Final individual – com contagem zerada – acontece dias 12 e 13 no Club Hípico Argentino, em Buenos Aires

A terceira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude está acontecendo em Buenos Aires, Argentina desde o dia 6 de outubro – e segue até dia 18. Após duas acirradas disputas por equipe, o pódio no Hipismo da modalidade Salto foi definido. As competições, em diversos esportes, estão sendo realizadas no Club Hípico Argentino. A equipe da América do Sul fechou na quarta colocação com apenas uma falta (4 pontos perdidos).

O jovem talento brasileiro Philip Greenlees, 15 anos, campeão mundial FEI Children em janeiro – e vencedor da seletiva brasileira para Olimpíada da Juventude – teve espetacular recuperação na disputa. Após cometer três faltas na primeira passagem da final por equipes, zerou a segunda.

Philip Greenlees com Denise Z. Fotos: Hector Garrido

Philip monta a égua Denise Z e com esse resultado, a equipe da América do Sul, formada por ainda pelo venezuelano Bernardo Lander/Cameron Z, pelo boliviano Gonzalo Bedoya/Ankara I, paraguaia Agostina Llano/Red Sugar Z, e pelo argentino Richard Kierkegaard/Legolas I, fechou em quarto, fora do pódio.

Computando o descarte do pior resultado a cada dia, o time encerrou com quatro pontos perdidos. A equipe Australasia – Australia e Ásia – também ficou em quarto lugar.

Sagrou-se campeã a equipe da América do Norte, formada por Nicole Robredo/El Capricho Champion, do México, Philippe Coles/Quid du Plessis, do Haiti, Marissa del Pilar Thompson/Canal del Bajo Kithira, do Panamá, Pedro Espinoso/Llavaneras Genquina, de Honduras, Mattie Hatcher/Santa Rosa Valery, dos Estados Unidos.

Eles fecharam sem faltas e garantiram o título após desempate com a equipe da Europa. Ambas fecharam o desempate com uma falta – computado descarte do pior resultado da equipe – e a América do Norte levou a melhor na soma dos tempos 97s80. Enquanto os representantes da Europa registraram 101s58. A medalha de bronze ficou com a equipe da África, que computou apenas 1 ponto perdido.

Agora os jovens talentos entre 15 e 17 anos – todos montando cavalos emprestados – se preparam para a grande final individual. A contagem é zerada e, com isso, todos voltam à pista no Club Hípico Argentino amanhã, 12, com chances iguais. O campeão olímpico da juventude no hipismo será conhecido no sábado, 13, após a segunda e definitiva corrida.

Na primeira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude, em Singapura 2010, Marcelo Chirico, uruguaio radicado no Brasil, garantiu a medalha de ouro no hipismo. Já em 2014, em Nanquim (China), a vitória foi da Emily Fraser da Nova Zelândia.

Outras Informações: www.buenosaires2018.com.

Colaboração: Assessoria CBH
Foto: Hector Garrido

6 Comentários

  1. Great info and right to the point. I don’t know if this is in fact the best place to ask but do you people have any ideea where to get some professional writers? Thx 🙂

  2. You’re so interesting! I do not suppose I’ve truly read
    anything like that before. So nice to find another person with genuine thoughts on this topic.
    Seriously.. thank you for starting this up. This site is one thing that’s needed on the internet,
    someone with some originality!

  3. Hi there, i read your blog occasionally and i own a similar
    one and i was just wondering if you get a lot of spam responses?
    If so how do you protect against it, any plugin or anything you can recommend?
    I get so much lately it’s driving me mad so any help is very much appreciated.

Escreva um comentário