Reunião no Jockey Club de Sorocaba aconteceu dia 29 de junho

Craque de Clodoaldo Miranda, do Mato Grosso do Sul, venceu a final nos 201 metros do Grande Prêmio Super Speed na tarde de sábado, 29 de junho. Foi a última corrida do dia, com os quatro animais mais rápidos nas classificatórias.

Eles largaram e ficaram lado a lado. Jet Opener For Me (Corona For Me x Fly Apollo Eyesa), Triger Jess MRL (Gold Medal Jess x Ava Triger Beduino), Channel For Me (Corona For Me x Italia Cold) e Yoyo Verde (No Secrets Here x Orly Vista) entraram para competir pelos R$ 150.000,00 de bolsa.

Quem estava nas dependências do Jockey Club de Sorocaba atestou: foi um páreo eletrizante! Animais de peso disputando cada metro do início ao fim.  Após a largada, os atletas vieram equilibrados. A decisão só aconteceu nos metros finais, com o campeão do GP Torneio Início 2018, Triger Jess MRL, tomando a frente para vencer.

GP Super Speed de Corrida
Premiação de Triger Jess MRL

Sua marca foi 11s760. De propriedade de Clodoaldo Miranda / M. Gazzanni / Ary e criação do Haras Portofino, Triger Jess MRL teve em seu encalço Yoyo Verde, que ficou com a segunda colocação, 11s804. Seguido por Channel For Me (11s839) e Jet Opener For Me (11s867).

Foi mais uma linda vitória que entra para a vitoriosa parceria entre Clodoaldo Miranda, Gazzanni e Ary com o jóquei A Artemam e o treinador M Artemam. O campeão estreou ano passado, tem R$ 152.27027 de ganhos (ainda sem computar o Super Speed) segundo o JCS. E, além da vitória na classificatória e final do Torneio Início, foi terceiro no Brazilian Futurity em 2018.

Nos demais 11 páreos do dia, classificatórias para os Grandes Prêmios ABQM Potro do Futuro, Rei da Velocidade e Rainha da Velocidade, e ainda dois páreos especiais. A oitava reunião do Jockey Club de Sorocaba esse ano realizou corridas nos 402, 301 e 201 metros, levando emoção e alegria aos espectadores.

GP Super Speed de Corrida
Telegraph Bac

Tudo começou com três classificatórias do 42° GP ABQM Potro do Futuro, prova de 402 metros, para animais Quarto de Milha com dois anos de idade hípica. A primeira delas, com sete machos na disputa, foi vencida por Full Time Eagle (21s305). Tyrion Kisser, segundo colocado, 21s400, também se classificou para a final. No segundo páreo classificatório também passaram os dois primeiros lugares. Telegraph Bac, com 21s248 – o melhor tempo das classificatórias – e Habibi Seis AD (21s276).

Na terceira disputa, sete animais protagonizaram um lindo páreo, no qual foram definidos os últimos três finalistas. Terremoto da Shalako venceu, com 21s277s. Logo atrás, com vaga na final, Garimpeiro Corona (21s308) e MS Jessie (21s340). A bolsa destinada a esse GP é de R$ 400 mil. Para animais de três anos ou mais, os GPs Rei e Rainha da Velocidade, premiarão cada um com R$ 100 mil. As finais acontecem dia 13 de julho.

No Rainha, a disputa nos 301 metros é para fêmeas. Foram três classificatórias para definir os sete mais velozes para a final. Classificaram: Eye Secret (16s294), Tarefa Lake (16s429), Mestica Fly HWS (16s513), Corona Daytona MRL (16s233), o melhor tempo das classificatórias, Magia Gold HWS (16s401), Good Girl Fly (16s493) e Constancia RMB (16s535).

GP Super Speed de Corrida
Corona Daytona MRL

Já no Rei, também nos 310 metros, foram 11 machos em duas classificatórias. Garantiram vaga: Falon Gold (16s461), Fora De Alcance HBR (16s482), Yankee Verde (16s540), One Famous London MV (16s293), o mais veloz dessa classificatória, Wagon Wheel Kas RLT (16s389), Zidorf Verde (16s435) e Mate Dash (16s445).

“Os Grandes Prêmios ABQM Potro do Futuro, Rei da Velocidade e Rainha da Velocidade, com um total de R$ 600.000,00 em prêmios, talvez sejam os mais significativos GPs do ano, já que os vencedores, além do prêmio e dinheiro, receberão o título de Potro do Futuro, Rei da  Velocidade e Rainha da Velocidade. Títulos que enobrecem os indivíduos, seus criadores, seus pais, suas mães e darão alegria a seus proprietários”, afirmou Mauro Zaborowsky, presidente do JCS.

E ele faz um paralelo, como no caso do Grande Prêmio Potro do Futuro, onde na premiação de R$ 400.000,00, a metade, R$ 200.000,00, irá a equipe do cavalo vencedor. “Imagine você, sendo o proprietário do cavalo vencedor. Você foi a um leilão, escolheu o potro, pagou por ele. Pagou as inscrições, pagou a doma, o treinamento e finalmente vai correr esta prova maravilhosa, com esse total de premiação. O que você mais quer neste momento é correr em igualdade de condições. Uma das formas do JCS assegurar isso é com o exame antidoping que vem sendo realizado.”

GP Super Speed de Corrida
One Famous London MV

Mais informações e resultados completos: www.jcsorocaba.com.br.

Colaboração: Departamento de Marketing do JCS
Fotos: JCS