeão mundial AQHA nas categorias aged horse (cavalo do ano) e aged gelding (castrado). Os mesmos prêmios que ele ganhou ano passado por seus feitos em 2016. Entrou para o seleto grupo de dez animais que conquistaram mais de um título mundial. O mais recente antes dele foi Tailor Fit, que foi campeão mundial em 1999 e depois, novamente, em 2001.

Jessies First Down

Jessies First Down teve cinco títulos em 2017 das sete corridas que disputou, somando um total em ganhos de US$468.757,00. Entre as suas vitórias, destaque para All American Gold Cup (G1), Zia Park Championship (G1), Albuquerque Fall Championship (G2), Bank of America Houston Championship Challenge (G2). Ele ficou em segundo lugar na Remington Park Invitational (G1) e terceiro na Championship at Sunland Park (G1). Treinado por James B. Padgett, seu jóquei é Rodrigo Vallejo. Em sua carreira, Jessies First Down ganhou 15 de 34 corridas que disputou e já soma US$1.050.864,00. Ele tem sangue brasileiro em duas veias. FDD Dynasty, seu pai, é filho de  Dinastia Toll TOLL BRZ, nascida no Brasil.

Prime Panther

Outro prêmio dado pela AQHA foi o de aged stallion (garanhão), para The Fiscal Cliff. De propriedade do Whitmire Ranch, o garanhão ganhou quatro das nove partidas durante o ano, somando US$273.947,00. Entre elas, o Bank of America Challenge Championship (G1), Bob Moore Stakes (G2), Bank of America Canterbury Championship Challenge e Skip Zimmerman Memorial Stakes. Na categoria aged mare (égua), a vencedora foi Jess Good Reason. Entre outras vitórias, ela ganhou o Z. Wayne Griffin Director’s Trial antes de ficar em quarto lugar no prestigiado Champion of Champions (G1), somando no total US$137.082,00.

Outros cavalos também foram premiados em categorias divididas por idade. Mas também o animal de um brasileiro. Prime Panther, animal de criação de Érico Braga, foi eleito o campeão South American (América do Sul) depois de vencer o Bank of America South America Championship Challenge em 2017. O garanhão tordilho é filho de Panther Mountain e Shezaroyaldream. Houve prêmio também para o melhor treinador – Kenneth L. Roberts – e melhor jóquei – Rodrigo Vallejo.

Por Luciana Omena
Fonte: AQHA

Escreva um comentário